alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

30.10.15

 

Farto


Etiquetas:


 

Antepassado de catalães terá sido um… gibão


Evolução catalã 

A new genus of small-bodied ape from the Miocene, discovered in (... northeast Iberian Peninsula).

Thus, early small-bodied apes may have contributed more to the evolution of the hominoid lineage than previously assumed.  
 Science

Esse gibão seria ... “um trepador lento e cauteloso”, dotado de uma grande flexibilidade de movimento e de capacidade de se pendurar dos ramos, que comia fruta madura.

Etiquetas:


29.10.15

 

Um digestivo final


Em Portugal, come-se muito. A FAO – a agência das Nações Unidas para a alimentação e a agricultura – recomenda como saudável uma dieta diária de 2500 quilocalorias por pessoa. Em Portugal, consomem-se 3500 (40% a mais). “Isto não é exclusivo de Portugal. Encontramos valores similares noutros países, como Espanha, Grécia e Itália”.
Portugal é um dos países com maior consumo per capita de peixe no mundo.

 * Uma boa parte deste consumo dever-se-à aos turistas pelo que deve ser alocado aos países de origem.

2. Dizer que comer peixe faz mal à Terra é mais uma má notícia para a mesa nacional.

* Se comer peixe faz mal à terra, a solução é deitar as espinhas ao mar.

3. Deixemos os peixes em paz
O homem é como os pombos -  borra tudo onde se instala e a isso chama desenvolvimento humano.

Etiquetas: ,


 

Pegada no mar?












Just as a bank statement tracks expenditures against income, Ecological Foot - print Accounting measures a population’s demand for and ecosystems’ supply of ecological assets. 
On the supply side, a city, state or nation’s biocapacity represents the productivity of its ecological assets (including forest lands, grazing lands, cropland, fishing grounds and built-up land). 

* Estarei a ver mal ou a biocapacity on fishing grounds de Portugal está subavaliada naquele gráfico?
Portugal é praticamente só mar: enquanto o território fora de água tem pouco mais de 92.000 quilómetros quadrados, o território debaixo de água chega quase aos quatro milhões de quilómetros quadrados. 


Etiquetas:


 

Consumo de jornais em Portugal é dos mais prejudiciais ao planeta


Consumo de peixe em Portugal é dos mais prejudiciais ao planeta

Portugal have the most protein-intensive diets in the Mediterranean (see graph on the right), which are based largely on fish and account for about 0.67 gha of the Ecological Footprint respectively.

* Será verdade?  2,5 vezes mais que a carne?

Etiquetas:


 

Prioridades orçamentais


Alimentação é menos prioritária do que a conta da luz

Quais são as despesas e os serviços que os consumidores consideram essenciais?
 A eletricidade, a água, o gás e os pacotes de "voz-net-TV"; só depois surgem a alimentação, a saúde ou a renda da casa.
E quais deixariam de pagar primeiro se ficassem sem dinheiro?
O condomínio, os seguros e a educação, revela um inquérito da Deco

Etiquetas:


28.10.15

 

Ciclos históricos


Vice ministros provisórios
Em Agosto de 1975 tomou posse o V Governo Provisório chefiado por Vasco Gonçalves; esse Governo viria a cair em Setembro. O vice-primeiro-ministro era Teixeira Ribeiro, ex-reitor da Universidade de Coimbra.


Etiquetas:


 

Saúde da população dos municípios portugueses


A ler com atenção 
"O Índice de Saúde da População revela que nos últimos 20 anos (1991, 2001 e 2011):
i) a saúde da população portuguesa (Continente) melhorou
ii) as desigualdades entre os municípios diminuíram." 










O índice do município do Porto é dos menores (776,3) enquanto o do vizinho município da Maia é dos maiores (863,3); o valor da Maia é 103,3% enquanto o do Porto é de 93% do valor de referência - uma diferença de onze por cento.

1. Mais importante que o lugar do ranking -  o da chegada à meta dos ciclistas - é a diferença que os separa dos primeiros. A melhor chegada é num bom pelotão.

2. Temo que as assimetrias dentro dos municípios sejam superiores às inter-municipais. 
Qual será a relação entre o excelente índice da Maia e o facto de ali estar a sede da Sonae?

Etiquetas: ,


 

Sobriedade


Simplicidade voluntária







Há razões plenamente justificadas para nos preocuparmos com o atual paradigma de desenvolvimento, baseado na aceleração da tecnologia e no consumismo, gerador de desigualdades crescentes, escassez de recursos naturais, acumulação de resíduos e degradação ambiental. Uma ... economia movida pelo consumismo massificado (Lizabeth Cohen. Consumers’ Republic). 

O objetivo do sobriedade voluntária não é o ascetismo, mas a otimização da possibilidade de florescimento humano por meio de uma vida simples, com as necessidades básicas asseguradas e voltada para o que é verdadeiramente essencial.
* De uma sociedade de consumo para uma vida com sumo.

Etiquetas:


26.10.15

 

A prova das sarjetas


Uma manhã de Sol depois de dois dias de fortes chuvadas de Outono; os cães regalavam-se a pastar erva tenra ainda orvalhada.
Há que tempos não via a rua tão limpa. A causa não fora a habitual azáfama municipal pré-eleitoral; todo o lixo que o displicente urbano desleixa fora enxurrado para as sarjetas do fundo da ladeira, quase as entupindo.

Não é a pluviosidade nem a eficácia almeida que explica a limpeza das cidades civilizadas. 

Etiquetas:


 

Toma cálcio


Toma arsénico, João; que teima a tua em não tomar arsénico!
Júlio Dinis. As pupilas do Sr. Reitor 1866


“There is no clinical trial evidence that increasing calcium intake from dietary sources prevents fractures.” (depois dos 50 anos)

Etiquetas:


25.10.15

 

Saúde e bem da vida


- Como vai a vida?
- Vai bem…
- Mas o teu pai disse-me que estavas doente?
- A minha vida vai bem, a minha saúde é que não.

Um rapazito esperto de dez anos distingue claramente saúde de bem estar, o que nem uma  Conferência Internacional, nem os representantes de 61 estados conseguiram há mais de meio século.
Health is a state of complete physical, mental and social well-being and not merely the absence of disease or infirmity. WHO (adopted by the International Health Conference held in New York from 19 June to 22 July 1946, signed on 22 July 1946 by the representatives of 61 States.)


Etiquetas:


 

Frente Popular Consumista


 C de consumo


Belzebu:                      Escreve

que todo o mundo quer paraíso

e ninguém paga o que deve. 

Etiquetas:


 

Muro anacrónico

                                                                   
                                        
Há um muro a separar a magnânima lucidez do vencedor que permitiu a sobrevivência do "inimigo" da decisão de dar posse a um governo dum político derrotado que depende do suporte daquele "anacrónico" inimigo. 

Etiquetas:


24.10.15

 

I-vos malditos do meu país


Juízo final (Sec XVI). Srª da Teixeira, Moncorvo
Ele 
... não dará posse a um Governo PS-BE-PCP, com maioria parlamentar, que ele entende ser maldito.



 “Todo o bem vem de Deos; todo o mal vem de nós. Por isso não diz Christo fallando dos precitos, Ide-vos malditos de meu Pay como diz dos predestinados, Vinde benditos de meu Pay : Venite benedicti Patris mei :Discedite maledicti”. 1719


* Não dirá “malditos de meu pai” mas é o que se lê na legenda.

Etiquetas:


 

Fado tropical


Ai, esta terra ainda vai cumprir seu ideal:
Ainda vai tornar-se um imenso Portugal!
Lula tirou muita agente da pobreza, aumentando a classe média que era bastante escassa e essa classe média criou uma expectativa de melhoria em termos de políticas públicas que o crescimento do país não acompanhou.
…há um mal-estar claro relativamente à não concretização destas expectativas.
F. Seixas da Costa. Revista Expresso 17 Out 2015

Em Portugal a taxa de risco de pobreza em 2013 era de 47,8% valor que se atenuou para 19,5% mercê de transferências sociais. (Na União Europeia (UE28) os valores respectivos foram 44,4% e 16,6%). Pordata


Etiquetas:


23.10.15

 

prontuário


H. Monteiro escolheu a palavra bullying para descrever a disciplina de voto a que as normas dos partidos obrigam os deputados; estes aceitaram as regras pelo que não se podem queixar agora - não é caso de bullying.

Ant. José Teixeira  foi ao dicionário e lá encontrou a palavra impasse (de francês impasse
Não deve ter ido ao dicionário quando titulou o PS como kingmaker; o que o PS poderá fazer é governo que se espera governe e não que reine connosco.

Etiquetas:


 

Juízo final de Cavaco




Nada pior para qualquer causa que um mau argumento

Etiquetas: ,


22.10.15

 

Temos papa


hhvv

Etiquetas:


 

Salários em falta


Uma imagem real e invertida de uma expectativa ilusória 











Vendo o triste eleitor que com enganos
lhe era assi negada o prometido
como se não o tivera merecido,
começa de esperar outros quatro anos,
dizendo…


Erros meus, má Fortuna, consumo ingente
em minha perdição se conjuraram …

Etiquetas:


21.10.15

 

Via única


De TINA a NHOH
 De forma que, seguindo a sua própria lógica, o Presidente da República só poderá empossar um governo sustentado à esquerda. Olhando para a realidade política e não se querendo contradizer, não há outra hipótese (NHOH).  

* NH4OH - Uma base fraca que só existe dissolvida?
 E resume-se a uma ideia simples: se o Governo, em algum momento, inverter a lógica de reposição dos salários e pensões, e impuser medidas de austeridade sobre os rendimentos, o acordo termina. P. Pena

Etiquetas:


20.10.15

 

Pobreza estatística


Risco de pobreza é mais alto entre quem tem problemas de saúde


A pobreza atinge 19,5% da população portuguesa. 
A taxa é mais alta entre as pessoas que referem ter algum tipo de problemas de saúde (21,5%) do que nas pessoas que referem não ter limitações (16,7%).  INE
* Risco de pobreza é ainda mais alto em quem tem problemas de estatística.


Etiquetas:


 

praxe lucrativa?











A praxe é uma cerimónia feita por estudantes e para estudantes; só se vai ao mercado comprar o grelo.

Etiquetas:


 

Em demanda do mal menor



A proposta aprovada pelo votante mediano, a que maximiza a satisfação geralestá na ala moderada do eleitorado do PS.

Terá significado estatístico mas não creio que os eleitores o sintam; a franja mais à direita do PS satisfeita com uma frente popular?

Etiquetas:


19.10.15

 

dialética vital

Sociobiologia atrevida
Esta comum determinação anti-revolucionária dos partidos centrais foi designada por “centro vital”. Mas essa comum determinação do centro vital não deve ser confundida com alianças de governo ao centro. Nos países de língua inglesa, a norma tem sido sempre a rivalidade e alternância entre partidos do centro-direita e do centro-esquerda, raramente a aliança entre eles.
Por esse motivo, é um engano paroquial opor o conceito de “centro vital” ao conceito de “bipolarização”. Ambos são perfeitamente compatíveis. O que o centro vital garante é que a bipolarização — isto é, a concorrência e alternância entre partidos da direita e da esquerda — se processa entre partidos do centro-direita e do centro-esquerda, com exclusão dos extremos de cada lado. JC Espada

* É o que acontece em Biologia: a homeostase deve-se a um equilíbrio dinâmico entre concorrentes cooperantes – inspiração/expiração; agonistas/antagonistas; adutores/abdutores; flexores/extensores; simpático/parasimpático; estimulantes/frenadores.

Etiquetas:


 

O chocolate na colaboração de classes


Consequência previsível do programa financeiro do eventual convénio PS+BExPC será uma (transitória) colaboração de classes.

* Um entrecruzamento simbólico: a satisfação tanto dos clientes como dos accionistas do grupo Jerónimo Martins (crossing-over de Jerónimo de Sousa x Catarina Martins) . 









Apetece berrar como Karl Rove: “It’s the economy, stupid”. 
A aventura de Costa não vai durar muito, nem trazer uma grande mudança à política como ela por aqui se entende. Mas as consequências do programa que ele pretende executar, ainda por cima corrigido pelo PC e o Bloco, podem ser fatais. Teodora Cardoso, João Salgueiro, Medina Carreira e João César das Neves já avisaram. Não serviu de nada.
Aumentar o consumo doméstico com dinheiro público é a melhor receita para o empobrecimento geral e para a bancarrota. Tanto mais que a situação da economia e das finanças, embora um pouco melhor do que em 2011, continua fluida e atada com fios. Qualquer pequeno incidente doméstico ou internacional é o bastante para a deitar abaixo.  VPV

Etiquetas:


18.10.15

 

A dependência do consumidor










“A soberania política foi substituída pela soberania do consumidor”. 
E sublinhou a importância de se recuperar essa soberania. “A liberdade (“soberania democrática”) tem tantos encantos que os escravos (“europeus”), enquanto consumidores, nunca a conhecerão”-- William Cowper, poeta inglês do século XVIII lido por Varoufakis

Etiquetas:


17.10.15

 

Arco de governo


Em tempos, à abóbada celeste - o hemisfério celeste visível - chamava-se firmamento; supunha-se que as estrelas e os outros astros lá estavam pregados para sempre.
Também se supunha que eram os astros que governavam as nossas vidas.

Etiquetas:


 

Aproxima-se uma frente popular instável…


JPP

*Feito o diagnóstico espera-se a receita e o prognóstico - a previsão meteorológica da tempestade iminente. “Aproxima-se uma frente popular instável…”

Etiquetas:


16.10.15

 

Exigimos mas continuamos a não conseguir











Para que o conceito de "segurança ou soberania alimentar", definido na primeira Cimeira Mundial da Alimentação, realizada em 1996, possa sair dos documentos.
continuamos a não conseguir garantir que todas as pessoas tenham, a qualquer momento, “o acesso físico e económico a uma quantidade de alimentos seguros e nutritivos que satisfaçam as necessidades de uma dieta que permita uma vida activa e saudável”.

Etiquetas:


15.10.15

 

Não há mais vida para além da finança política?


Esquerda e direita no século XXI com um legado do Século XIX 
... o que separa esquerda de direita. Em termos históricos, a economia política é o terreno principal de confronto. Tal legado está enraizado desde o século XIX. JP Teixeira Fernandes

1. Catarina Martins, a porta-voz do Bloco de Esquerda, diz que a reunião com o PS permite antecipar a formação de um Governo que …"possa respeitar o emprego, o salário e as pensões". Bandeiras como a renegociação da dívida não estão entre as prioridades..
2. Como sempre, quer esse Governo, quer os trabalhadores e o povo em particular, poderão contar com a nossa activa participação para assegurar todas as medidas que correspondam aos direitos, interesses, rendimentos, salários dos trabalhadores, reformados”. Garantindo ainda: “Tudo o que não corresponda [a esses interesses], contará com a oposição do PCP.”

3.O que consta e o que não consta da proposta da coligação
A coligação escolheu 23 medidas do programa do PS que aceita integrar num futuro programa de Governo. António Costa diz que respondeu de imediato com “17 ou 18” propostas que não foram consideradas e que considera “absolutamente indispensáveis” para concretizar uma mudança de política.
Olhámos para o programa do PS e para a proposta de compromisso da coligação e vimos onde estão os principais pontos de cedência e as medidas que ainda não foram aceites por Passos e Portas, com o respectivo impacto orçamental.

O que a coligação aceitou
Eliminar sobretaxa do IRS mais cedo
Diversificar o financiamento da Segurança Social
Prescindir do plafonamento
Actualizar o salário mínimo
Repor o Complemento Solidário para Idosos e aumentar abono de família
Reavaliar condição de recursos

Adoptar um processo conciliatório na cessação de contratos
Garantir médico de família para todos e cuidados continuados
Garantir pré-escolar a todas as crianças 

O que não está na proposta
Acelerar a reversão dos cortes salariais
Reduzir o IVA da restauração
Aumentar a progressividade do IRS
Diminuir a TSU dos trabalhadores
Travar redução do IRC
Criação do imposto sucessório
Combate à pobreza infantil
Redução das taxas moderadoras na saúde.

*Comprem mercadorias, pequenos;
  Comprem mercadorias!
  Olhem que não há mais política no mercado senão mercadorias.


Complemento salarial 

Etiquetas:


Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017   10/2017   11/2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter