alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

31.12.06

 
Não se preocupe que o Mercado resolve-lhe os problemas

Os modernos tranquilizantes começaram com o Librium.
Eficaz e bem promovido, em breve era considerado panaceia - da ansiedade à incontinência urinária.
Na consulta seguinte, o queixoso estava “muito melhor, Sr. Dr.”
-- Não me diga que já não urina na cama?
-- Não, não; isso está na mesma, mas eu já não me importo nada…

 
Um feliz Ano Novo, sem grandes problemas

Mas se surgir algum que não consiga resolver, não fique com pena; despenalize-o.

30.12.06

 
Uma das minhas 7 maravilhas populares portuguesas.

As alminhas ; a assumpção colectiva dos destinos individuais.


Stª Clara, Coimbra.

 
Responso

Livrai-nos de procurar a culpa para punir em vez da causa para resolver.
Livrai-nos dos cabrestos com antolhos para que só se olhe em frente.

 
Assiduidade dos Médicos controlada pelas impressões digitais.
Todos suspeitos enquanto se não provar o contrário

1.Para tentar corrigir as notórias faltas injustificadas de muitos médicos e os notórios atrasos de demasiados – a mais frequente queixa dos utentes do SNS -- o MS, em vez de procurar responsabilizar os directores de Serviços onde isso se passa, correu-os a todos com relógio de ponto… digital.
2. Pelo mesmo critério, em face de uma suspeita de tuberculose de alguns doentes, os médicos deveriam prescrever isoniazida a todos. Todos excepto os Inspectores Gerais da Saúde, tidos como estéreis.
3. Os directores clínicos de Matosinhos demitiram-se em bloco; óbvio, sentiram-se desautorizados, tidos como súbditos atentos venerandos e obrigados pela burocrática IGS. Atitude saudável.

29.12.06

 

Médicos palhaços




Mas será indispensável a máscara?

 
Nobel da Paz

A pobreza é uma ameaça à paz. O microcrédito cria actividade e deixa menos espaço para o fanatismo
Muhammad Yunus, Prémio Nobel da Paz, o professor de Economia que levou a Universidade aonde ela era mais necessária -- às aldeias do Bangladesh, seu país.
Criou um banco que empresta dinheiro aos pobres sem exigir garantias, apenas na base da confiança. O Grameen Bank tem 7 milhões de cliente (97% são mulheres) a quem concedeu 5 mil milhões de euros com uma taxa de retorno de 99%. Única 23-12-2006


Em Coimbra, os estudantes protestam contra as propinas que não deixam espaço para o automóvel.


Em Portugal, com dois milhões de pobres sem crédito, as dívidas foram despenalizadas sem referendo.

28.12.06

 
Referendo sobre a despenalização das dívidas

justiça entupida............................................................Queres fiado? Toma!
O Governo quer retirar do tribunal milhares de processos de cobrança de
dívidas.
Dessa forma espera facilitar o trabalho da justiça que se encontra entupida com pequenos casos. “A ideia é aliviar a pressão processual que já existe

Concorda com a despenalização das dívidas contraídas pelo próprio em instituições de crédito legalmente autorizadas?

 

Uma das minhas 7 maravilhas populares portuguesas










Uma roda do outro mundo.

 
Responso para 2007

Livrai-nos dos oportunistas, corruptos, desleixados e incompetentes.
Livrai-nos sobretudo das cabeças quadradas, fanáticas e politicamente correctas.
Livrai-nos da Fome, da Peste e da Guerra.
Livrai-nos dos hospitais, da prisão e dos tribunais;
Livrai-nos dos que preferem o embrulho ao conteúdo e a Lei à Justiça.
e
Livrai-nos do Mal,
Ámen

Excepto http://www.anaturezadomal.blogspot.com/

 
Cabeça quadrada

"vacinação obrigatória em dia aos 3M".
Razão da entrega da guarda da criança ao pai biológico
Aos 3M a criança vivia com a mãe que a "deu para adopção"; o pai não a reconhecia.

"o mais possível automáticos"
devem ser privilegiados os "sistemas electrónicos de controlo de assiduidade que melhor se coadunem com a boa gestão dos recursos humanos".

27.12.06

 
Gastos mensais

Um português gasta entre 4 e 7 por dia em electricidade, gás e combustíveis.

 
Não admira

Mais de metade das notícias sobre política são produto de fontes profissionais
Portugueses gastaram quase mil euros por segundo no Natal
Cada português gastou 20€ por dia no Multibanco e enviou 43 SMS neste Natal
Cada família gastou cem € por dia neste Natal. Não admira que tenha ficado sem euros.

Alerta aos novos membros - CE aponta Portugal como exemplo a não seguir

 

Façam força, que eu gemo!

A esse sacudir da água do capote juntam-se agora médicos organizados.
Se não forem obstetras, a força do argumento parece-me tão frouxa quanto a da igreja; falam alto mas serão outros a ter que realizar.

 
Os médicos e o aborto (2)

O aborto é um crime que só não é punível em circunstâncias específicas, tal como no “Estado de necessidade desculpante: Age sem culpa quem praticar um facto ilícito adequado a afastar um perigo actual, e não removível de outro modo, que ameace a vida, a integridade física, a honra ou a liberdade do agente ou de terceiro, quando não for razoável exigir-lhe, segundo as circunstâncias do caso, comportamento diferente.”
O referendo em discussão propõe despenalizar o aborto “por opção” da mulher se realizado em “estabelecimento de saúde legalmente autorizado".

Uma vez mais a sociedade sacode a água do seu capote sobre os médicos (como nos atestados médicos como única justificação de uma falta). O “facto ilícito adequado a afastar um perigo” seria delegado em outrem, nesse caso, no médico.
Alguns parecem querer que “o médico” tenha que actuar em defesa da ameaçada sempre que esta entender que a gestação é um “perigo actual, e não removível de outro modo, que ameace a vida, a integridade física, a honra ou a liberdade”. Os médicos seriam como que os “homens (ou mulheres) de mão” das grávidas que não querem ser mães. A alguns comentadores parece não ser “razoável exigir-lhe, segundo as circunstâncias do caso, comportamento diferente.”
A liberdade que se requer para as grávidas que não querem ser mães nega-se aos médicos?


26.12.06

 
94 % dos pacotes de cocaína têm vestígios de notas (Sol)

 

Fuga para o Egipto

"Os pais adoptivos agem voluntária e conscientemente, ocultando (a criança), deslocando-a para locais desconhecidos.”
A família, que a criança de 4 anos sempre teve como sua, foge para a por a salvo das malhas herodíadas de uma sentença com antolhos.


Uma das minhas 7 maravilhas populares portuguesas -- Capitéis do claustro de Celas.

 
A Justiça cega e um togado jogam ping pong com a vida de uma criança.

Jogo de pares: Biologia+ “Alineação” vs Psicologia+ Sensatez
A sentença que determina a
entrega da guarda da criança (de 4A) ao pai biológico refere que, na data em que foi entregue para adopção, a menor não apresentava sinais de subnutrição, estava bem cuidada e possuía a vacinação obrigatória em dia". (a0s 3 meses ...)
O pai biológico tem uma profissão, é carpinteiro serralheiro, embora se encontre desempregado (com 350 euros de subsídio de desemprego) e vive em união de facto, integrado numa família.

 
Mailing list

Bf e votos de um feliz Ano Novo

25.12.06

 

O imbondeiro; uma espécie em vias de saneamento?
... em nome do secularismo e para evitar ferir a susceptibilidada das minorias.

«Nu, o embondeiro gigante,
berço dos nossos antepassados,
estende os seus braços ao céu

Aliou Sylla, Dakar.
Embon­deiros, uma árvore de “estranha forma em que os troncos parecem raízes. Em África diz-se que os embondeiros caíram do es­paço; quando um africano morre, a sua alma passa a viver num embondeiro.

G. Cadilhe. Única 23-12-2006

 
As minhas 7 maravilhas populares portuguesas

Arcos de festa: o de Goães (Bouro).

24.12.06

 
Avô Natal

"Há muitos anos atrás... o Natal era um pouco diferente! As famílias eram grandes, com avós, pais, tios e primos que tinham o hábito de se encontrar por esta altura do ano. Não havia internet mas uma rede forte ligava todas estas pessoas. As casas, pelo menos a desta história, também eram grandes. Com muitas salas e quartos cheios de magia, com corredores, pátios e passagens secretas que criavam os esconderijos para as brincadeiras perfeitas. Melhor playstation não seria possível inventar! Nesta altura o tempo não existia ou pelo menos andava muito devagar, sem pressa. Era o sol (e a fome) que marcava as horas. À fome bastavam-lhe os filhoses, rabanadas e sonhos, o mais saudável alimento da época.
O melhor momento chegava à noite. Era nessa altura que os mais velhos contavam as mais deliciosas histórias até quase à meia noite. Conta a lenda que, entretido, só a essa hora o Avô Natal começava a trabalhar..."

 
Natalidade a extinguir

É significativo que tenha sido escolhido o presépio -- o ícone da exaltação do nascimento -- como alvo. Quando nasce uma criança, nasce um deus – pelo que todas são irmãs; séculos antes da Declaração Universal do Direitos do Homem.
Como se o nascimento duma criança fosse um risco para o status quo – um rei que se não sente seguro (Herodes) ou um padrão que se pretende impor – o do casamento estéril, onde os filhos seriam uma opção a adoptar.

 
O saneamento do presépio

É curioso que promovam o saneamento desse ícone cristão quando já quase foi eclipsado pelos mitos pagãos nórdicos - o abeto com prendas e o pai Natal.
Limitam-se a recuperar o fundamentalismo deicida das revoluções laicas; como se fosse possível apagar a memória dos povos. Os incréus aprendizes de feiticeiro teriam muito a ganhar com a experiência das grandes instituições históricas; a Igreja e o Mercado concluíram que era mais rentável manter os velhos mitos pagãos ou religiosos e convertê-los - o Natal no solstício; as prendas no Natal. Maomé cooptou Cristo.
Os fanáticos são perigosos. A incrença é ainda mais perigosa que a crença. Esta, mais velha, já aprendeu a conviver; aquela ainda é bravia e a cedilha é caduca. Começam por sanear o presépio e acabam por proibir que as crianças subam ao sótão dos avós.
Os mitos religiosos ou mágicos fazem parte da história da humanidade e, consequentemente, da nossa. São tão indispensáveis quanto as histórias de encantar; sem eles as gerações futuras ficariam mais áridas e mais pobres.

................................................................Convento de Semide

 
A humanização de deus depende do desenvolvimento humano.

O menino Jesus levanta um problema: o de saber quando terá Deus encarnado.
Sendo deus, sempre terá existido; sendo humano, só o poderia ter sido depois das 12 semanas.
Deus para se humanizar teve que esperar que a humanidade estivesse madura, apta a aceitar um Deus humano e único.
...Montemor o Velho, Miz.
A ontogenia repete a filogenia; para encarnar num menino humano, prudente, Deus esperou dois meses para ter a certeza que o embrião vingaria e já teria atingido o estádio humano.

23.12.06

 
Privacidade

"Lamento, mas a ideia do cartão único, se «não é seguramente o 'big brother'», pode ajudar bastante. Sempre estive contra, creio que sempre estarei contra."

* O actual cartão de visita também não é perfeito; o sigilo bancário nem sempre é inviolável. Rien n'est parfait.


 

Relógio na torre da fábrica de orações

SOURE MDCCLXXI

 

Fábrica de orações

O relógio, o instrumento número um da modernidade. Começou no topo das fábricas para "mandar" numa população arrancada aos campos e que só conhecia o sol a sol.

1493 - la Repubblica di Venezia commissiona a Gian Carlo,
un orologio «da esser posto sopra la piaza de San Marcho».

 















As minhas 7 maravilhas populares portuguesas
Fontes; Barbacena

 
O referendo sobre a despenalização

Concorda com a despenalização da emigração clandestina, por opção dos sobreviventes, desde que feita em cayucos legalmente autorizados?

Os armadores apoiam com entusiasmo o SIM; melhoram os barcos e aumentam os preços, como as rendas de casas antigas.

 
debate de ideias

Como é obrigação dos que se habituaram ao livre debate de ideias e à busca com rigor da verdade relativa, a qualidade (dum) trabalho não o isenta de uma avaliação crítica. Adriano Pimpão.

22.12.06

 

As minhas 7 maravilhas populares portuguesas


Pelourinhos: o do Pombalinho

 
Os médicos e o aborto
A amigos meus

1. O aborto é um crime que só não é punível em circunstâncias específicas.
O facto da lei ditar que o aborto não é punível, não significa que o médico seja obrigado a praticá-lo salvo em caso de risco de morte da gestante (e isso está previsto no Código Deontológico).

..................................................................................................Fernando Valle, médico
2. Mesmo o Referendo em discussão esclarece que o aborto será despenalizado, se realizado “a pedido da mulher”; não esclarece quem nem em que condições responderá a esse pedido. Há muitas maneiras de o executar sem envolver um médico e, ainda mais, aquele médico concreto.
Mesmo assim, não me consta que tenham nascido anencéfalos com diagnóstico pré-natal, nos últimos anos.


3.
A Ordem não pode punir aquilo que o Estado não quer que seja punido.
Um Código de Deontologia exprime os deveres que decorrem de princípios éticos característicos de uma profissão que pode não coincidir com as normas morais vigentes no período histórico dessas sociedades, base do direito.

A preponderância da Sociedade manifesta-se por caber recurso das decisões disciplinares para o tribunal administrativo onde releva a Lei. A preponderância mas não o império da Sociedade; quando esta modela todo o comportamento individual ou de grupo resulta em exemplos funestos onde louvamos não os que aceitaram adoptar "uma posição exclusivamente técnica" ou “executar as funções legais determinadas pela tutela” mas os que resistiram.

Não os juízes dos "tribunais plenários" criados por Salazar para punir os alegados "crimes contra segurança do Estado" mas os que recusaram participar. Não os médicos que colaboraram com os regimes nazis ou comunistas mas os outros; não falo dos que eram nazis ou comunistas mas os que a eles se acomodaram como um mal menor.

E este não foi nem é um problema exclusivo de regimes ditatoriais.

 

Amado acusado de sobrevoar ilegalmente espaço aéreo do Líbano

Não sabia que o Líbano tinha espaço, aéreo ou outro e, muito menos, lei que o regesse.

 
O referendo sobre a despenalização

Num momento de entusiasmo, o casal adoptou um cãozito que encontrou na rua. Tempos depois, o marido cansou-se e quis ver-se livre do animal; enxota-o mas ele regressa sempre, o que o enfurece.
Por causa disso, a casa tornou-se um inferno que compromete a vida do casal. A mulher não queria mas, agora, decidiu mandar abater o animal.

Concorda com a despenalização do abate do animal, a pedido dos donos, se realizado por veterinário legalmente autorizado?

21.12.06

 

Era uma vez…
Tudo pode acontecer…





Uma gatita borralheira no Hospital Pediátrico

 
As minhas 7 maravilhas populares portuguesas

Romarias: os andores da Aparecida

 

Debate mensal com o Governo

O Primeiro-Ministro fez-se representar pelo chefe do partido do governo; muito bem preparado e excelente tribuno, arrasou a oposição com ironia, acutilância e resposta oportuníssima. Só assisti ao final que foi brilhante.
O Primeiro Ministro teria sido ainda mais convincente se dissesse o mesmo com uma postura mais tranquila.

 
O referendo sobre a despenalização

Concorda com a despenalização dos erros de diagnóstico se causados pela crença, mesmo que tenham ocorrido em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?

Imagem onde peritos vêem um coração “humano”; distingue-se do de um outro mamífero porque tem quatro cavidades e quatro válvulas e é servido por duas artérias e duas veias; tem autonomia suficiente, bate ao mesmo ritmo e varia com o deles.

 
O referendo sobre a despenalização

17 /24 eurodeputados portugueses apelam ao "sim" (SIC)


..............................................................................Bruxelas:Galileu na Inquisição

 
O referendo sobre a despenalização
do perú

Boas Festas

20.12.06

 
A cegonha, bico comprido, crânio minúsculo.

Despenalização fez baixar número de abortos em França
Aubény, obstetra francesa …, garantiu que a despenalização diminui o número de abortos realizados. Aubény diz que a determinação do Poder (e a) pressão exercida por associações favoráveis à despenalização, foi fundamental para ultrapassar as barreiras iniciais. Mas também a "tranquilização" dos médicos e a formação que lhes foi facultada e lhes permitiu perceber que a técnica é "simples, segura e eficaz".

1. A despenalização fez baixar ou foi acompanhada? Foi a despenalização que fez ou as medidas que a acompanharam? Serão indissociáveis?
2. A despenalização diminui o número de abortos realizados; será verdade? Provavelmente refere-se aos clandestinos, senão a causa desta diminuição teria sido outra.
3. Afinal, o que frenava os obstetras era a falta de “formação” específica. Quando esta “lhes foi facultada” “perceberam” que a técnica era “simples, segura e eficaz” e converteram-se….


Não sei como classificar esta notícia nem a quem hei de atribuir o apriorismo, a falta de distanciamento, de crítica dos dados e da sua interpretação. Crença ingénua e iluminista na força da Verdade.
Dantes, de Paris vinham ideias e bebés no bico de cegonhas; agora trazem revelações - são as cegonhas missionárias.
Pior cegueira que as das trevas da ignorância é a da auréola da crença.

 
Sedução, Desejo e Ambição

Seduzir: Enganar ou corromper por meio de sedução; atrair; deslumbrar; subornar; desonrar um a mulher, persuadindo-a com promessas tentadoras.
Desejar: Apetecer; cobiçar; pretender; aspirar.
Ambição: Desejo veemente de riqueza, honras ou glórias.
Dicionário “Editora”, Porto Editora
Ambição vem da palavra ambire, que he o mesmo que correr, ou cercar em roda, como faziam antigamente os pretendentes de dignidades, e magistrados da república, que corriam toda a cidade, cortejando uns e outros e ganhando a benevolência dos que podiam ter votos” Lus, 9, 93
Diccionario da Língua Portuguesa de Moraes Silva, 1889

A igreja, que canonizou Escrivá de Balaguer, santificou a ambição e abençoou o lucro.
Vitória póstuma de Calvino

 
Não se cuide; há remédios para isso

Nos países da Europa Ocidental, a convicção de que a infecção por HIV deixou de constituir um perigo mortal, dada a eficácia do tratamento, está a dar resultados alarmantes. ONUSIDA 2006
80% dos portugueses infectados com HIV raramente usavam preservativo. (DN 27-11-2004)

Para isto não há IVIHIV que lhes valha.

 


As minhas 7 maravilhas populares portuguesas







...................................Ponte de S. João, Porto

 
Uma ideia luminosa

Todos os Invernos, Viganella ficava sem Sol. Agora, um espelho no alto da montanha reflecte o Sol.

Uma ideia útil e inócua que usa energia eterna e não poluente. Se o tivessem consultado, Arquimedes teria aconselhado que se usasse um espelho côncavo -- ilumina e aquece; foi assim que ele desfez o cerco de Siracusa há 2300 anos.

 

Referendo sobre a despenalização (1807)
“No meu engenho mando eu!”

Concorda com a despenalização do abate de escravo ruim, a mando do Patrão, pelo feitor da fazenda?


Portugal foi o primeiro país do Mundo a abolir a escravatura e o primeiro país europeu a abolir a pena de morte.

19.12.06

 
As minhas 7 maravilhas populares portuguesas

Cruzeiros: os de xisto em Santulhão

 
Danos colaterais premeditados
Para ser eficaz “alguns efeitos [o protesto] há-de ter"

Para contestar a intenção do Governo de prolongar a idade de reforma até aos 65 anos, os pilotos da aviação civil avisaram que vão começar a cumprir os dias de folga e de férias. "Não queremos prejudicar os passageiros e as companhias, mas alguns efeitos [o protesto] há-de ter".
O Sindicato dos Pilotos considera que a passagem da idade da reforma dos 60 para os 65 anos pode pôr em causa a segurança dos passageiros, porque a profissão tem "desgastes físicos e psíquicos óbvios".

Óbvios? Levantam duas vezes por dia e aterram outras tantas...
Protestam contra a idade da reforma aos 65 A -- a dos pilotos da EU.
O argumento invocado -- o risco de segurança acima dos 60 A – não existia quando aceitavam pilotar (bem pagos) em dias de folga e férias?

 



 
Muçulmanos vítimas de discriminação

Os muçulmanos que vivem na Europa são discriminados no emprego, na educação ou na habitação -- vivem sobretudo em áreas onde as condições de habitação são piores e os seus resultados escolares estão abaixo da média.

* Por serem muçulmanos ou por serem emigrantes e/ou pouco qualificados?
* Por serem "muçulmanos" ou por parecerem asiáticos, árabes, magrebinos?
* Apoia-se a integração por filantropia ou por receio?

 
O referendo sobre a despenalização
Greve da polícia.

Concorda com a despenalização da greve da polícia, apesar de inconstitucional, quando o sindicato entender que se encontram esgotados todos os outros meios para fazer valer os seus interesses?

18.12.06

 

Sombra oblíqua

para o blog "Um buraco na sombra"

 

O referendo sobre a despenalização
da banda gástrica

* Em 2003 os portugueses consumiram "três vezes mais proteínas, -- carnes, peixe e ovos--- e três vezes mais gordura", do que o recomendado. O consumo de produtos hortícolas foi, pelo contrário, cerca de metade do recomendado, tal como a fruta.
* A cirurgia para colocação de
bandas gástricas em pessoas obesas feita em clínicas privadas, que chega a custar 8.500 €, vai ser paga pelo Estado.
Haverá cerca de 400 mil portugueses com obesidade mórbida (ADEXO).

Concorda com a isenção de taxas moderadoras na cirurgia da obesidade se realizada por opção da utente (ou do cônjuge) em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?
Fig. palas-atenea.deviantart.com/

 
As minhas 7 maravilhas populares portuguesas

Pequenas igrejas românicas: Adeganha (Moncorvo)

 




Alta restaurada

Fósseis de aventais à janela.
O eléctrico do Museu parava em frente.

 
Travar a guerra

Forças leais ao Presidente palestiniano conseguiram travar a guerra entre a Fatah e o Hamas.

17.12.06

 
A força dos genes
Manuela Ferreira Leite

ou A força dos memes?
ou
A força dos mêmes?

 
O referendo sobre a despenalização da compaixão.

falta de coração.

 


Uma bela maneira de apresentar dados (no DN)

 

Uma sentença sensata

O Tribunal Constitucional espanhol anulou a sentença de um condutor alcoolizado, por falta de provas de que a sua capacidade de condução estivesse afectada. … para demonstrar que o condutor está realmente afectado pelo álcool, não é suficiente detectar-se uma taxa elevada de álcool; é preciso realizar provas adicionais - se o condutor podia andar em linha recta, se tinha o olhar vidrado ou problemas de fala e de compreensão….
De acordo.

 
As minhas 7 maravilhas populares portuguesas

Alminha: a de Atilhó

 
Sensatez do juiz do Fajão

1. Dez homens acusados de tráfico de droga viram-se livres de prisão graças à anulação de escutas telefónicas. O cabecilha da rede é um construtor civil que contratava trabalhadores toxicodependentes pagando-lhes com doses diárias de heroína. Um acórdão do Tribunal da Relação do Porto impôs a anulação das escutas por deficiente controlo por parte do juiz de instrução criminal.
Anuladas as escutas, o Tribunal não pode ter em conta provas obtidas a partir desse meio -- milhares de doses de droga, dinheiro, armas, carros e objectos relativos ao tráfico. http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=717176&div_id=291


2. Um dia mataram um homem na serra e o juiz de Fajão, que andava ali à caça, viu quem o matou. Como o morto andava de mal com certo indivíduo, a ele lhe puseram as culpas. No tribunal, as testemunhas juraram que tinha sido esse fulano o assassino.O juiz de Fajão tinha visto, mas não podia ser ao mesmo tempo testemunha e juiz. Tinha de julgar conforme a prova testemunhal, mas também não queria condenar um inocente e deixar em liberdade o assassino. Então lavrou a seguinte sentença:
Julgo que bem julgo,posto que bem mal julgado está!
Vi que não vi, morra que não morra!
Dêem o nó na corda que não corra.

E, lida a sentença, o juiz aconselhou o réu a recorrer para a Relação do Porto… que o absolveu depois de ouvir o juiz de Fajão.
Desenhos e gravuras de Ms. Nunes Pereira ilustraram os contos
.

 
A objectividade da imprensa de referência

1. Governo pede pareceres para contrariar Presidente
O Governo vai entregar cinco pareceres de advogados sustentando a constitucionalidade das normas de Lei das Finanças Locais que suscitaram dúvidas ao Presidente
2. Cavaco Silva recusa comentar nomeação de MªJ. Morgado .
3. Clínicas recusam cumprir a lei…do aborto.
4. Equipa de Mª José Morgado ainda incompleta.

1. Contrariar?
2. Recusa? O PR tem o dever de comentar?
3. Recusam? A lei obriga a fazer aborto?
4. Ainda? Maria José Morgado fora designada dois dias antes.

16.12.06

 
Disparatadas conclusões corrigidas pelas autoras
Hospitais emagrecem doentes

Onde se lê: “é sinónimo de perda de peso” deve ler-se: “aumenta o risco de perda de peso”.
Onde se lê “o problema não está na comida mas no serviço” deve ler-se: “ as causas estão relacionadas com a gravidade da doença, com os hábitos tabágicos e com menor acompanhamento familiar, prévios ao internamento”. Expresso 16-12-2006 q.e.d.


Significativo exemplo da confiança que pode merecer o que se publica...

 
As minhas 7 maravilhas populares portuguesas

Pontes: Ucanha, a ponte com a torre da portagem. O princípio do passador-pagador.

 
Prazos de validade

As coimas das infracções detectadas pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica estão congeladas porque há um ano que espera a nomeação de dois vogais.
* Muitas das infracções detectadas eram alimentos com prazo de validade ultrapassado porque, há um ano, esperavam autorização para venda.


 
O primeiro ...?
Ruanda - Primeiro padre católico condenado por genocídio.

auto-criticado por Alcatruz

 

O paraíso dos agentes infiltrados.
O inferno das polícias secretas.


................................. Uma simpatizante do Hamas numa manifestação.

 

Silício a escassear ?

... a grande vaga de in­vestimentos em energias renováveis na UE … vai ser no Sol. Os equipamentos fotovoltaicos … são ainda relativamente caros "... e uma das maté­rias-primas fundamentais para o fabrico dos painéis - o silício - está a escassear no mercado mundial." Única 8-12-2006

O silício ocorre na Natureza na forma de dióxido de silício (sílica) e de silicatos, que representam 60 % da crusta terrestre......Quiaios


Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter