alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

31.10.19

 

Poupar não é económico; consumir é que é.



Portugueses não poupavam tão pouco desde 1961

Bandeira tuga

O peso da poupança no rendimento disponível está no valor mais baixo dos último meio século. Já o consumo privado continua a crescer.
*Para quê poupar se o dinheiro no Banco não rende e o mundo vai acabar em breve?

Etiquetas:


 

Ginga, um rei rainha africano/a II



Os validos da Rainha/Rei Jinga viviam constrangidíssimos, dizem e compreende-se - pagavam caro o privilégio; agora, desfilam como numa parada de orgulho.
Confirma-se a afirmação de Marx - A história repete-se; primeiro como tragédia, depois como farsa.

Etiquetas:


30.10.19

 

Ginga, um rei rainha africano/a



Cumprimentei-o em quimbundo, tentando esconder o susto de o encontrar ali: um homem vestido de mulher, guardando aves mágicas... 
O homem disse chamar-se Samba N'Zila e ser uma das esposas do rei.
Tive um outro momento de perturbação, que logo ele compreendeu, pois, voltando a sorrir, acrescentou:
- O rei, a Ginga.
Domingos Vaz havia-me dito que a rainha mantinha um serralho, à maneira dos sultões turcos, colecionando fidalgos da sua corte, aos quais obrigava a trajar como se fossem fêmeas. Na altura não lhe dei credito. Samba N'Zila confirmou tudo o que o tandala me confidenciara.
José Eduardo Agualusa. A Rainha Ginga

Etiquetas:


17.10.19

 

Rendimentos de memória


E se lá no inquérito etéreo em que participaste,
memória das contas do ano passado se consente, 
Não te esqueças daquela dívida ardente ...

Pelos cálculos do Instituto Nacional de Estatística, 1,8 milhões de portugueses era pobre pelos dados do Inquérito às Condições de Vida e Rendimento foi feito em 2018 aos rendimentos do ano anterior.
Aquele valor representa 17,3% da população que, não fossem as transferências sociais, seria 45%. *

Belzebu: Esta é boa experiência:
Dinato, escreve isto bem.
Dinato: Que escreverei, companheiro?
Belzebu: Que ninguém busca rigor
e todo o mundo impacto.

Prima por ampliar
Que todo o mundo diz ter telefone e TV a cores
E ninguém diz lavar a louça.

Que quase todo o mundo diz ter automóvel 
mas 1/3 diz não ter capacidade para pagar uma urgente despesa inesperada.

Belzebu: Escreve com muito aviso.
Dinato: Que escreverei?
Belzebu: Escreve
que todo o mundo quer paraíso
e ninguém paga o que deve.

* Mesmo que os dados não sejam fiáveis, que país criámos onde, 45 anos depois do 25 de Abril e com governos socialistas ou social-democratas e com abundantes recursos europeus, o rendimento de metade dos portugueses é inferior a 60% do valor mediano.


Etiquetas:


12.10.19

 

Causa vs causas

Respigos

Quem tem medo de André Ventura?
Ventura não é causa de nada – ele é consequência de um sistema político em desagregação. Querem combatê-lo? Tirem a mola do nariz e lutem por melhores políticas e por melhores políticos. João Miguel Tavares

A importância da ideologia e a crise do PSD
Querem saber quem “deu cabo do partido”? Eles.

Etiquetas:


11.10.19

 

Política social bulímica



Obsessão chichial
As crianças portuguesas comem quatro vezes mais proteína do que o que seria normal… uma em cada três crianças tem excesso de peso. Aprenderam com os pais. 

Prioridade salarial
A política de rendimentos, à qual António Costa dará prioridade, tem ainda a ver "com um conjunto de serviços públicos, desde a saúde à educação, aos transportes públicos, que contribuem também de uma forma importante para a melhoria do rendimento disponível das famílias…".
P.S. (pós socialismo): Os Serviços Públicos ao serviço da melhoria salarial...

Teatro do cidadão consumido
O cidadão começou a gostava loucamente do consumo.
O consumo ninguém sabia se gostava do cidadão.
... Mas o cidadão morreu; nasceu o consumidor, bulímico.
E a bulimia não cabe em nenhuma gaveta.
A bulimia abre as tampas de todas as malas.
A bulimia é maior que a presença de todas as coisas.
A bulimia está em toda a parte.
A bulimia enche a casa toda.
É preciso esconder a bulimia.
É preciso que a bulimia desapareça para sempre.
É preciso matar, é preciso enterrar a bulimia.
A bulimia.
...
(Que Carlos Queiroz me perdoe)

Etiquetas:


10.10.19

 

Livra!


O Livre, de tão veementemente feminista, virou LIVRA

Etiquetas:


9.10.19

 

Pois quem vos criou?



O primeiro responsável pela criação do personagem político que a partir de fim do mês vai representar a extrema-direita no parlamento tem nome. Chama-se Pedro Passos Coelho.

* «Pois quem vos matou, meu formoso? Matou-vos o bispo, matou-vos o clérigo, matou-vos a freira, matou-vos o grande, matou-vos o privado, matou-vos o baixo, matou-vos o povo, matei-vos eu, matámo-vos todos, quantos somos; pois entre nós não houve um tanoeiro que lhe tivesse mão pela rédea, com se já fez a outro rei deste reino"
 P.e  Luís Álvares no sermão das exéquias de D. Sebastião.

Etiquetas:


8.10.19

 

A voz dos intrangeiros



Voz e voz; vós e nós?
Joacine Katar Moreira afirmou que será uma voz no parlamento na defesa de todas as minorias, "numa óptica de alargamento da cidadania", de modo a que todos os estrangeiros que tenham uma autorização de residência em Portugal possam, não apenas votar, mas também ser eleitos. Defendeu também a alteração da lei da nacionalidade para que todos os cidadãos nascidos em Portugal possam ser considerados portugueses e "ninguém seja penalizado pela situação do seu pai e da sua mãe".

* Os intrangeiros ganharam uma voz.  Falta a voz das minorias “indígenas”.

Etiquetas:


1.10.19

 

Armas furtadas, sentinelas à porta



O furto de armas e munições em Tancos foi uma vergonha nacional e um perigo internacional. Há muitos responsáveis, desde os militares de dia que descuraram a defesa do objectivo principal do quartel, de toda a hierarquia militar que tem vindo a contemporizar e a acabar no ministério; nos ministérios que não apenas no actual. E, muito menos, o ministro.
Perante o facto, o principal objectivo era recuperar o material. Um inesperado e estranho acaso facilitou a tarefa em troca da imunidade; uma clara ilegalidade, um crime.
Imaginemos que o ministro teria conhecimento, em linhas gerais, deste negócio e teria ponderado os riscos imensos (os explosivos são voláteis e explodem; riscos legais, políticos e oportunistas) contra os benefícios óbvios e a pobreza de alternativas eficazes a curto prazo e decidiu avalizar o processo e arcar, sozinho, com a responsabilidade.
Se corresse bem, todos ganhariam; se corresse mal, seria ele quem mais perderia. (Ele e governo de que fazia parte; mas, mesmo nesse caso, saber-se-ia quem teria cometido o crime. E nenhum dos acordos firmados teria validade em tribunal; há separação de poderes). Foi de estadista - Maquiavel teria aprovado. Foi de homem. também terá dito a um amigo; foi humano.
Agora todos o criticam, acusando-o de crimes de lesa autoridade - que faltou à verdade e que a calou mas esquecem que se resolveu o principal problema - as armas foram recuperadas (quase todas); como se preferissem o contrário.
Se tudo se passou como descrevo, o ministro deveria ser louvado. Apesar de ilegal foi uma correcta decisão. 
Egas Moniz, o primeiro, fez algo semelhante e teve um perdão Real. Foi há muitos séculos mas ainda é tido como exemplo. Se fosse hoje seria enxovalhado: se sabia que o seu príncipe não iria cumprir faltara à verdade ao Rei; se não sabia, falando em nome dele sendo seu aio, induzira o Rei em erro. Parece que o ministro considera ter sido enganado; mais uma semelhança do Egas Moniz.
É no que dá procurar a culpa, para castigar nas urnas, em vez da causa, para explicar e prevenir.
Revisto em 3-10-2019

Etiquetas:


Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017   10/2017   11/2017   12/2017   01/2018   02/2018   03/2018   04/2018   05/2018   06/2018   07/2018   08/2018   09/2018   10/2018   11/2018   12/2018   01/2019   02/2019   03/2019   04/2019   05/2019   06/2019   07/2019   08/2019   09/2019   10/2019   11/2019  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter