alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

24.11.14

 

legionella

Epidemia Xira
A zona cinzenta

Etiquetas:


23.11.14

 

A família Accipitridae


Abutre é o nome vulgar dado a aves de hábitos necrófagos.
São aves de grande envergadura que aproveitam correntes de ar quente para planar, têm cauda pequena e geralmente são desprovidos de pena na cabeça.

Etiquetas:


 

História condicional

Epidemia em Xira

Uma exemplar intervenção do SNS que o Expresso acompanhou muito bem.
De louvar o texto de Carla Tomás e as infografias de Ana Serra.

Acrescento a duração da actividade da fonte; qual teria sido a evolução se as torres de refrigeração tivessem continuado a funcionar?

Etiquetas:


22.11.14

 

Antípodas



Timor-Leste espera resolver caso da expulsão dos magistrados do país "com elegância"


Etiquetas:


 

remax contra a maré


Sociobiologia atrevida 

Quem é que cria mais postos de trabalho -o  Bloco de Esquerda ou a Remax?

É um resultado de se pensar como pensa Portas: se entra dinheiro, fecha-se os olhos, e depois “o mal consentido (…) tende a expandir a sua força nociva”. JPP

* A SIDA cria mais postos de trabalho que o Ministério do Emprego mas "tende a expandir a sua força nociva" que destrói trabalhadores; o que beneficia a taxa de desemprego.


Etiquetas:


 

peditório turístico


Sugestão
O presidente da ANA diz não ser possível cobrar taxa turística aos 70% dos passageiros do espaço Schengen (RDP1).


Etiquetas:


20.11.14

 

Nova Srª DistoTudo


Mudança de padroeira: de I. Conceição a I. dos Santos

Etiquetas:


18.11.14

 

Biberons alentejanos do Sec XVI



Imagens de biberons dos inícios do séc.XVI, nas Casas Pintadas de Évora.

Etiquetas:


 

Segurança

88%

Semelhante à dos supervisores

Etiquetas:


17.11.14

 

Vistos doirados

Vistadoiro - miradoiro - minadoiro
... parecer um país que sabe o preço da cidadania sem saber o seu valor. Rui Tavares


Etiquetas:


 

Portugal a Leste


Nós não.
Nós, na Europa Ocidental, crescemos numa atmosfera que diaboliza o passado imperialista dos nossos países, muitas vezes até ao ponto da demência. Ao invés, Külio cresceu numa atmosfera que vê o seu país como vítima de agressão imperialista.
É assim no Leste: toda a gente se considera vítima de outrem e, por isso, nunca fazem um exame de consciência interno; nunca se questionam sobre os seus próprios pecados.  Henrique Raposo. Expresso 15 Nov 2014.

Nós por cá
Nós por cá, temos para oferecer uma versão ainda mais paroquial da narrativa. Como se não bastasse termos tido um Governo entre o acocorado perante os poderes hegemónicos do centro e a disponibilidade para interiorizar e reproduzir a narrativa da culpa moral imposta desde fora, continuamos com uma obsessão doentia. Há um responsável por isto tudo.  P. Adão e Silva. Expresso 15 Nov 2014

* Nós por cá, tudo bons rapazes; o mal são os outros.
Culpa, pecado, os outros, o diabo, exorcismo, inferno, auto-de-fé. 

Etiquetas:


 

Áugure



De Visão e Expresso 

Por cima dos sinais de esperança corre o fumo do mau agoiro.
Mas a óptica é optimista.

Etiquetas:


16.11.14

 

Meritocracia




Etiquetas:


 

O pretexto







Grandes quadros portugueses
Almada Negreiros conviveu de perto com o poeta Fernando Pessoa, que representou na obra que destacamos hoje.


Etiquetas:


14.11.14

 

Lifting, dumping, golding, candonga


Esperteza* luxemburguesa


1. O dumping fiscal não é só imoral: distorce o mercado interno, constitui uma ameaça ao projecto europeu, aos seus valores e princípios, e compromete a sustentabilidade económica e social na Europa e globalmente. E arrasa os povos e a confiança na UE em Estados, como o nosso, onde o Governo esmifra em impostos as classes médias e PME e concede benefícios, isenções e amnistias fiscais a grupos empresariais useiros e vezeiros nas vias luxemburguesas para a elisão e evasão fiscais.  Ana Gomes
Esperteza* de negócios estrangeiros
2. O visto gold é … a “venda” de …  nacionalidade a troca de dinheiro ou investimento.
* http://www.priberam.pt/dlpo/esperteza
3. Tal como o dumping fiscal,o visto gold não é só imoral: distorce a ideia de nacionalidade, os seus valores e princípios. É uma candonga.

Etiquetas:


13.11.14

 

Luxemburgo como ensaio


O agora presidente da Comissão Europeia veio quebrar o silêncio para prometer uma revolução fiscal e uma espécie de harmonização dos impostos a nível europeu.
Juncker reconhece que as práticas fiscais no Luxemburgo, não sendo ilegais, beliscam os patrões éticos e morais, mas daí não tira nenhuma ilação ou consequência política.

*Não será lógico extrapolar para o universo europeu o que tão bons resultados deu na amostra do Grão-Ducado?

Etiquetas:


11.11.14

 

Pangloss conformado

PSD/PP, PS ... a mesma receita: mais do mesmo.
A questão com que "Lisboa se encontra confrontada neste momento é como arranjamos recursos para continuar a investir para melhorar o turismo. Tínhamos verdadeiramente duas opções. Uma era aumentar os impostos sobre os munícipes e outra era criar uma taxa turística moderada e muito limitada, que pudéssemos alocar exclusivamente ao desenvolvimento do turismo".
 *Estamos entendidos quanto ao que nos espera se o PS ganhar as eleições, como se espera - mais impostos, como até agora. Tal como o actual governo não conseguiu melhorar a eficiência do Estado, também a amostra gestão da CML confessa não conseguir. Resta a solução expedita – taxar para "cultiver notre jardin".
  • Não será o melhor dos mundos mas o único possível. 

Etiquetas:


 

Pomposa sangria desatada


BES:

Salgado transferiu centenas de milhões de euros através de offshore antes de sair.

Etiquetas:


10.11.14

 

Catalunha escocesa

80% dos 2,2 milhões de votos dizem sim à independência da Catalunha.
Os partidos soberanistas somaram 2.100.503 de votos nas últimas eleições regionais (57,5%). Os "sins" de hoje não ultrapassam este valor mas muitos analistas têm realçado que houve medo de problemas com a Justiça, dada a posição de Madrid, apoiada pelo Tribunal Constitucional. E há que ter em conta que o total de eleitores potenciais foi alargada com a redução para 16 anos da idade mínima para votar nesta consulta. Eram, ao todo, mais de seis milhões.
* Com seis milhões de eleitores e admitindo uma taxa de abstenção de 30%, para que o sim ganhasse seriam necessários 2,1 M de votos, longe dos 1,76 M de ontem; como na Escócia.

Etiquetas:


 

Parecem

Reverse causality?

Universidades Seniores têm impacto positivo na saúde dos seus estudantes.

O estudo não fez comparações com outras respostas para pessoas na Terceira Idade.
“É um público privilegiado, com autonomia, com algum dinheiro e com alguns conhecimentos”.
O investigador contactou com população que não frequentava estas universidades, mas vivia nos mesmos concelhos das instituições onde fez o estudo e apercebeu-se dessa realidade, sintetizada na frase de um dos seus entrevistados: “As pessoas que lá andam falam todas melhor do que eu”. 

* Universidades Seniores têm impacto positivo na saúde dos seus estudantes ou

A "saúde" dos seus estudantes tem impacto positivo nas Universidades Seniores?


2.  O trabalho aplicou quatro instrumentos de avaliação da saúde : satisfação com a vida, solidão, depressão e ansiedade geriátrica.

* Saúde ou bem-estar?

Etiquetas:


 

Publicidade falhada


Legionella
Anúncio que precede o vídeo sobre como prevenir a infecção.


Etiquetas:


 

Dislatellas


Mal o ministro da saúde disse que seriam de esperar novos casos, atropelaram-se as perguntas: Quantos? Quantos? Quantos?

Se os gafanhotos tivessem Legionellas, todo o ministério ficaria contagiado.
Os gafanhotos não têm Legionellas mas outros germes contagiosos.

Etiquetas:


9.11.14

 

Xanana Herói Xanana Mao

Expresso 8-11-2014



... o maior obstáculo ao desenvolvimento do país, ameaça maior ao governo: a corrupção









O 18º Congresso do CC do PCC acaba de discutir um tema que não é surpreendente para quem tenha acompanhado, sem preconceito nem cegueira ideológica, a história recente da China: o Estado de direito.
"A construção de um Estado de direito pode ajudar na campanha anticorrupção", escreve a agência oficial Xinhua. 
"Uma administração conforme a lei é indispensável no aprofundamento das reformas económicas e na estabilização da economia". 
"Uma mentalidade obsoleta de desprezo pela lei reina entre alguns dirigentes", 
"excesso de produção, bolhas imobiliárias, endividamento dos governos locais, empréstimos malparados têm raiz na interferência administrativa e corrupção que resultam da inexistência de um Estado de direito", escreve ainda a Xinhua, "sublinhando que a falta de supervisão judicial do poder propicia o aumento da corrupção". 
Guilherme Valente  Expresso 8-11-2014


Etiquetas:


8.11.14

 

Barómetro da saúde das PPP

Serviço público em PPP subliminar

A RTP1 passou 8 minutos a ensinar o que "fazer pelos portugueses".
Mal ensinou o que os portugueses podem fazer por eles mas o que portugueses "podem fazer pelos portugueses".
E mostrou como.


Etiquetas:


 

Ciência diluída

Carta aberta a Carlos Fiolhais

P. Varela Gomes

Etiquetas:


7.11.14

 

O ressentimento, o rancor, o puro ódio

O ressentimento, o rancor, o puro ódio 
em minha perdição se conjuraram.
O ressentimento e o rancor sobejaram

1.                      Declaração de princípio: 
Nunca gostei da Universidade de Coimbra: nem da instituição, nem dos professores, nem da praxe (uma selvajaria sem graça e sem sentido), nem sequer dos cafés que a oposição frequentava.
2.                      Escrever um livro para perceber:
 Escrevi também um livro que me deu para perceber o horror de tudo aquilo, mesmo na altura em que Eça e Antero andavam por lá.
* Pensei que iria comentar a retirada da circulação o último número da Análise Social  pelo director do  Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

P.S. Conclusão de uma amostra de n=1

Etiquetas:


 

Acto falhado?







Sete mil milhões de vozes de adultos.
Não ouvi nenhuma de criança, tal como no logo do Ministério da Saúde.


Etiquetas:


6.11.14

 

"perfeitamente legais"

Acordos secretos com Luxemburgo permitem a 340 multinacionais pagar multi menos impostos.


Apple, Amazon, Ikea ou Pepsi são apenas algumas das multinacionais denunciadas.

“O novo presidente da Comissão Europeia foi primeiro-ministro do Luxemburgo, entre 1995 e 2013", período em que os acordos foram assinados.

 * Ai, esta U€ ainda vai cumprir seu ideal:
 Ainda vai tornar-se um imenso Grão Ducado!

Etiquetas:


4.11.14

 

A vida desde 1820


How was life? — Global Well-Being since 1820


Como é possível não saber o valor da mortalidade infantil em Portugal (uma das melhores do mundo) em 2000?

Etiquetas:


3.11.14

 

Wilders will


Wilderswil

Crime passional mata três portugueses na Suíça


Etiquetas:


2.11.14

 

OTAN fiscal


Sociobiologia atrevida
A União Europeia e os Estados Unidos estão num processo de negociação de um tratado – a Parceria Transatlântica para o Comércio e Investimento – cujo objectivo é derrubar barreiras em vários sectores económicos para facilitar as trocas comerciais entre os dois blocos.


* Um ser vivo é composto de células, cada uma com sua fronteira – uma membrana com processos selectivos de entrada e saída; só a água atravessa livremente essas alfândegas em função das forças do mercado osmótico. Só assim cooperam para manter viva a estrutura mais complexa do universo.
De cada vez que duas células se unem sob a mesma membrana nasce um ser novo.

Etiquetas:


 

A vós


A nós
 O autor não o diz - e fica-lhe bem - que apoia o avô na velhice; apoia-o e faz muito bem.
Se os que podem assim 
fizessem, o Estado poderia apoiar mais adequadamente
"as vítimas de famílias que nunca trataram decentemente os seus velhos que não tiveram a sorte de nascer numa família que cuidasse bem deles".


Independentemente de verberar "os milhões esbanjados em obras e gastos que ninguém entende".

Etiquetas:


1.11.14

 

Democracia sem cidadãos; Estado sem estadistas


A vida dos sons
Este sábado recordou 1977.
É muito útil tornar a ouvir Mário Soares e Manuel Alegre nos primeiros minutos deste programa.
Inflação de 27%, austeridade, viver acima das nossas possibilidades, encerrar empresas publicadas....FMI.

Etiquetas:


 

Meio século depois da minha descolonização


Casa de Estudantes do Império 1944-1965
Criada pela ditadura em 1944, a Casa dos Estudantes do Império destinava-se a acolher os jovens das colónias durante o percurso universitário, em Portugal.
A instituição acabou por albergar os jovens nacionalistas e a elite dos movimentos de independência a partir do final dos anos 1950.
A Casa dos Estudantes do Império, sob vigilância da polícia política, foi encerrada em 1965.
Para homenagear os associados da Casa dos Estudantes do Império, a União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLP), organiza na Universidade de Coimbra um encontro em que vão estar presentes políticos e intelectuais que estiveram envolvidos na instituição.

* Também lá fui; cheguei atrasado mas, comigo chegou um grupo de africanos, jovens de mais para terem sido sócios da Casa. Aspecto bem instalados; do grupo sobressaía uma jovem magra, alta, mal se equilibrando nos seus saltos agulha, vestido e mala de marca. Seriam convidados dos PALOP ou alunos da U.C.?
Quase toda a gente era velha; de capa a batina apenas o presidente da AAC, convidado na mesa.
Discursos, C.V. e elogios como se esperava. Alguns devidos mais pelas atitudes de então do que pelas subsequentes.
Pouco amigos africanos de então que a maioria não viviam na Casa. Na minha “república” viviam muitos cabo-verdianos, dos quais alguns entusiastas pela descolonização, que não eram levados muito a sério. Consideravam vir a estar mais bem preparados para dirigir as suas nações que os funcionários nomeados pelo Estado Novo, o que era óbvio. Dois deles chegaram a ministros na Guiné e em Cabo Verde, depois de anos na guerrilha na Guiné.
Na minha primeira visita a Goa, mais de 20 anos depois de 1961, alguns goeses lusófilos descreviam a situação deste modo: “saíram uns quantos senhores portugueses que foram substituídos por uns quantos senhores indianos nomeados por Nova Deli…”
“Mas o governador de Goa é goês, o que nunca aconteceu no Estado português da Índia”.
“Apenas porque os sondados não aceitaram com o argumento de que ninguém é profeta na sua terra.”
Teria sido assim que os autóctones dos PALOP olharam os ex – “estudantes do Império” quando tomaram o poder?

O lema dos “Estudantes do Império” era “Vamos descobrir Angola”; sensato, dado que, pela sua origem social, não conhecessem bem a sua terra e as suas gentes.
daqui


A geração que se seguiu, agora no poder, mudou o lema para “Vamos explorar Angola”, o do colonialismo. Na verdade, quem os vê e ouve não pode deixar de se lembrar da caricatura dos capitalistas.
O poder corrompe; o absoluto, absolutamente. 
O petróleo suja.

P.S. “A colonização não vem apenas de fora, é feita também a partir de dentro, é como a divisão Norte/Sul, que não é só global, existe na nossa própria casa”
Javier Royer Rezzano, coordenador do Sistema Nacional de Museus do Uruguai.

Etiquetas:


 

Dia de todos os santos

50 anos não havia ponte, nem t.m., nem net, nem paz.

Etiquetas:


Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter