alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

28.2.09

 
O capuz

O capuz está inscrito, desde tempos imemoriais, na sociedade portuguesa.
O capuz está emborcado na cabeça da maioria dos portugueses. Mesmo de forma subconsciente.
Uma sociedade onde impera o capuz não é uma sociedade livre.
.
*Uma sociedade como a nossa onde os jovens escolhem fardar-se com capuz ...


Adolescentes encapuzados. Revelar Coimbra 1842-1900. MNMC.

Etiquetas:


 
Encapuzados

O conteúdo dos comentários (e a grande percentagem de anonimato) nos blogues e nas edições online dos jornais merecia uma análise psico e sociológica.

Etiquetas:


 
Censura

Disse atrás que as censuras mais preocupantes não são estas, são outras, mais invisíveis e mais perigosas porque consentidas. Não as vemos porque se escondem atrás da irrelevância espectacular, das distracções, uma especialidade dos blogues. José Pacheco Pereira. Público 28.02.2009

Etiquetas:


 
Medo

O medo está inscrito, desde tempos imemoriais, na sociedade portuguesa.
A autolimitação da liberdade vem do tempo da Inquisição. Foi prolongada e aprofundada durante meio século de ditadura. O medo está na pele da maioria dos portugueses. Mesmo de forma subconsciente.

Uma sociedade onde impera o medo não é uma sociedade livre. Esta é uma das causas da fraqueza da nossa democracia. Edmundo Pedro. Público 28.02.2009

Etiquetas:


27.2.09

 
Reduzir o risco de cancro

Belzebu
Esta é boa experiência:
Dinato, escreve isto bem.
Dinato:
Que me mandas assentar?

Um terço dos doze cancros mais comuns nos países ricos e um quarto dos casos nos países pobres podia ser evitado com uma dieta equilibrada (aumentar a quantidade de vegetais e fruta), boa nutrição e exercício físico.
Esta é uma das conclusões do relatório divulgado pelo Fundo Mundial para a Investigação do Cancro (WCRF).
A confirmação da hipótese da fibra que Burkitt apresentou há mais de 30 anos.
Burkitt, D. Epidemiology of cancer of the colon and rectum. Cancer 1971
Simples e eficaz; como seria a vida no paraíso. E poderá ser em Portugal, na Guiné, no Brasil, na Índia e na Indonésia.

Etiquetas:


 
DAR VIDA SEM MORRER


Belzebu
Outra adição nos acude:
escreve logo aí, a fundo,
que busca honra Todo o Mundo,
e Ninguém busca virtude


"Dar a Vida sem Morrer" é o nome de um documentário sobre a Redução da Mortalidade Materna e Neonatal na Guiné-Bissau, realizado pela RTP em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP) e a Cooperação Portuguesa, e que conta com a participação de Catarina Furtado, Embaixadora da Boa Vontade do FNUAP.
É uma versão laica e mediática das Conferências de Stª Catarina de Pádua, dos peditórios para as Missões de há meio século ou um revivalismo do Movimento Nacional Feminino, 40 anos depois.
Vamos brincar à caridadezinha/Festa, canasta e boa comidinha/Vamos brincar à caridadezinha (Barata Moura) para os pretinhos da Guiné.
Para ajudar a atenuar o drama dos bebés e mães na Guiné, organizou-se uma missão que irá enxertar unidades de saúde europeias (hospitais maternidades, bloco operatório, ambulâncias, painéis solares) num país onde falta tudo -- água, esgotos, estradas, gasolina, electricidade , governo, para não falar em médicos ou enfermeiras e onde sobram a fome, as guerras e as pestes (malária e SIDA).
Catarina Furtado, lá foi anunciar a prenda; qual fada da Gata Borralheira, borboleteava por ali, pousando de vez em quando para que a TV-probóscide sugasse imagens mais mediáticas --- bebés marasmáticos, edemas da fome, morte puerperal ao vivo, eclâmpsia evacuada de táxi “porque não havia ambulância”. Sem um mínimo de consideração pelo constrangimento que aquela intromissão poderia causar a pessoas fragilizadas.
Muitas imagens de lactentes com perfusões endovenosas; não mostraram nenhuma criança sob reidratação oral, cuja imagem tinha muito menos impacto.
O mais trágico foi ver a "Unidade para Prematuros" --- várias incubadoras, para manter os pequenitos quentes e húmidos; máquinas para os manter quentes e húmidos num clima tropical .... Máquinas num país sem electricidade; máquinas que afastam os recém-nascidos das mães que os poderiam afagar, amamentando-os “ad libitum”, partilhando calor, flora e bafo, como no presépio.
Tudo sobre a direcção de um dedicadíssimo técnico, de serviço 24 horas por dia, sete dias por semana, dado ser único...
Há muitos anos, no Hospital Central de Maputo, inundado de doentes e quase sem pediatras, um genial pediatra chileno*, exilado cooperante fez a troca das incubadoras pelas mães com enorme êxito; por exemplo, deixou de haver infecções cruzadas.
David Morley publicou a sua obra seminal “Paediatric Priorities in the Developing World. London, 1973”. Não vale a pena tentar reinventar a roda.
Os 250 mil euros da colecta servirão para comprar material a instalar naquela região sem energia, sem pessoal e sem técnicos para o manter.
Boa parte dessa verba servirá para pagar a empresas fornecedoras e produtoras baseadas em países desenvolvidos, encerrando-se assim o ciclo vicioso dos bem intencionados donativos dos espectadores do “Dança Comigo por uma boa causa”, da RTP, os novos chás-de-caridade. O exemplo acabado do neocolonialismo cultural, o enxerto do paradigma vigente - da medicalização da saúde e da tecno-dependência.
Os pequenitos da Guiné, “por serem negros”, ficarão na mesma, ou pior, porque outra vez frustrados.


Uma farsa que faria enfurecer o Nicolau da Fonseca, pediatra mobilizado para Bafatá em 1972 (A minha actividade clínica vai decorrendo sem dificuldades de maior. Tenho com que me entreter durante grande parte do dia. Estou sòzinho no Hospital Regional. Consultas com 50 a 70 doentes todas as manhãs. Enfermarias com um total de 86 camas para visitar de tarde. Muito paludismo, muitas anemias; muitos problemas de má nutrição (sobretudo em mulheres, durante e após gravidezes; em crianças, menos do que esperava); algumas diarreias, complicações respiratórias graves do sarampo; etc. Não tenho qualquer apoio laboratorial. Apenas um aparelho de radioscopia.
Apesar de ter sido nomeado Pediatra do Hospital de Bafatá, faço clínica geral. Sob uma avalanche de doentes de todas as idades, fico sem poder dedicar-me como queria à Medicina Infantil. A única possibilidade que tenho é de observar as crianças na consulta e na enfermaria com um pouco mais de atenção. E nada mais. Felizmente não tenho tido grandes dissabores com as crianças que tenho tratado. Já me faleceram algumas, mas em situações que me não deixaram qualquer peso na consciência: 1 tétano noenatal, 1 sépsis neonatal, 1 encefalite (coma palúdico?) numa criança de 2 meses, (2 pneumonia do sarampo em crianças com um mau estado de nutrição, 1 coma hepático (post hepatite) num rapazinho de 14 anos. Mas, apesar de tudo, é preciso sorte. O hospital fica entregue das 18h às 7h da manhã, a serventes negros, a maior parte analfabetos. Fica um de serviço de noite. Chama o enfermeiro quando é preciso e este manda chamar o médico se a situação o justifica. As medicações têm que ser feitas entre as 7 e as 18horas, porque só nesse horário disponho de enfermeiros (bons no aspecto de desembaraço, mas maus em muitos outros aspectos). Bafatá 10-12-1972) e fará ranger o Manuel Boal (Secretário-Geral do Subcomissáriado de Saúde e Assuntos Sociais. Nô pintcha. 1975). E poucos mais.

* Mario Glisser, UNICEF, Luanda.

Terão ouvido a opinião do Mário Glisser, do Manuel Boal ou do Arsénio Pina, médicos pediatras com vasta experiência em África, nomeadamente na Guiné, que falam crioulo e cuja competência foi reconhecida pela UNICEF que os nomeou seus representantes?

Etiquetas:


 
Extrapolação abusiva
.
As pegadas de Hua Chi foram feitas em décadas de meditação, num mosteiro em Tongren, na província chinesa de Qinghai... Público 27-2-2009
Humanos de há 1,5 milhões tinham um pé semelhante ao dos homens modernos

Etiquetas:


26.2.09

 
Cimentos: solução turva

CGD defende que execução das garantias de Manuel Fino era "solução precipitada"
Esta posição da CGD é defendida para justificar o negócio que levou a valorizar em 25% acima do mercado as acções da Cimpor.
A CGD defende que comprou quase 10% da Cimpor a Manuel Fino por menos 14% do preço-alvo apontado por “analistas dos principais bancos de investimento”.

* Fui só eu que não percebi? Está confuso por incúria ou foi intencional?
Não admira que de um negócio de cimentos saia uma “solução precipitada”; não há solução límpida de cimento.

Etiquetas:


 
Sinais que nos chegam do mercado

- Sente pressões do Governo?
- Na TVI não temos disso porque já há muito tempo que os antídotos para evitar esse tipo de situações estão introduzidos. Mas os sinais que nos chegam do mercado são de muita incomodidade com um jornalismo que quer falar verdade, que procura desalinhar-se um pouco... Vemos pela forma como certas matérias são tratadas na comunicação social: parece que estamos em países diferentes, conforme quem aborda o mesmo assunto.
José Eduardo Moniz, director-geral da TVI. Público 26.02.2009

*Deve ter sido mal interpretado; não esperava que um jornalista, sobretudo com a responsabilidade dum director-geral da televisão de maior audiência, aspirasse a uma uniformidade informativa.
A riqueza dos media não é a sua variedade? Não só a das notícias mas, sobretudo, a da sua interpretação. Mais do que a “forma como certas matérias são tratadas” preocupa a falta de rigor dos factos noticiados e a leviandade das ilações.

Etiquetas:


 
Sermão da Quaresma

Porque do mesmo modo que há um limite humano ao excesso de ruído, de poluição, de colesterol ou de nicotina, também há ao excesso de informação em som, imagem ou em papel. Mª José Nogueira Pinto

* Apoiado. Sugiro substituir nicotina por calorias e o ruído pelo som do órgão da igreja de Stª Cruz, Coimbra.

25.2.09

 
Cata-vento

Dois meses à espera de uma banal renovação de carta de condução; tive que ir buscar outra licença provisória. Mas valeu a pena: a sombra do cata-vento da torre de S. Bartolomeu há séculos que esperava que eu por ali passasse num belo dia de Sol, com vento de feição, à hora certa.
O que são dois meses quando se esperou tanto tempo? Mais esperara...

Etiquetas:


 
O velho paradigma médico

Remédios, placebo, banha-de-cobra e ParaFarmácias
Pode ser que nenhum governo possa fazer muito mais do que isto - mas a campanha eleitoral está a obrigá-lo a vender esses remendos e paliativos como remédios reais que não são.
Só que o discurso eleitoral está todo ele construído a partir da falácia de que as medidas de uns e de outros são realmente eficazes. A mercearia política tornou-se uma farmácia política - ninguém tem mais nada para vender além de analgésicos.
Miguel Gaspar. Público 25.02.2009

Não é prudente menosprezar o efeito placebo* de qualquer intervenção – fármaco, medida, anúncio, opinião; foi esse efeito que nos permitiu sobreviver a séculos de doenças incuráveis.
Não é prudente menosprezar os analgésicos – atenuam o sofrimento durante a cirurgia e são a base dos cuidados paliativos. Tal como o placebo e a crença, o papel da aspirina, do ópio e da coca não pode ser desprezado.

* placebo do Lat. placebo, de placere, agradar. Substância neutra (sem qualquer efeito farmacológico) por vezes prescrita para levar o doente a experimentar alívio dos sintomas pelo simples facto de acreditar nas propriedades terapêuticas do produto.

Etiquetas:


 
Jornalismo de casino
transformar hipotecas em títulos
títulos meramente especulativos cada vez mais disputados

1. Alguém se lembrou de transformar hipotecas em títulos. E tal foi a procura por essa nova galinha dos ovos de ouro, que deixou de haver qualquer preocupação com o valor real dos bens onerados ou a solvência dos devedores. Enquanto a "velocidade de desvalorização" das participações financeiras ligadas à economia real aumentava, os títulos meramente especulativos eram cada vez mais disputados. O resultado desse "capitalismo de casino" está à vista: o caos na economia mundial, uma crise nunca vista. Mário Vieira de Carvalho. Público 25.02.2009

2. A recessão pode ultrapassar 2009, garante Ben Bernanke
, título do Público 25.02.2009.
Garantir uma possibilidade? Mas, afinal, a notícia contradiz o título fátuo:
Ben Bernanke, ... assinalou que a crise poderá prolongar-se para 2010, se as medidas de estímulo económico e de estabilização do sistema financeiro não forem bem sucedidas.

3. O antigo presidente da Reserva Federal norte-americana Alan Greenspan reconheceu que os chamados produtos tóxicos estão na origem da actual crise - a mistura explosiva de hipotecas (chochas) com títulos de dívida que eram depois vendidos a outros investidores .... e que se veio a provar não terem valor.

"Presumi, erradamente, que o interesse próprio dos media, nomeadamente dos jornais de referência, era suficiente para que eles protegessem os seus leitores." Greenspan, o provedor.

Etiquetas:


24.2.09

 
Entrudo com Sol e Névoa

Névoa condenado
Sá Fernandes ... não concorda com pena.
No e.Público pode ler-se que SF tem pena de não concordar; na verdade o género não concorda.

SAPO notícias da época:
Névoa condenado a multa de 5.000 euros (Sol)
"Carnaval em Segurança"
Ministro da Justiça demite-se

23.2.09

 
ProCC - O processo de censura em corso

A perplexidade foi geral.
De súbito e sem que se entendesse o como nem o porquê, era notícia

O Magalhães, censurado. Público, 23 .2.2009
Como é que tudo isto foi possível?
Como é que isto é notícia?
Poderá criticar-se que um tribunal se mascare de Entrudo
Mas como foi possível censurar uma paródia de sentença
Com um dia de pena suspensa para consultar o Boletim Meteorológico?

Como é que isto é considerado indício?
Como é que isto foi motivo de editorial:
Portugal não é a Rússia, mas...Público, 20.2.2009
O Crespo queixa-se de ter sido previamente examinado
a tentar saber por “onde é que eu ia começar” a entrevista.

Isto é como o subprime e as massagens na praia: não se sabe como acabam.

*É grave, é muito grave...

Etiquetas:


 
Tentativa de corrupção do veredicto

Tentaram ou não corromper o vereador José Sá Fernandes? O veredicto será conhecido hoje. Público 23.02.2009
*Infelizmente o veredicto não poderá afirmar se “Tentaram ou não corromper” mas apenas se esse facto foi provado sem grande margem para dúvidas ou não.

Etiquetas:


 
Mentira

Dias Loureiro mentiu... Mentiu. E mentiu .... sabemos que mentiu na data.... Mentiu no seu papel .... Mentiu no seu envolvimento .... Mentiu em relação ao seu desconhecimento .... Mentiu quando disse.... Mentiu para se justificar ...
Terá agora de nos explicar que ..., para ficarmos seguros que o fez sem intenção.

* É possível mentir sem intenção?

Etiquetas:


22.2.09

 
Títulos enviesados do Público
Os media e a média*


* JS “chico esperto”
Sócrates terá comprado a sua casa por metade do preço daquilo que outros compradores gastaram dois anos antes.
Se me não enganei nas contas das escrituras houve ali, pelo menos, mais três "chicos espertos" além de Sócrates (23-2-2009)

Etiquetas:


 
Quem quer ser...

Os críticos do Público não apreciam alegorias.

PS. Salman Rushdie também não; colocou reservas ao filme "Quem quer ser bilionário?" assinalando que nele se acumula "impossibilidade sobre impossibilidade".
Rushdie pôs em causa várias cenas do filme, entre elas uma em que as personagens são subitamente vistas no Taj Mahal, a 1600 quilómetros da cena anterior.

É grave, é muito grave... teria comentado Valmiki.

Etiquetas:


 
Xiroftalmia

A cura milagrosa de uma sexagenária de Xira, que sofreu lesões no olho esquerdo, por ter sido atingida com salpicos de óleo a ferver quando estava a fritar peixe, foi o passo final para a canonização de D. Nuno Álvares Pereira.
Dado o Convento do Carmo estar em ruínas as cerimónias terão lugar na Batalha.
Apesar dos atrasos D. Duarte Nuno considera que a canonização de D. Nuno Álvares chegou no momento certo. "Porque os valores que ele defendia, como o amor pelos adversários* ... estão nesta altura a precisar de ser realçados".

* Assegurava a extrema-unção aos que podia.

Etiquetas:


18.2.09

 
Teleologia
.
.Processionárias: Lagartas em fila indiana (procissão) em busca de locais para enterramento (fins de Fevereiro a Maio).
.
.
.
.
.

Etiquetas:


 
Desperdício

Nos Estados Unidos, 67 % da electricidade gerada é desperdiçada devido a ineficiências na produção e na gestão da rede.
As estradas congestionadas custam a cada americano, por ano, 256 dólares, o equivalente a 36 litros de combustível e 14 horas de trabalho perdidos.
As perdas de produtos de consumo e as indústrias de retalho correspondem a 3,5% das suas vendas, devido a ineficiências das suas cadeias de distribuição --130 dólares por ano per capita.O sistema inteligente de gestão do tráfego de Estocolmo reduziu o trânsito em 22%, as emissões de gases em 12 a 40% e levou a um aumento de 40 mil utilizadores diários dos transportes públicos
.
Samuel J. Palmisano. CEO da IBM Corporation. Público. 17.02.2009.

*E tudo isto, mantendo o padrão de consumo supérfluo habitual. Quantas barragens, refinarias, carvão e fuel, CO2, TGV, PINs, centros comerciais, ETARs, aterros, tempo, trabalho supérfluo, défice externo se poupariam se os portugueses gerissem bem necessidades verdadeiras e argumentos sólidos?

Etiquetas:


 
A obsessão pelo podium
.
Portugal com maior taxa de homicídio da Europa Ocidental - Público
Europa Ocidental: Portugal era em 2006 o país com mais casos de homicídio -
SIC Online
Portugal é o país da Europa com maior taxa de homicídios
: Sol

* O paradigma da corrida de bicicletas domina os jornais. Mesmo aceitando-o, Portugal estaria no pelotão da Finlândia e da Escócia - nada maus companheiros. Reparem que a Bélgica, Bulgária, França, Hungria e o Luxemburgo desistiram.
Se fossem juízes desta corrida, não se interrogariam se não haveria casos de doping?

 
Deve/Haver

PSD propõe abater nos impostos dívidas do Estado a PME. Público 18.02.2009

*Elementar; afinal, do que precisamos é de um bom guarda-livros.

Etiquetas:


 
SAVE THE KOALA!

A vitória de Sócrates é a metáfora do eucalipto: ele seca tudo à sua volta e conduz o partido como muito bem entende.
O PS é a imagem devolvida do País: desencanto, aborrecimento, ausência de convicções, desmotivação
.
Baptista-Bastos

Etiquetas:


17.2.09

 
Isenção e confiança

Quando a isenção dos jornalistas é a que se viu, não admira a confiança que inspiram.
(prima para ampliar a imagem)

Etiquetas:


 
Os dados e os títulos dos media

Os dados:
A maioria dos utentes está satisfeita com o acesso aos centros de saúde do SNS.
A maioria tem uma imagem no geral positiva sobre as consultas de recurso.
Os inquiridos mostraram estar satisfeitos com os horários de funcionamento das consultas nos centros de saúde, considerados por 84% como «bons» ou «razoáveis» e 68% tem uma opinião positiva em relação ao tempo de espera por uma consulta.
...os cuidados de saúde primários estão próximos dos utentes e apenas 0,03% da população do continente (3/10000 habitantes) está a mais de 30 minutos de um centro de saúde.

Apenas 14 em cada 100 utentes «com consulta marcada por iniciativa própria o fizeram telefonicamente».

Os títulos:

Acesso a centros de saúde é mais difícil em Vila Real, Bragança e Viseu. Público
Utentes pouco informados sobre serviços - Correio da Manhã
Apenas 14% dos utentes dos centros de saúde marcam consultas por telefone - Barlavento
Apenas 14% dos utentes dos centros de saúde marcam consultas por telefone - Sol
Apenas 14% dos utentes marcam consultas por telefone - Diário Digital
Norte apresenta mais problemas. fabricadeconteudos
Utentes satisfeitos com acesso a centros do saúde - Portugal Diário

Etiquetas:


 
Para poupar as reservas de crude

Chávez promete "consumir-se" ao serviço dos venezuelanos
Público 17.02.2009

Etiquetas:


 
Quanto custa ser bilionário
(prima para ampliar a anaconda)
.
."Slumdog Millionaire" conta a história de Jamal Malik, um jovem dos subúrbios miseráveis de Bombaim que concorreu ao "Quem Quer Ser Milionário?", o mais popular concurso da TV de Bombaim para tentar reencontar Latika.

*Tremendo. Um opressivo quadro da luta pela vida, da sobrevivência dos mais aptos, nos bairros de lata do capitalista selvagem de Bombaim que agora é Mumbai.
Jamal foi um sobrevivente porque por acaso, aprendera à sua custa – e qual – a desembaraçar-se das armadilhas diárias – das óbvias às das ajudas envenenadas do patrão do asilo ou do pivot do concurso mediático.

Ele sobreviveu até ao fim da fita e terá descendência -- uma casta lutadora; quantos milhares não tiveram a sorte ou a aptidão?

E eu pergunto aos economistas políticos, aos moralistas, se já calcularam o número de indivíduos que é forçoso condenar à miséria, ao trabalho desproporcionado, à desmoralização, à infância, à ignorância crapulosa, à desgraça invencível, à penúria absoluta, para produzir um rico?... Almeida Garrett nas Viagens na Minha Terra em 1848.
No entanto, a ONU declarou que este processo atenuou muito a extrema pobreza: A proporção da população mundial que subsiste com menos de um dólar por dia baixou de 40 para 21% entre 1981 e 2001. Os valores da China e da Índia contribuem muito para esta evolução positiva. Relatório das Nações Unidas 2005.

* Custa a crer; a amostra representará toda a gente ou apenas a englobada pela economia monetária?

Etiquetas:


16.2.09

 
A transmutação do comportamento das espécies

Coimbra: Um cor­dão huma­no para pro­te­ger o Choupal
.
Fenprof anuncia cordão humano em Lisboa
Um cordão humano que ligue o Ministério da Educação a São Bento, passando pela Assembleia da República. Público 14.02.2009


La Grand Armée em Berezina



Processionária (Thaumetopoea pityocampa) no Alto do Rolão, em Coimbra
Lagartas em fila indiana (procissão) no solo. As lagartas têm comportamento gregário e possuem pêlos urticantes de elevado potencial alérgico (microdardos), que lançam quando ameaçadas e que podem causar problemas de saúde pública.

Etiquetas:


 
O Expresso mastigou



Um título para quem precisa de comida pré-digerida.

Resumam os factos relevantes, que nós os interpretaremos.

Etiquetas:


 
O purgatório de Darwin
João Pereira Coutinho. Única Expresso 14-2-2009

Lamento que JPC tenha deixado de escrever no Expresso; vou sentir falta da coluna da direita da página da direita do semanário com quem gostava de jogar ping-pong virtual.
Não me parece que JPC tenha razão nas críticas que expõe; algumas me parecem mesmo reforçar a teoria de Darwin.
a) “A... busca desinteressa­da de conhecimento; o... amor pela verdade; e até a abertura do humano para o belo e o sublime são com­portamentos que lhe parecem desmentir Darwin”.

O facto de serem minoritários, não prova até que não são indispensáveis à sobrevivência dos mais aptos na luta pela vida nesta sociedade?
b) Sócrates (o filósofo) (foi) condenado à morte e aceitou a sentença. Seria absurdo procurar que o darwinismo ou outra teoria científica pudesse explicar dado comportamento humano – nem a física consegue determinar o dos electrões individuais (Heisenberg dixit). Mas o facto de Sócrates ter aceitado sujeitar-se às leis da cidade e suicidar-se não significa não só uma atitude ética exemplar com também a consciência de que o seu comportamento mutante não tinha capacidade para sobreviver naquela sociedade, uma como que presciência das leis de Darwin?
E são precisamente comportamentos .... como este – conceitos de "honra", "sacrifício", "nobreza de espíri­to" – que, 200 anos depois, conti­nuam a intrigar os símios” e que os humanos tentam explicar.

Etiquetas:


15.2.09

 
Coimbra a preparar-se para o pior
.
"Perigoso; muito perigoso. Será mesmo difícil imaginar pior".
Manuela Ferreira Leite visitou Coimbra
Co-incineração: tribunal ordena suspensão da queima de resíduos em Souselas.

Etiquetas:


 
respigo
Nem previsões definitivas nem processos de intenções

Uma das coisas que os comentadores políticos se deviam abster de fazer é previsões definitivas. ...
Mais: sabendo como o PSD é, mais depressa diria que a ansiedade de alguns dos seus líderes deriva menos da impopularidade de Ferreira Leite nas sondagens do que terem visto uma oportunidade em possíveis fragilidades da liderança socialista. Por isso, mais do que conselheiros dedicados, lembram herdeiros desejosos de desligar a máquina da vida de uma liderança frágil.
JMF. Público 15.02.2009

 
Centésimas do partido

José Sócrates reeleito secretário-geral com 96,43% dos votos

*Os valores não foram arredondados para que as franjas do PS se sintam representadas.

Etiquetas:


14.2.09

 
h Fractura exposta com os topos mal coaptados

PS é "partido unido e quer ser partido aberto" - José Sócrates

Etiquetas:


 
Só a correlação escapa à crise

Portugal está entre os países europeus mais afectados pela crise. Público 14.02.2009
.
* O coeficiente de correlação entre os valores do PIB português e os da média da EU, entre 2003 e 2008, é 0.888, o que indica uma muito estreita concordância.
A queda do valor do PIB português em 2008 foi igual à da média da EU.

Etiquetas:


 
Animatógrafo
.
Se hoje passar no Largo Camões e alguém lhe der um sapato não ache estranho. Trata-se da iniciativa "Encontre o seu par", que assinala o Dia dos Namorados -- quem quiser encontrar o seu princípio encantado ... só tem que tirar o seu sapato e escolher entre as pessoas que passam na rua a quem o entregar. Depois é só esperar que a sua possível cara metade lhe calce o sapato.

Última hora: Camões recusou patrocinar a iniciativa que foi transferida para o Animatógrafo do Rossio na Rua dos Sapateiros.

Etiquetas:


 
Co-incineração da Justiça nos Tribunais

O acórdão do Tribunal Central Administrativo Norte anula a decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra que, "para ser imparcial e actuar equitativamente", devia ...

Etiquetas: ,


 
Co-incineração: tribunal ordena suspensão da queima de resíduos em Souselas

Pelas mesmas razões o tribunal irá ordenar o encerramento da cimenteira de Souselas “já que a cimenteira está em cima da população e a 4,5 quilómetros de Coimbra", e pela "existência de um risco de concentração de poluentes susceptíveis de aumentar o risco de contrair certas doenças por parte de quem vive nas proximidades" e que podem causar "prejuízos plausíveis de difícil reparação" para população e meio ambiente.
Considerou ainda aquele tribunal que "a fábrica da Cimpor não está dotada de mecanismos de monitorização capazes de aferir da qualidade do ar envolvente da região".

Etiquetas:


13.2.09

 
respigo

tricotilomania
Os regimes começam a cair pelos partidos. VPV 13-2-2009

*Pelo contrário, do coiro cabeludo caem pelos inteiros.

Etiquetas:


 
Títulos
Painéis com informações sobre preço dos combustíveis atrasados

*São os painéis, os preços ou os combustíveis que estão atrasados?

Etiquetas:


 
Títulos

Rascunho do ADN dos homens de Neandertal está terminado

*O rascunho sobreviveu ao original. É a vantagem de não passar um erro a limpo.

Etiquetas:


 
Selecção natural

"Nunca vi ninguém tão inteligente como os negros, especialmente as crianças negras ou mulatas", escreveu Darwin em Cabo Verde, a primeira paragem da viagem do Beagle, 1832. Clara Barata. Público 12.02.2009
PS. A longa viagem de Darwin para provar que os humanos são todos da mesma espécie.
Uma correcção: Darwin não viajou para provar uma teoria; foi em Cabo Verde que se deu conta do sucesso da luta pela vida e da beleza da selecção natural.

Etiquetas:


 
Teleologia do Capital

"Os donos do capital vão estimular a classe trabalhadora a comprar bens caros, casas e tecnologia, fazendo-os dever cada vez mais, até que se torne insuportável. O débito não pago levará os bancos à falência, que terão que ser nacionalizados pelo Estado". Karl Marx, "O Capital", 1867

*Nunca li “O Capital” mas, o que li de Marx encantou-me pela coerência da análise. Nunca me tinha apercebido desta deriva teleológica; julgava que culpava o capitalismo, inexoravelmente movido pelo lucro, e não os capitalistas que Marx consideraria tão escravos da lógica do bazar quanto os assalariados; uns lucravam outros eram espoliados pela mesma mão invisível - o “estigma satânico do factor económico”.
Afinal, os donos do capital estariam para Marx como os judeus para Hitler. A crer na fidelidade da tradução, aquela citação mostra que também Marx acreditava na maldade intrínseca dos donos do capital em contraste com a bondade natural dos proletários.
Marx, o criador do marxismo, alicerçado no materialismo dialéctico, era, afinal, maniqueísta.
Custa a crer.
Li esta citação com a mesma surpresa que teria se Darwin tivesse escrito que “as flores escolhem cores que “vão estimular os insectos a abastecer-se do seu néctar para globalizar o mercado do pólen”.

Etiquetas:


12.2.09

 
Selecção natural
by means
150 anos após a publicação de A Origem das Espécies, é tempo de revermos a linguagem. Privilegiamos interpretações teleológicas (finalistas) sobre as causais.
O vento sopra para ..., os micróbios adaptam-se aos antibióticos para sobreviverem... Os machos cantam, ou dançam, ou... para atrair fêmeas... que escolhem os mais aptos para melhorar a espécie..... As flores desenvolveram cores vivas para atrair os insectos... A hiperpneia serve para exalar mais CO2...
É tempo de procurar as causas: porque é que o vento sopra, qual a causa da hiperpneia, porque é que as bactérias sobrevivem aos antibióticos, porque será que os animais seduzem daquele modo.
Poderemos procurar para que é que os humanos trabalham (ou votam, ou escrevem cartas ou blogs) mas será melhor procurar também saber porque será que se comportam desse modo.

Etiquetas:


 
«Eluato» é a solução obtida num ensaio de lixiviação em laboratório.

Etiquetas:


 
Sociobiologia atrevida

Estupefacciendo
Ao primeiro dia, os médicos deixaram de alimentar e de hidratar Eluana, dando-lhe apenas sedativos para não a deixar sofrer. Ao sexto dia Eluana acabou por morrer; por desidratação segundo a autópsia.

«Esta situação não têm nada a ver com a eutanásia. Para mim foi o desligar de suporte vital, que é uma situação médica e parece que de encontro à vontade da pessoa», a presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida.

Eluana devia ter tido direito a morrer mais rapidamente e não na indignidade de lhe tirarem pão e água. Ferreira Fernandes.

Eluana Englaro. L.
* Deixaram de a alimentar e de a hidratar; deixaram-na morrer à míngua dando-lhe “sedativos para não a deixar sofrer”. Não podia faltar um fármaco bem intencionado; que melhor sedativo que papa e água? Porque o corpo desidratado de Eluana iria ser incinerado, não lhes ocorreu reduzirem a tensão do oxigénio no ar, também ele um nutriente essencial à vida.
Por estar em “vida vegetativa” não tinha menos direito à sobrevida que qualquer vegetal?
Para não arcar com a responsabilidade da eutanásia activa, não se encontrou nada melhor para propor aos pais destroçados que a distanásia abstinente.

Em vez da morfina injectada, partilharam uma endorfina indulgente. R.I.P.

Etiquetas:


11.2.09

 
O B A-BÁ do bazar

Etiquetas:


 

Acima dos 18º

Etiquetas:


10.2.09

 
Darwin ou Newton?
Selecção natural ou Atracção universal?

Expresso 7-2-2009

 
Há 80 anos


NEVOEIRO

Nem rei nem lei, nem paz nem guerra,
...... Define com perfil e ser
Este fulgor baço da terra .........................Que é Portugal a entristecer-
Brilho sem luz e sem arder,
......................Como o que o fogo-fátuo encerra.

Ninguém sabe que coisa quer.
.................Ninguém conhece que alma tem,
Nem o que é mal nem o que é bem...........(Que ânsia distante perto chora?)

Tudo é incerto e derradeiro.................. ..Tudo é disperso, nada é inteiro.
Ó Portugal, hoje és nevoeiro…

É a Hora! ................................................ ..Valete, Frates.


Fernando Pessoa 10-12-1928

Etiquetas:


 
Juízo sobre a inércia / Inércio do juizo

E sem que haja culpados, inocentes ou sequer acusados, está feito um juízo sobre a inércia da justiça ... e sobre o primeiro-ministro que não se explicou. Miguel Gaspar. Público 2-2-2009

Etiquetas:


 
Ruído da inércia

Há um ano
Penso que tenho um telemóvel sob escuta. Às vezes faz uns barulhos esquisitos.
Magistrados do MP querem demissão de Pinto Monteiro
Por este admitir poder ter o seu telemóvel sob escuta e acusar o MP de ser um "feudo de condes, viscondes e marqueses".
Agora
O PGR Pinto Monteiro, terá sido informado de suspeitas sobre escutas telefónicas aos procuradores encarregados do caso Freeport.
O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público adverte que isto está a criar "condições susceptíveis de permitir uma intimidação real de quem tem por função desenvolver, com objectividade e rigor, as investigações".
Público 08.02.2009

 
Poeira da inércia

... como é possível que, quatro anos depois, não se saiba se essa alegação é verdadeira ou falsa. ..., um enorme ponto de interrogação na credibilidade da justiça portuguesa. Miguel Gaspar. Público 02.02.2009
miguel.gaspar@publico.pt
Durante pelo menos quatro anos, a administração fiscal não instruiu os seus serviços para aplicar ao sector financeiro regras que reduziriam os seus reembolsos do IVA em dezenas de milhões de euros.Em Março passado, uma auditoria da Inspecção-Geral de Finanças chamou a atenção para esse facto, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais aplaudiu as conclusões, mas nada mudou.

Etiquetas:


9.2.09

 
Previdentes comadres

Portugal vai ter capacidade para tratar todos os grandes queimados em Portugal através da utilização de membrana - tecido proveniente da placenta - que nunca é rejeitada e que permite a cicatrização em metade do tempo.
... a criança leva os pés enrolados numa ressequida membrana de saco das águas, aproveitada dalgum parto por velhas e previdentes comadres...
Agustina Bessa-Luís. A SIBILA.1953

Etiquetas:


 
Sociobiologia atrevida
Crença e receptores


Alguns dos dados mais curiosos a este respeito resultam do cruzamento entre as simpatias partidárias dos eleitores e as suas opiniões sobre a actuação do primeiro-ministro: 70% dos simpatizantes do PS que tinham formado uma convicção sobre o assunto acreditavam em José Sócrates, ao passo que 75% dos simpatizantes de partidos da oposição não acreditavam. Pedro Magalhães. Público 09.02.2009

Para que uma célula responda a um estímulo é necessário que ela disponha de um receptor específico.
Quando uma molécula se liga a receptores específicos da membrana celular desencadeia uma série de reações no interior das células (
transdução de sinal), cujo resultado final depende não só do estímulo recibido, mas de muitos outros fatores, como o estado celular, a situação metabólica da célula, a presença de patógenos, o estado metabólico da célula, etc.

* A reacção de um crente é tão previsível como a de uma célula; só reage a certos estímulos e o tipo de reacção depende de como tiver sido programado.

Etiquetas:


 
qualquer coisa ?

Depois de ouvir economistas das mais variadas escolas, a única conclusão a que chegava o New York Times, é que todos consideravam urgente que se aprovasse qualquer coisa - mesmo imperfeita. JM Fernandes. Público 09.02.2009
Qualquer coisa de esquerda”.
Será indispensável? Os indígenas da Polinésia não prescindem da dança sagrada durante um eclipse, da qual julgam depender o regresso do Sol.

Etiquetas:


 
"Medida Robin dos Bosques"
Aliviar a carga fiscal da classe média através da redução das deduções fiscais dos contribuintes "mais ricos".
Bagão Félix questiona a definição de "contribuinte rico": "É quem ganha e declara o rendimento do seu trabalho, ou quem tem património e contas na Suíça mas não os declara?" Público 9-2-2009
*Robin Hood não roubava “os ricos” mas o príncipe John, um regente ganancioso que se locupletava com os impostos com que sobrecarregava todos.

Etiquetas:


8.2.09

 
Rolhas de cortiça, verniz, deformabilidade, Universidade, riqueza e bem social locais.

1. A Corticeira Amorim despediu 193 trabalhadores.
2. Os vedantes sintéticos fizeram um ataque cerrado às rolhas de cortiça mas a Corticeira Amorim e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto juntaram-se com o objecti­vo de impedir que os polifenois, que representam 6% da ro­lha, viessem a alterar a cor das bebidas.
Três anos depois resolveram o problema. "É um verniz transparente, compatí­vel com a alimentação humana e que não deixa passar os polife­nois"."Tem, também, de ser flexível, porque uma rolha normal de cortiça pode comprimir até 20% o seu volume".
3. A Associa­ção Rede de Competência em Polímeros procura conciliar os objectivos da Universidade e da indústria. CIN, CUF, Corticeira Amorim, Sonae Indústria, Resiquímica e SYS Advanced são as empresas que partilham esta rede com as Universidades do Porto, de Aveiro e do Minho.
O objectivo final deste espa­ço comum de trabalho é "colocar a investigação como parte integrante do processo de produção de riqueza e do bem social locais".
4. A produção actual da Corticeira ronda os 3 mil milhões de rolhas mas as vendas ao exterior caí­ram 0,8% entre Janeiro e Agos­to. Em 2007, o sector exportou €854 milhões, menos €60 mi­lhões do que em 2000 mas, em 2007, os resultados líquidos da Corticeira crescerem 15,6%, para os €23 milhões.
M.C. Expresso 7-2-2009

*Quando a Universidade descobriu um verniz que impede a saída dos polifenois da cortiça que alterariam o aspecto das bebidas brancas, verniz que terá que ser tão elástico quanto a rolha que irá envolver, é indesculpável que a empresa que vive do negócio das rolhas não consiga comprimir 20% do seu volume de lucro que cresceu 15,6% em 2007, para evitar a despedida de trabalhadores.
Uma rolha assim nunca entraria no gargalo da garrafa. De uma empresa que financia a descoberta de um verniz que impede a saída de polifenois, que representam 6% da cortiça, não seria de esperar idêntico investimento numa qualquer resina que impedisse a saída de parte dos seus componentes?
É injustificável que tal aconteça com uma empresa que coopera com a Universidade num projecto cujo objectivo seria o de "colocar a investigação como parte integrante do processo de produção de riqueza e do bem social locais".

Etiquetas:


 
Cartazes


E se a JS aproveitasse o ensejo?

Etiquetas:


7.2.09

 
Sondagens

Apesar de mais de um terço (37,1%) dos inquiridos acreditar que José Sócrates não fala verdade no caso Freeport, quase metade (47,6%) acreditar que teve uma conduta incorrecta e de quase um terço (30%) acreditar que terá mesmo recebido “luvas”, mais de metade (59%) considera que José Sócrates se deve manter e não ser demitido e quase dois terços (64,5%) que o chefe do Governo tem condições para fazer campanha e apresentar-se às eleições.
INTERCAMPUS, Eurosondagem
* Dá que pensar destas amostras de eleitores
.

Etiquetas:


 
Director de campanha

manipulação dos estudos de opinião
campanhas de intoxicação
e de desinformação
Agostinho Branquinho, director de campanha do PSD.

Há dias criticaram Sócrates por ter denunciado uma
"campanha negra"
e "poderes ocultos".

A diferença é que, agora, apontam o director da campanha.

Etiquetas:


6.2.09

 
respigo
de cortar a pele

A menina de sete anos que entrou no Hospital com o corpo coberto de marcas de vergastadas já se encontra numa instituição de acolhimento. A criança foi retirada à mulher a quem teria sido entregue pela Comissão de Crianças e Jovens.

As autoridades estão a averiguar a legalidade do documento de entrega da criança.

*No asilo, no mesmo saco onde encontrará Ana.

Etiquetas:


 
"As pessoas têm receio de ser frontais"

... é um velho reflexo da sociedade portuguesa, não é do PS. As pessoas têm muitas vezes alguma dificuldade e receio em tomar posições ou ser frontais. Edmundo Pedro. Público 06.02.2009

* Terreno susceptível a mensagens subliminares.

Etiquetas:


 
Publicidade "escondida" na Televisão

"Se esta forma de angariar publicidade fosse proibida, a esmagadora maioria dos programas infantis desapareceria." Público 06.02.2009.

Etiquetas:


 
respigo
A doença da velhice e a da terapêutica

D.., de 67 anos, recebe o Complemento Solidário para Idosos: "Isto foi uma coisa muito boa que o senhor primeiro-ministro fez".
Recebe "cerca de 100 euros", o que representa um aumento substancial do rendimento que tinha disponível. "O que é que faço com esse dinheiro? Dantes havia meses em que não aviava as receitas dos medicamentos, ou deixava alguns por aviar. Agora já não. Tenho problemas de coração e um rim que minguou como se fosse um coelho. Tenho a coluna numa miséria e artroses nos joelhos... são mais de 40 euros por mês em remédios." Público 06.02.2009

Etiquetas:


5.2.09

 
de cortar o coração

Por decisão do Tribunal de Família e Menores do Porto, a pequena Ana (de três anos) foi retirada à força à mãe de acolhimento. A criança, que vivia com Lurdes desde os 2 meses, foi entregue a uma instituição.
«Pedi-lhes por tudo para não me levarem a menina, mas não quiseram saber». «Foi de cortar o coração. Ia de braços abertos a chamar por mim».

Tribunal de Família e Menores
dois agentes da PSP
Segurança Social
Asilo


*Ali receberá apoio psicológico de forma a "ultrapassar possíveis inseguranças, agitação ou instabilidade comportamental" que possam advir da nova situação.

Etiquetas:


 
Extrapolação, o princípio que está errado
Julgo que é um veredicto irrecusável.

E não se diga que se se recusa apenas um entrevistador, não se está a escolher o entrevistador final. Veta-se um nome, não se indica o escolhido.
Mas, se se pode vetar um, pode vetar-se dois, três, quantos forem, até se chegar ao "bom" entrevistador, o pretendido. Não interessa o número dos vetados, se são poucos se são muitos, é o princípio que está errado, é o modelo que resulta inaceitável.

Por conseguinte, nem o presidente da ERC podia recusar um jornalista e pedir outro nem o Expresso devia ter aceite a imposição. Julgo que é um veredicto irrecusável. Sebastião Lima Rego. Público 5-2-2009
Silogismo
Se se pode vetar um
pode vetar-se dois.
Se se pode vetar dois
pode vetar-se três.
Se se pode vetar três
pode vetar-se quatro,
quantos forem,
até se chegar ao "bom" entrevistador,
o pretendido.

Etiquetas:


 
Curto-circuito
Trepadeiras informáticas responsáveis pela fuga de informações.

Etiquetas:


 
respigo
Falta de nervo da cidadania e o espírito trapalhão

Mas muito do que nos está a acontecer é mais fundo e antigo, tem a ver com as causas e não tanto com os efeitos, com o desmoronar de uma ética colectiva, com a debilidade das instituições, com a falta de nervo da cidadania, com o espírito trapalhão com que nos gerimos. Mª José Nogueira Pinto.
.
...o segundo estudo ... ainda ... trazia muitas referências a elementos que tinham sido eliminados.Ainda se previa um fluxo de cerca de 900 automóveis diários para o hotel e os equipamentos de animação, (hotel e os equipamentos de animação) que já não existiam.

A revelação de que houve
delegados sindicais a entregarem os seus objectivos individuais de avaliação está a criar mal-estar na Fenprof. Alguns delegados sindicais foram mesmo os primeiros professores a entregar os objectivos de avaliação pedidos pelo Ministério.

Freeport: Cândida Almeida garante que fugas de informação não partiram do Ministério Público .

Etiquetas:


4.2.09

 
A opinião sobre José Sócrates
.
O responsável pelo estudo de opinião relativo ao caso Freeport considera que os dados mostram que a imagem de José Sócrates foi atingida.
.
*Tal seria muito provável mas não creio que os dados o mostrem.
Basta que aqueles 31% “que apontam uma mudança de opinião para pior já tivessem má opinião sobre JS para ao saldo não se modifique; ora, não é provável que tal aconteça a >10% dos apoiantes do PS, a >49% dos apoiantes da oposição e a >31% dos que não manifestam simpatia por nenhum partido?

Etiquetas:


 
Casal de idosos vítima de “homejacking”
e de maus tratos por uma empresa pública e pelo jornal


«Somos guerreiros», desabafa ML, tentando esconder o medo que sente de voltar a viver um terror parecido e a vontade, que depois acabou por confessar ter, de deixar aquela zona, que se tornou ainda mais erma e perigosa depois das obras no IC-2.
«Tinha paragem de autocarro à porta, caixote do lixo à porta e uma rua para minha casa e agora cortaram-me tudo», explica JB que tem vindo a tentar sensibilizar a Estradas de Portugal (EP) para a necessidade de lhe ser reposto, pelo menos, um acesso à zona. Um responsável da EP terá prometido ir ao local em breve para tentar resolver o problema.

* Não bastou terem sido vítima de assalto violento na sua casa isolada, ainda mais isolada depois das “Estradas de Portugal (EP)” lhe terem cortado acessos, para vir a jornalista anunciar ter conseguido que acabassem por confessar ter medo e vontade de abandonar a zona...

Com a fotografia exposta no jornal...

Etiquetas:


 
Uma análise dum professor do ensino superior

Pouco me importa o currículo dos autores.
A coisa não é um relatório de avaliação séria e credível. É um mero texto opinativo, de estilo duvidoso.
Aí, como aqui, percebemos porquê: é preciso branquear mais uma mistificação. Com alguns dos muitos milhões que se inscreveram no Orçamento do Estado para pagamento de serviços a consultores externos, sempre se arranjará nova Deborah, que grite ao vento do CCB outro bravo
. Santana Castilho, Professor do ensino superior. Público 04.02.2009.

* Ao contrário de VGM, um professor do ensino superior não esquece o curriculum dos autores.

Etiquetas:


Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017   10/2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter