alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

29.10.16

 

Hora legal


Atrasar a hora é legal

Etiquetas:


24.10.16

 

Falar claro e escrevê-lo simples


Se por um lado Le Carré acredita que, na ficção, retratou os serviços secretos britânicos como uma organização mais competente do que alguma vez tivera razões para considerar, por outro reconhece que foi lá que aprendeu a escrever: “A instrução mais rigorosa sobre como escrever em prosa que alguma vez recebi [...] veio dos agentes seniores com estudos clássicos no último andar da sede do MI5 [...] que liam os meus relatórios com um pedantismo deleitado, manifestando desprezo pelas minhas orações incompletas e pelos meus advérbios desnecessários e riscando as margens da minha prosa chã com comentários como: redundante – omita – justifique – vago – quer realmente dizer isto? Nenhum editor que encontrei desde então foi alguma vez mais exigente ou teve tanta razão ".

Revista Expresso 15-10-2016

Etiquetas:


21.10.16

 

Distracção


… um bem que se tornou precioso a partir do momento em que emergiu a nova situação de superabundância e se multiplicaram os estímulos que nos fazem mudar rapidamente de focalização, muito especialmente na cultura e na informação, onde o regime é tendencialmente free. Esse bem é a atenção, isto é, a concessão do nosso tempo disponível. É por esse bem que lutam hoje todos os mercados. António Guerreiro

1. Direcção-Geral da Saúde:  em 2014, as crianças portuguesas até aos 14 anos estavam a consumir mais de cinco milhões de doses de metilfenidato (ritalina® e concerta®)  para combater situações de … défice de atenção.
2. Os mercados e os professores.


Etiquetas:


 

Paixões impossíveis


Erros meus, má fortuna, consumo ardente
em minha perdição se conjuraram.
Os erros e a fortuna sobejaram
que, para mim, bastava consumo somente.

Quando nos dias de hoje se clama por “mais social-democracia”, esta exigência é entendida pelas populações, simplesmente, como o direito a ter mais dinheiro nos bolsos. 
 Acontece que o consumismo, e já não o clássico ideário social-democrata, é actualmente a única e mais vibrante paixão universal. A satisfação desta paixão exige continuamente mais e mais dinheiro numa Europa economicamente esgotada (à excepção da Inglaterra que, por ora, cresce 3,5% ao ano). Logo por azar, as paixões impossíveis são as mais ardentes…
Mª Fátima Bonifácio


Etiquetas:


20.10.16

 

Colaborar sem olhar a quê

Respigo

Brunhilde Pomsel: Secretária de Goebbels

... trabalhava para os nazis e tinha uma amiga judia de cabelos vermelhos chamada Eva. “Não sei bem como dizer isto… Deus não existe, mas o Diabo de certeza que sim”, diz em A German Life.
Krönes (o realizador)  acredita que Brunhilde Pomsel não apoiava os nazis mas que, estando tão próxima do poder, se tornou uma “companheira de viagem”. ... o facto de ela se ter concentrado apenas na sua carreira, recusando-se a interpretar o que se passava à sua volta, é revelador.
“Quisemos contar a história dos oportunistas, dos hipócritas e de todos os que desviaram o olhar. Por causa disto milhões de pessoas, os que prestaram atenção apenas ao seu próprio destino, tornaram-se cúmplices de uma ditadura cruel.”
* Não é por acaso que as empresas tratam os quadros e os proletários por colaboradores; isso é bem verdade nas de publicidade.

Etiquetas:


 

Causas da crise


respigos
Entre 1970 e 2000 o consumo de carne aumentou cerca de 70% e o de leguminosas caiu 55,5%.
Maria da Piedade Malheiro, do Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa.
* Tentar compensar numa a abstinência de muitas gerações.


Etiquetas:


 

pensar com o estômago e digerir com os miolos

respigos
«enquanto certos políticos da nossa terra teimarem em pensar com o estômago e digerirem com os miolos, isto não tem concerto possível. E o pior é que já é muito tarde para tê-lo, porque quer os senhores queiram, quer não ... isto vai-lhes directamente parar às mãos». Teixeira Gomes 1925


Etiquetas:


18.10.16

 

Latadas


 A praxe como ritual de iniciação














E não digam que os universitários não estão preparados para o futuro: viver de bolsas ou de compras - a empurrar carrinhos ou a conferir o conteúdo.

Etiquetas:


 

Portugal cosmopolitou-se



Um dos primeiros grandes centros comerciais da Península Ibérica celebrou esta semana 40 anos. Comerciantes tentam revitalizá-lo.

O Brasília era o sítio da cidade onde se podia encontrar a peça de roupa mais na moda ou onde se podia fazer o penteado mais extravagante, mas era também o ponto de encontro de grupos de jovens que de acordo com a sua “tribo” se espalhavam pelo café mais à sua medida.

Etiquetas:


 

Água vai


Recolhidos 1.111 carrinhos da Latada
«Só no ponto de recolha do Largo da Portagem» foram «impedidos de chegar ao rio Mondego 961 carros»







Estrogénios pelo esgoto abaixo
Há estrogénios em concentração elevada nas águas dos efluentes das ETAR, conclui Paula Fonseca, investigadora da Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Coimbra.
 Esta concentração elevada de estrogénios (naturais e sintéticos de anticoncepcionais ou terapias hormonais) constitui um problema de saúde pública. 




Etiquetas:


17.10.16

 

Irreverência pedinte


Da irreverência ao conformismo?
Roubar carrinhos das grandes superfícies será uma forma irreverente de combater o poder sem limites do distribuidor que vive da insaciável avidez mercantil desta sociedade de consumo que os "carrinhos" simbolizam?

O problema não é apenas a 'uberizaçáo' do trabalho. No comércio, as grandes superfícies, que por cá se multiplicaram sem freio público, esmagaram os produtores, sugando-lhes toda a margem de lucro. 
O poder sem limites do distribuidor é, a par com a financeirização da economia, a marca deste tempo.
Daniel Oliveira
De penico na mão...
Da irreverência pedinte ao conformismo
declínio do dadaísmo começou quando os exilados saíram da Suíça (Universidade) e retornaram ao território alemão (país real), constatando que a sua, afinal, não era a antiarte burguesa por eles sonhada, mas uma arte domesticada, cujo espírito irreverente foi massacrado...




Etiquetas:


 

cerzir


Calceteiro cose “a pele” de Lisboa e coloca a calçada a caminho da UNESCO.

* Só um calceteiro seria capaz de colocar uma calçada a caminho.

Etiquetas:


 

Haverá vida fora do bazar?


Não haverá mais vida além do consumo?
Não haverá mais vida além do fisco?

Etiquetas:


16.10.16

 

Falar claro


A revolução digital faz-se com palavras claras

Previsão Mensal para o Continente
Instituto Português do Mar e da Atmosfera
Precipitação Total Semanal: Anomalia negativa, -30 a 0mm, para a faixa litoral da região norte, ao nível de significância de 99%. Probabilidade de ocorrência de anomalia positiva de 10 a 20%, ao nível de significância de 99%.

Nas semanas de 31/10 a 06/11 e de 07/11 a 13/11 não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo. 

* Não admira que as previsões se não confirmem; não que estejam erradas mas sibilinas.
Precipitação antípoda será uma anomalia negativa?

Etiquetas:


14.10.16

 

Vou vivendo a minha vida como se fosse








Etiquetas:


10.10.16

 

Pelo mal menor


John McCain retira apoio a Donald Trump 

“Se for preciso tapem a cara [de Soares no boletim de voto] com uma mão e votem com a outra”, pediu Álvaro Cunhal.

Etiquetas:


9.10.16

 

Dúvida mundial


Todo-o-Mundo tuga - Faço o que vejo fazer pelo mundo.
A dívida mundial global é de 216 biliões de dólares -  327% do PIB mundial, ou seja, a divida (pública e privada) é três vezes superior à riqueza mundial criada anualmente.
A dívida privada representa 2/3 da dívida global mundial.

* Afinal não são só os portugueses a viver acima das possibilidades financeiras.

 2. Se todas as notas de dólar que existem no mundo fossem colocadas um após a outra, formando uma fila, dariam a volta ao mundo pela linha do equador cerca de 24 vezes.
Alinhando notas de dólar sobre a linha do equador seria necessário dar a volta ao mundo quase um milhão de vezes para perfazer a dívida mundial. Será possível?


“If all the economists were laid end to end, they'd never reach a conclusion.” Bernard Shaw.

Etiquetas:


 

Percussor, percursor ou precursor?


Duterte venceu as eleições contra os candidatos do establishment, com muito melhores máquinas políticas, relações familiares e dinheiro. Mobilizou aliados e designou inimigos. Era um político conhecido pela sua brutal eficiência. Transformou a cidade de Davao de muito perigosa em muito segura. Repetiu a sua retórica contra o crime, as drogas, as máfias, a corrupção — apelou a “uma política moral”. Denunciou os adversários como “marionetas da oligarquia”. Venceu graças ao voto dos jovens, “aos seus ressentimentos acumulados e a um cansaço democrático”, resume um analista. 
Foram seduzidos pela sua “figura carismática”.

Etiquetas:


 

Xines


O primeiro-ministro apelou aos chineses para investirem em Portugal e destacou as potencialidades do porto de Sines.

Etiquetas:


7.10.16

 

Ofensa legal com uma certa base factual


"Nesse mundo [da comunidade científica] o presidente do Instituto de Meteorologia não passa de um mentiroso reles e de um pobre diabo", escreveu o professor universitário Carlos do Carmo de Portugal e Castro Camara numa crónica publicada em 10 de Março de 2006, no extinto semanário O Independente.

 Para o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH), embora as palavras utilizadas fossem duras e se pudessem considerar ofensivas, era necessário ter em conta …. que a expressão mentiroso reles estava circunscrita à comunidade científica e tinha uma certa base factual. 
O TEDH considerou que as palavras do professor estavam protegidas pela liberdade de expressão consagrada na Convenção Europeia dos Direitos Humanos. E condenou Portugal a indemnizar o professor.

* Se se provou ser verdade que, “para a comunidade científica (?) o presidente do Instituto de Meteorologia de Portugal não passa de (não é mais do que) um mentiroso reles e de um pobre diabo", o governo de Portugal deveria se condenado a uma pena muito mais severa do que uma multa. Mas para se provar ser verdade não basta “uma certa base factual”.

Etiquetas:


6.10.16

 

"Toda gente quer pacificar os jovens todos"


Alunos sobremedicados: “Não podemos ficar de braçoscruzados

Em 2014, as crianças portuguesas até aos 14 anos estavam a consumir mais de cinco milhões de doses de metilfenidato (ritalina e concerta) para combater situações de hiperactividade e défice de atenção. Direcção-Geral da Saúde

*É a sequência lógica da aguardente na chucha para que os bebés não chorem.
Quando têm poucos meses humedecer a chucha na aguardente também resulta e pode até ter a vantagem de tornar desnecessária a incómoda ida (à farmácia).


Etiquetas:


5.10.16

 

ONU

.

Etiquetas:


 

Francisco de Assis II


Sermão das aves


Igreja de S. Francisco, Coimbra
     “Minhas irmãs aves, vós deveis muito a Deus e, por isso, em todo lugar que estiverdes deveis louvá-lo porque ele vos permitiu que voassem livremente da mesma forma que deveis agradecer o alimento que ele vos dá sem que para isso tenhais que trabalhar.
É Deus que vos dá as árvores altas para fazerdes os ninhos."



* Se se eliminam as árvores, as aves irão fazê-lo noutro sítio.

Etiquetas:


 

O novo museu (de Lisboa) que chama pelo país


                                                                                Apagar luz

*O monstro ameaça engolir também a ponte, o Tejo e tudo; e já chama pelo país.

Etiquetas:


4.10.16

 

Outro tubarão em Belém


O Maat é um novo Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

* Está um tubarão no Tejo de Lisboa.

Os visitantes que se cuidem que parece que abocanhou um operário.
A Carolina classificou-o como raia; realmente tem a forma achatada das raias.


P.S. A boa notícia é que o operário desaparecido saiu-se bem; tinha-se perdido nas entranhas do monstro mas mostra apenas leves sinais de ter sido mal digerido. Chama-se Jonas.

Etiquetas:


3.10.16

 

Francisco de Assis


Igreja de S. Francisco, Coimbra
Faz hoje anos que morreu Francisco de Assis. 

 "nesse momento um bando de aves veio pousar no telhado e cantou."

Etiquetas:


 

“On ne voit bien qu’avec le coeur.
L’essentiel est invisible pour les yeux.”  

Antoine de Saint-Exupéry / Le Petit prince 

coeur = porte-monnaie 

media = media que escreve para os leitores da classe média (mediana) que têm os ricos por anelo.

Etiquetas:


 

A giz



Não haverá projectores de imagem na AR?
Os deputados não terão monitores de TV nas secretárias?
No início usava-se a televisão na escola como se fora ardósia e giz.

Etiquetas:


1.10.16

 

Comer livros 

A cozinha e a arte fundem-se numa peça de design, o The Cooked Book Project desenvolvido para dar azo ao velho ditado “os olhos também comem” durante o Folio, o festival literário a decorrer em Óbidos.

*Comer livros não é uma pulsão bibliófila mas uma actividade bibliófaga, como a dos insectos. 
Como aqui só comem a capa não serão insectos mas exceptos.

Não haverá morcegos em Óbidos?

Etiquetas:


Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter