alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

31.10.07

 
Inquérito aos leitores

A Polícia Judiciária deteve quatro suspeitos e tenta agora apanhar mais pessoas que tenham assistido ao crime .
Achou este artigo interessante? Sim __
Público 31.10.2007

 
Mediania (extrapolado de soberania)
Mediania: poder ou autoridade dos media; relação dos media para com os espectadores.

Ao jornal [Sol], disse o que queria e como queria. Foi uma atitude pensada. Voltava a dizê-lo e tenho muito gosto em tê-lo dito pela discussão saudável que suscitou e pelo prazer de ver aqui tantos senhores deputados. PGR, Público 31.10.2007

* O Procurador da República procurou e só encontrou maneira de ser ouvido quando mediado por um jornal.
Dos apelos dos seus altos funcionários o Estado só ouve o eco reflectido pelos Sóis.

30.10.07

 


 
A exemplo de Coimbra

2. A exposição dos trastes


De vez em quando dava-se uma volta à casa; os trastes velhos (“peças de mobiliário, obras de Fabergé para a casa imperial… e vários objectos mobiliário e decoração”) eram pendurados às janelas das Repúblicas. Os caloiros eram obrigados a dissertar sobre o valor estético das obras expostas.
Os motes eram variados: "a metamorfose da loiça, o processo de absorção e transformação da cultura futrica pelos ponneys ", “Arte e Cultura do Império do Congo nas Colecções do Museu”.
A alusão a "Uma visão nacionalista, provinciana e que revela uma falta de visão cosmopolita" era considerado plágio premonitório.

 
A exemplo de Coimbra

1. Reais Repúblicas no Bairro Alto

Profissionais liberais, sol­teiros, marcadamente ur­banos. É assim a nova franja de cidadãos que op­ta por enfrentar a crise di­vidindo a casa com ami­gos... no centro da capital.
B. Mendonça. Única/Expresso. 27-10-2007
.
. Tal como os estudantes viviam nas Repúblicas de Coimbra.

29.10.07

 
O curare burocrata

… impostos, regulamentos, procedimentos, garantias, multas, fiscais, inspectores, eurocratas, incompetências são o pior inimigo do progresso. As razões teóricas desses administrativos são em geral as melhores, da promoção da qualidade e higiene à defesa do ambiente e consumidores. Mas o seu excesso de zelo leva à paralisia…. JCN.

 

“Arte e Cultura do Império da Heritage”


É isto a amostra do que nos convidam a ver? Foi isto que trouxeram de Petrogrado?
.
Se apreciam, não percam também a “Arte e Cultura do Império da Heritage” no Ministério Público.
Também ali há "um poder feudal. Há o conde, o visconde, a marquesa e o duque."
.
"...uma visão nacionalista, provinciana e que revela uma falta de visão cosmopolita" quanto ao que é a divulgação do património cultural.

 
Jeremiada

A Europa é incapaz de voltar a produzir "Platões, Mozarts ou Bachs": George Steiner.
Platão (427 a.C. - 347 a.C.), Bach (1685-1759), Mozart (1756 -1791).

* Daqui a vinte e dois séculos o saberemos; até lá We'll Always Have Steiner.

… achas que ele tenha visto mais do que as sombras projectadas na parede da caverna?
Platão, República.

28.10.07

 
Sete laicos entre 498 beatos; poucos e no final da lista

Vaticano proclama beatos 498 espanhóis que foram assassinados em 1934 e na Guerra Civil de 1936-39 -- dois bispos, 24 sacerdotes, 462 membros dos Institutos da Vida Consagrada, um diácono, um subdiácono, um seminarista e sete laicos.

 
Profetas resignados

1. A utopia é irrealizável
JM investigador em biotecnologia
Estes resultados demonstram o fracasso de uma certa utopia de escola pública.
… os defensores da utopia da escola pública são forçados a alegar que
As escolas melhores são aquelas que seleccionam os seus alunos. As escolas da utopia não podem fazer essa selecção e serão sempre medíocres.
2. Ciência está esgotada
Já não são de esperar descobertas científicas revolucionárias como a Teoria da Relatividade, a mecânica quântica, o Big Bang ou ou segredos do ADN. E que os que pensam o contrário vivem numa ilusão.
John Horgan. Público 28-10-2007

 
Cavernas no risquito do dia seguinte

Bastam 24 horas sem tabaco para que o risco de enfarte diminua. Para reduzir para um terço o risco de enfarte e de morte é necessário um ano. Lusa/ Soc. Port. Pneumologia.
* Se, para reduzir para um terço o risco de enfarte e de morte é necessário um ano, nas primeiras 24 horas sem tabaco o risco reduzir-se-á um milésimo (0.33/364). Uma diminuição que para ser publicitada, será seguramente estatisticamente significativa mas que me não parce ter qualquer significado prático.

 
Cavernas na confiança nos médicos e nos jornalistas

Risco de tuberculose ­em oferta do Estado
Os medicamentos que o Gover­no vai dispensar gratuitamente contra doenças do foro da reumatologia podem provo­car tuberculose.
O doente poderá pe­dir os remédios na farmácia do hospital, apresentando uma receita de "médicos com experiência no diagnóstico e tratamento". É aqui que começa o problema: "Esses médicos devem ser os reumatologistas” - presidente do colégio de Reumatologia da Ordem dos Médicos.
Até agora, a carência de reu­matologistas tem sido minimi­zada com o recurso a especia­listas de Medicina Interna mas o acesso mais fácil aos re­médios pode trazer perigos acrescidos. Expresso, 27 -10-2007

* Não sei se me choca mais a insensatez do colegial-corporativismo destes médicos se a do alarmismo acrítico desta jornalista atenta, veneradora e obrigada.

A tuberculose causa cavernas no pulmão como a insensatez as cria na confiança nos médicos e nos jornalistas.

 
Altos...critérios do Expresso

Correia de Campos Ministro da Saúde

É difícil termos memória de um ministro da Saúde mais controverso. A coluna de débito será grande, mas esta semana tem de registar-se a seu crédito mais uma me­dida a favor da saudável liberalização no sector das farmácias - na concessão de novas explorações, é preterido quem já es­tá no sector. Expresso, 27 de Outubro de 2007

* É significativo que a medida que fez aumentar o crédito do ministro da Saúde no Expresso seja “mais uma a favor da saudável liberalização na concessão de novas explorações das farmácias”. Como se fora ministro do Comércio ou a Autoridade da Concorrência.

 
"Uma visão nacionalista, provinciana e que revela uma falta de visão cosmopolita"

Cimeira União Europeia/Rússia. O Presidente da Federação russa foi recebido no palácio de Mafra, o único que se pode equiparar à imponência dos palácios dos czares da Rússia.*
O último czar foi assassinado há quase um século pelo poder soviético que caiu há quase vinte anos.

* Quando morreu o rei João V, quase não havia dinheiro para o funeral.

26.10.07

 
O urso de peluche do príncipe herdeiro e o alvo da czarina.
Falta de visão cosmopolita e espampanante.

A ministra da Cultura elogiou a exposição do Hermitage que inaugurou no Palácio da Ajuda que tem suscitado algumas críticas pela aposta num museu estrangeiro quando os museus nacionais se queixam de falta de meios.A ministra considerou que essas críticas partem de "uma visão nacionalista, provinciana e que revela uma falta de visão cosmopolita" quanto ao que é a divulgação do património cultural.
Nas peças reunidas incluem-se jóias, peças de mobiliário, obras de Fabergé para a casa imperial, dois trenós e vários objectos mobiliário e decoração. Entre muitos retratos de czares e czarinas, a exposição vai mostrando, através de objectos do quotidiano e objectos de corte, a dimensão da vida de Estado e da vida imperial dos Romanov: vestidos de gala, trajes militares, trajes de baile, um pequeno urso de peluche pertencente ao príncipe herdeiro e a reconstituição de uma mesa de banquete com a baixela encomendada pela corte russa. A exposição destina uma cor diferente a cada reinado.

Depois de percorrer a exposição, acompanhada pelos ministros da Agricultura e do Ambiente, o coleccionador de arte e empresário Joe Berardo e Maria Barroso, Isabel Pires de Lima, visivelmente satisfeita, elogiou a equipa que organizou a mostra: "Parabéns", disse a ministra ao comissário científico da exposição «de carácter verdadeiramente espampanante».
Ao princípio da noite, os numerosos convidados (foram enviados cerca de dois mil convites) aguardavam numa fila gigantesca a sua entrada no palácio.

 
Caricas no óculo
Salvador da Baía.

 
A grade na porta
Salvador da Baía

 

Palmeira de leque

 
Volta a Portugal

Para ficar bem na fotografia dos “rankings” basta excluir os piores; é o que sucede nas corridas por equipas – só contam os três melhores.

 
Mediania
soberania: poder ou autoridade de soberano; relação do senhor para com o súbdito;

1. Pinto Monteiro, PGR há um ano
" Eu próprio tenho muitas dúvidas de que não tenha telefones sob escuta. Às vezes faz uns barulhos esquisitos". "O Ministério Público é um poder feudal neste momento. Há o conde, o visconde, a marquesa e o duque". Público 22.10.2007

2. O último acto de Catalina Pestana, provedora da Casa Pia desde há 4 anos
foi escrever ao PGR e contar-lhe detalhadamente as suspeitas que tenho. Não tenho dúvida nenhuma de que ainda existem abusadores internos na Casa Pia.

3. O Banco BPI anunciou ontem ter proposto ao BCP o avanço para a fusão das duas instituições. A proposta não foi concertada com os accionistas do BCP, nem houve qualquer pré-acordo entre ambos. Na véspera, Artur Santos Silva informara Jardim Gonçalves. Público 26.10.2007

* Apregoar na rua o que tinham a responsabilidade de resolver em casa. Justificar-se?

 
Cabo Verde “parceiro especial” da União Europeia
Público 26.10.2007

1. Cabo Verde está entre os quatro países com a produção por habitante mais elevada dos 15 estados da região; por isso … subirá à categoria de … países de rendimento médio.
* Cabo Verde bem merece ter sido considerado “parceiro especial” da UE ; apesar das tremendas dificuldades do país, conseguiu baixar a mortalidade infantil para 20‰ -- o melhor da África ocidental e o que Portugal tinha pouco antes de entrar na CEE.

2. Mário Soares e Adriano Moreira propuseram adesão de Cabo Verde à UE, invocando a "identidade cultural" como critério de adesão para países como Cabo Verde ou a Turquia. Porém, a hipótese de adesão nunca foi assumida…
* “Parceiro especial” não seria o estatuto mais adequado para países para-europeus como Cabo Verde -- os do Magrebe, Turquia, Israel, Líbano?

 
A não ser...

Justificadas ou injustificadas, as faltas dos alunos … deixam de ter consequências, a não ser a realização de uma ou várias provas de recuperação. Público 26.10.2007

*Os chumbos nos exames deixam de ter consequências… a não ser ter de os repetir.

 
Levantamento de rancho

Militares da Força Aérea faltam às refeições em sinal de protesto.

* Poucos dias depois da greve das pensões dos pilotos da TAP, surge agora a greve das colheres dos militares da FA. Pelo menos os militares não fazem reféns.

25.10.07

 

A czarina e a criada

Diadema/crista;
colar/colarinho, sinal de jugo.
Ambas usavam pulseiras, sinal de algema.
Uma usava ceptro, a outra espanador.


Arte e Cultura do Império Russo nas Colecções do Hermitage-"O tema base da exposição é a europeização da Rússia, o processo de absorção e transformação da cultura europeia pela Rússia"

 
Civis fogem da área de luta no Norte de Angola, 1975
Sebastião Salgado. África
Taschen
.
A mãe fuma enquanto o filhito mama. Leite branco num invólucro negro; tabaco negro numa mortalha branca.
De todos, só o bebé nos fita.

 
Foi mais fácil o consenso entre os governos de 27 países do que entre os parlamentares de cada país
.
Os governantes dos estados europeus estão mais próximos uns dos outros que dos seus concidadãos; conhecem melhor os eurocratas que os seus eleitores; melhor os aeroportos das capitais que as cidades do interior.
.
Os reis também eram acusados de conhecer em melhor as reais famílias dos outros países que as famílias reais dos seus países.

 
Manifestos "preconceito, ignorância e indiferença"

A maioria dos inquiridos sobre racismo e xenofobia manifestou "preconceito, ignorância e indiferença".

* Não será arriscado extrair conclusões definitivas sobre comportamentos apenas com base nas respostas a um inquérito?
- Gosta de ciganos? Muito? Pouco? Nada? NS/NR?

Seria abusivo tirar grandes conclusões de uma sondagem … na qual se projectam esperanças e desejos, medos e angústias existenciais.
Esther Mucznik, Público 25.10.2007

 
Grávidas do Pico vão deixar de ir à Horta

Levar-lhes-ão os legumes a casa.

24.10.07

 
Análise dos dados “Ranking das Escolas SIC 2007”

Ficha Técnica: o ranking da SIC considera apenas os exames mais representativos (às 12 disciplinas com mais exames realizados por alunos internos, em todo o país, na 1ª e na 2ª fase de exames do Ensino Secundário - que incluem exames finais realizados no 12º ano e agora também no 11º ano); este ano foram consideradas as 12 disciplinas com mais de 2.000 exames realizados por alunos internos e as escolas onde, somadas as 12 disciplinas mais relevantes, foram realizados pelo menos 100 exames (para evitar que os rankings sejam condicionados por resultados obtidos por escasso número de alunos.)

Adoptei os critérios da SIC e limitei-me a analisar os 50 melhores resultados.
Das 17 escolas com ≥500 exames, em 9 (nove) a média foi superior a 11,8 valores.
a) Nas 33 com menos de 500 exames, 21 tiveram uma média superior a 11,8 valores.
É muito pouco provável que esta diferença possa ser atribuída ao acaso.
b) Das nove escolas com ≥500 exames cuja média foi superior a 11,8 valores, oito eram públicas; o melhor valor foi o da Escola Secundária Infanta D. Maria, de Coimbra, uma escola pública
.
A verde, as outras duas escolas de Coimbra.
PS.
c) Das 43 escolas com ≥450 exames cuja média foi superior a ≥10,66 valores, 39 eram públicas.

 
União europeia

A UE existe porque foi construída de cima para baixo, por via diplomática. Rui Ramos. Público 24.10.2007

O milhão de portugueses que emigraram não terão também ajudado a construir a UE – a CEE e a ideia de Europa em Portugal e de Portugal na Europa ?

 
Responso
Se milagre desejais
recorrei a Stª Diazepina


-- … o que pretende fazer?
-- "Tomar um calmante e ter paciência." Presidente da A.N. de Farmácias.

Portugal é o segundo maior consumidor de benzodiazepinas (tranquilizantes) na Europa. Um quarto da população adulta recorrerá regularmente a estes medicamentos. O consumo aumentou mais do dobro na última década (
Lusa, 07-2-2004)

 
Legalização de uma situação de facto

A lei obrigava a que só os farmacêuticos pudessem ser donos de farmácias. A uma semana do fim dessa imposição, haverá cerca de 400 farmácias com proprietários simulados-- cujos donos não são licenciados em Farmácia. Público 24.10.2007

 
Confiança nas forças de segurança

Eu próprio tenho muitas dúvidas de que não tenha telefones sob escuta. Às vezes faz uns barulhos esquisitos" PGR
"Temos indícios muito fortes que nos permitem afirmar com segurança que os nossos telemóveis estão sob escuta". Vice-presidente da Associação Nacional de Sargentos.
"Nalguns momentos e pelas mesmas razões invocadas pelo senhor PGR, tivemos a suspeita de que os nossos telefones estariam sob escuta." Secretário-geral da Associação de
Oficiais das Forças Armadas.
"Acredito, por experiência própria, que a PSP escuta os seus próprios funcionários, sobretudo os sindicalistas ". Presidente do Sindicato Nacional da Polícia.

NB:
... tenho muitas dúvidas de que não tenha…
... indícios muito fortes que nos permitem afirmar com segurança …
... pelas mesmas razões invocadas pelo senhor PGR…
"Acredito, por experiência própria…

23.10.07

 
Crédito na vacina

A vacina é muito eficaz na prevenção da infecção persistente pelo vírus do papiloma humano (HPV) que está associada ao cancro do colo do útero. O crédito na eficácia da vacina contra esse cancro é elevado mas esta não está ainda provada; só daqui a 40 anos se saberá.
Se "face à lei actualmente em vigor não é permitida" a venda de
vacinas a crédito, compreende-se que o Infarmed proíba a sua venda.

 
Greve das pensões

Os pilotos que protestam contra a alteração do valor das pensões fazem parte dos 65 753 portugueses a «levantar-se contra a pobreza», um dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio.

 
Reféns

A greve dos pilotos provoca o caos nos aeroportos

22.10.07

 

Salvador da Baía 12


Fachada da Ordem Terceira de S. Francisco; mais filigrana minhota que plateresco de Compostela.

 


Salvador da Baía 11


No adro do Senhor do Bonfim. A ilusão.

 
Salvador da Baía 10

Esta é, dizem, a maior cidade africana fora de África. Aqui persiste folklore que já se extinguiu nas terras africanas de origem; alguns dos ídolos das persistentes crenças africanas (Iemanjá) já cá nasceram.
A mitologia é tão rica quanto a hindu. “Yansã o vermelho está mais presente nas roupas e enfeites das mulheres... Oxossi guerreiro adora! Os filhos de Xangô” parecem conviver tranquilamente com os santos católicos; tanto se camuflaram para passar despercebidos que acabaram por se irmanar ou fundir.

O sincretismo religioso é impressionante: “há missa rezada em Iorubá com acarajé vendido dentro da igreja e fita de Senhor do Bonfim no pulso do ‘crente”.
Aqui, as fitinhas mágicas enfeitam as grades dos altares
.
.
.
.
.
.
enquanto os ex-votos dos crentes
sobem ao céu.

Um padre católico ter-se-á vestido de “pai-de-santo” em protesto contra a tentativa de separação dos cultos.

 
Repuxar ou não puxar a pele, eis a questão.

Forma de lidar com pilinhas dos bebés não reúne consenso entre a classe médica. Muitos pais questionam-se sobre como devem tratar o órgão sexual dos seus filhos pequenos e se é suposto ou não puxar a pele. Público 21.10.2007

* Há meio século os pais, as mães e as avós não deixavam que os bebés "lidassem com a pilinha"; julgavam saber bem como “tratar o órgão sexual dos seus filhos pequenos”.
Livrai-nos dos que ignoram a história natural (e dos que ignoram a história), dos que acham saber como deve ser e dos que acham que há sempre que fazer alguma coisa.
Cortarão o casulo com receio que a borboleta não saia; tentarão re-implantar o rabo cortado da lagartixa por não saberem que tornará a crescer se a deixarem em paz.

21.10.07

 
A República portuguesa e o Tratado europeu
O Retrato da Semana

Os povos estão distantes da União (República) e afastados da política. As instituições são fechadas e inacessíveis. A Constituição é ilegível e absurda. Os políticos são execrados pelos cidadãos. Os eleitores perderam a confiança nos seus representantes. Os europeus (portugueses) não conhecem, nem querem conhecer o Parlamento Europeu (português), uma das maiores inutilidades de que o engenho humano foi capaz. As instituições democráticas (autárquicas) nacionais estão a definhar e alguns direitos fundamentais são postos em causa na Inglaterra, em França, na Polónia ou em Portugal (na Madeira, nos Açores, nos campos, nos bancos, nos hospitais ou nos tribunais). Ao mesmo tempo, as instituições europeias (republicanas) ganham poderes e competências, mas sem povo nem reconhecimento, sem tropas nem magistrados, sem aceitação pública nem experiência. A democracia europeia (República portuguesa) é uma ficção oca, sem substância, sem sociedade e sem vida. Este hiato, agora reforçado, entre a estratosfera europeia (lisboeta) e as realidades nacionais e sociais é perigoso a todos os títulos. A Nomenclatura europeia (republicana) criou um paraíso artificial e chamou-lhe União (República).
António Barreto Público 21.10.1917

 
Motor a glicerol

Investigador da Universidade Coimbra quer transformar glicerina em aditivos para gasolina. A.P. quer transformar a glicerina (glicerol), que existe em excesso no mercado internacional e portanto está cada vez mais barata, em aditivos para aumentar a qualidade da gasolina.
.
* Uma grande fonte de glicerol é a gordura que abunda em várias espécies animais em especial na humana onde tem vinda a aumentar; um terço dos portugueses tem gordura a mais. Alguns pagam uma fortuna para se desfazer dela.
Mais fácil que transformá-la em aditivos para gasolina será fazer com que os portugueses se mexam, usando as pernas em vez do carro. Poupam a carteira e o financiamento da FCT e melhoram a saúde, o aspecto, o orçamento e a esperança de vida.

 
Bulimia de sintomas ou anorexia de crítica?

Um em cada dez alunos do secundário apresenta sintomas significativos de sofrer perturbações do comportamento alimentar, como anorexia e bulimia nervosas.

Como 85 % são raparigas, nestas o risco será de uma em cinco ?

20.10.07

 
Salvador da Baía 9

A caminho do Rio de Janeiro, a corte esteve aqui um mês. Pouco saiu; combalida da viagem e da vergonha, recebia e dava a mão a beijar aos barões. .
.
.
Não terá visto as ladeiras do Pelo nem as favelas das encostas que ainda havia poucos negros forros e os quilombos estavam escondidos
.


Mas deu tempo a que no Rio se requisitassem os melhores palácios para acolher a família real e a corte. Estes eram assinalados por PR (Príncipe Regente) que o povo lia como Põe-te na Rua. Os donos mudavam-se para outros dos seus palacetes, orgulhosos da escolha.

 
Salvador da Baía 8

O cais estava atravancado de mercadoria que a guerra impedia que os navios portugueses lhe dessem vazão --a colónia era coutada portuguesa.
Logo ali o Regente abriu os portos do Brasil aos barcos dos países amigos para satisfação dos senhores dos engenhos e do trato e da exigência inglesa.
.
Uma semana depois foi criada a Escola Médico-Cirúrgica, a primeira Faculdade de Medicina do Brasil. A saúde da economia do reino e a da corte.
Hipócrates tropical com uma planta medicinal saindo dos Aforismos.









 
Salvador da Baía 6


Do sobrado que lhes fora destinado, teriam visto a calçada de pedras escuras ( "cabeças de preto")



e avistado um barbeiro na rua.

 
Salvador da Baía 5

1808
A família real terá pousado na cidade alta, mais fresca; talvez próximo do largo do Pelourinho, nesses dias sem castigos por perdão real.
.Não terão entrado na Igreja de Nª Sr.ª do Rosário dos Pretos
nem ficado instalados no Convento do Carmo que o grupo Pestana ainda não tinha transformado em Pousada, uma das melhores novas unidades hoteleiras do mundo (Travel+Leisure).
Restaurou o convento e a Igreja sem lhe acrescentar a torre em falta.

 
As palavras

as palavras são importantes, porque podem ser facilmente transformadas em armas que se voltam contra aqueles que as usam impropriamente. Dominique Moïsi. Público 20.10.2007

 
“a osteoporose é uma verdadeira doença pediátrica"
Público 20.10.2007

* Há alguma doença do adulto que o não seja ?

 
Governo não tenciona legislar sobre eutanásia
Público 20.10.2007

* Ainda está em convalescença do aborto.

 
Universidades públicas têm "cérebro pequeno"

O ensino superior tem "um cérebro muito pequeno e um grande estômago". "As universidades públicas não têm estratégia", acusou Luís Magalhães, presidente da Agência para a Sociedade de Conhecimento. Público 20.10.2007

* Mais um que vai ter conferências canceladas?

 
Demonstrar que não

Os advogados ingleses de Kate e Gerry McCann alegam ter já recolhido provas suficientes que permitem demonstrar que o casal não sedou os seus filhos.

* Gostava de saber como poderão demonstrar que não.

 

"Porreiro, pá"
'Porreiro pá!'

"Porreiro, pá!"
"Porreiro, pá!"
.
.
Não chocou tanto o calão como o facto de já se não usar.

19.10.07

 
Salvador da Baía 4


Há dois séculos (1808) a família real, ameaçada por Napoleão, chegou à Baía de todos os Santos.
Ninguém os esperava; só desembarcaram no dia seguinte para que a camareira-mor pudesse escolher aposentos adequados.
Como a capital mudara para o Rio de Janeiro meio século antes (1763) não terá sido tarefa difícil; a maioria das casas grandes estaria desabitada que os senhores habitavam no Rio, deixando-as a cargo dos servos e dos escravos.
. Só saíram ao fim da tarde – Afonso (Regente, que a Rainha louca ainda vivia) à frente de Carlota Joaquina a
praguejar em castelhano contra “o quinto dos infernos”, tal era o calor e o mau cheiro. Na verdade estava um calor sufocante naquele que era um Verão excepcionalmente quente. um Verão excepcionalmente quente.
.


. Terão descido na cais onde não terão tomado uma cerveja nem provado um petisco baiano. .



Não terão visitado o Mercado Modelo para
comprar artesanato ou escravos
..
.
.
.
.
.

.
nem visitado a cave inundada onde se ouvem histórias tremendas.



.
.
Não terão ouvido ritmos africanos nem recebido a Bênção do Olodum.

.
.
.



.
.
..

,
,
,
.


Terão assistido ao Te Deum de acção de graças numa das 364 igrejas de Salvador; talvez na Igreja do Colégio dos Jesuítas, réplica fiel da Igreja do Colégio da Companhia de Jesus em Coimbra, actual Sé Nova.




.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Nesta ou noutras da mesma Ordem; falta-lhes uma das torres que assim se eximiam à contribuição exigida quando estivessem acabadas.






 
João Camossa: monárquico, anarquista e alfacinha

João: importas-te muito de ir um dia destes para o Panteão Nacional? Luís Coimbra, Público. 19-10-2007
Não deixem de ler.

 
A banalização

Parece que há notícias que vão caindo quase diariamente e que já não incomodam ninguém. Que se tornaram banalidades, coisas comuns, normais, quase não-notícias. Mas que deviam suscitar, no mínimo, interrogações. JMF. Público 19.10.2007

 

Tratado reformador na Última hora do Público

 
Aprovado o Tratado reformador da União Europeia

Da Europa reformada só ficam de fora o Vaticano, a Suiça e a CGTP. O Papa, Calvino e Carvalho da Silva com 200 mil.
.
O sucesso do Tratado resultará tanto dos que o aprovaram quanto dos que o criticam.

 
O Tratado que havia de reformar a Europa já foi aprovado; agora só falta reformá-la.
Almada Negreiros, hoje

18.10.07

 

Palma rosa

 
A inferior inteligência dos outros

O Museu de Ciência de Londres cancelou uma palestra do Prémio Nobel James Watson, por comentários polémicos sobre a "inferior inteligência de negros".

Não seria mais lógico pedir provas que censurar por delito de opinião?

 
Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

2. A atitude da Universidade
Na Universidade de Lisboa: 400 universitários juntaram-se na alameda da Cidade Universitária de Lisboa. Primeiro deitaram-se, cobriram-se e depois levantaram o lençol. "Todos juntos talvez possamos mudar um bocadinho o mundo." Público 18-10-2007
.

.
.
..
.

..
.
..
.
.
.
.
.
Na Universidade de Coimbra: Auditório da Reitoria abriga sem-abrigo. Diário de Coimbra 15-10-2007

 
Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

1. A atitude da Banca
Portugal é o país europeu com mais caixas Multibanco por habitante, revelou o Banco Central Europeu. Público 18.10.2007
O BCP dedicava quase 90% dos gastos com pessoal aos salários dos administradores. Esses executivos absorviam quase 10% dos lucros do banco, eram os mais bem pagos em Portugal e estavam acima da média europeia.
Rui Tavares. Público 18.10.2007

 
Pulseira electrónica

Pontualidade dos médicos vai ser vigiado por pulseira electrónica, medida alternativa ao “pontómetro” que “pode ser falseado com um simples dedo de silicone”. Público 18.10.2007

Até Dezembro os hospitais têm que instalar sistemas de controlo electrónico de assiduidade dos médicos. Despacho do secretário de Estado da Saúde.
Controlo biométrico nos hospitais é medida populista que não faz sentido. "Há no despacho uma ideia singela, simplista e básica de que há um aumento automático de produção devido ao aumento do número de horas, com o mesmo número de profissionais. Omite-se todo o outro conjunto de factores que influencia a produtividade médica". Ex-ministra da Saúde Manuela Arcanjo. Público 18.10.2007

* Nada pior para um problema complexo que uma solução simplista.

 
Hipócrates viola a lei do aborto

"O médico deve guardar respeito pela vida humana desde o seu início"

2007. A
Procuradoria-Geral da República considera que o código deontológico dos médicos viola a lei, no que diz respeito à prática de aborto, e deve ser alterado. Ou a Ordem dos Médicos muda o código voluntariamente, ou será obrigada pelos tribunais.
O bastonário diz tratar-se de um acto simbólico de "um Governo arrogante que quer impor a um grupo profissional que mude a sua ética"
E refere o parecer da Provedoria de Justiça que dizia que a deontologia não tinha que ser alterada para se adaptar à lei tratando-se de princípios éticos da profissão. Público 18-10-2007



Conversão forçada
1496. O rei decretou de expulsão dos mouros e judeus de Portugal (“que os judeus se fossem do reino, com suas mulheres e filhos e bens, mas também os mouros pelo mesmo modo"). Aos judeus foi dada a opção do desterro ou da conversão.


O Ministro da Saúde concedeu 30 dias à Ordem dos Médicos para se converter; El-Rei concedera 10 meses aos judeus.

17.10.07

 
Salvador da Baía 3

Era assim que veriam a cidade de Salvador (S. Salvador da Baía de Todos os Santos) os que aqui chegavam do mar.

Era a capital e o maior porto do Brasil; metade da população era negra — quase todos escravos.

 
Salvador da Baía 2

Aqui seria o cais (1619, tempo de Filipes e de corsários)
.
.
.
.
.
protegido pelo forte.



Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter