alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

31.10.12

 

A refundação já começou

De forma submarina
Algarve lança o caminho marítimo do turismo, afundando barcos no mar
Memórias do Porto já estão no fundo do mar, à espera do século XXII
Espero que se sigam os maus hábitos, o desleixo, a corrupção,
 e os pecados mortais
Que são sete,
Quando a terra não repete 
Que são mais.

Etiquetas:


 

Os processos


Estudo revela que Anacom favoreceu PT no processo da TDT


 A Anacom ... "passando a defender efusivamente interesses privados" no processo de implantação da Televisão Digital Terrestre. Esta é a principal conclusão da tese de doutoramento apresentada na Universidade do Minho.
"O processo foi feito de uma forma deliberada para não funcionar, de modo a favorecer as empresas de televisão por cabo", disse o investigador ao PÚBLICO. 
Na tese de doutoramento, o autor conclui que a campanha informativa sobre a TDT foi "insuficiente" e, em alguns casos, "enganosa".
"a Anacom parece ter-se esforçado para ocultar alguns dados...”
O PÚBLICO tentou obter esclarecimentos junto dos gabinetes do primeiro-ministro e do ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares, mas não obteve resposta.

* É pena que o Público não tenha tentado “obter esclarecimentos junto” do júri do doutoramento, tanto sobre “o processo de implantação da Televisão Digital Terrestre” como no processo de intenções publicado.

Etiquetas:


 

A queda

Taxa de desemprego baixa de 15,8% para 15,7%

Desemprego em Portugal cai pela primeira vez este ano

O número de desempregados recuou de 15,8% em Agosto para 15,7% em Setembro.

* Os dados do Eurostat não justificam os títulos:
2012Sep
15,7500
2012Aug
15,8100


* Talvez por se tratar do dia da poupança, o Económico sobrevalorizou a insignificante diferença.

Etiquetas:


 

Dia mundial da poupança


Craques do futebol apostam no imobiliário
* Quando deixam de se mexer mantêm o mesmo padrão de consumo. Não admira que engordem e empobreçam; é o que acontece aos tuga que lhes seguem o exemplo.

Etiquetas:


 

Dia Mundial da Poupança


Etiquetas:


 

Furacão


A nau de um d’elles tinha-se perdido
no mar indefinido.
O segundo pediu licença ao Rei
de, na fé e na lei
da descoberta ir em procura
do irmão no mar sem fim e a névoa escura.
Tempo foi. Nem primeiro nem segundo
volveu do fim profundo
do mar ignoto.

* Terá sido num outro furacão Sandy que se afundaram as naus dos Corte-Real na costa do Canadá, em 1500.

Etiquetas:


30.10.12

 

Gorduras do Estado imprevidente


Apesar de se saber há muito que iria ser desactivado, há mais de um ano que o edifício está abandonado e, pelo que se vê, a saque. 

A eficácia da segurança contratada é equivalente à da administração contratante.

Etiquetas:


 

O que está em causa


Desde há muito que os editoriais do Público são muito bem conseguidos; este destoa.
O Estado vai ser alvo de cortes, mas com a diferença de que não serão nas gorduras que não existem mas nas funções sociais relevantes que o país foi construindo lenta mas inexoravelmente desde os anos 60.
 O que está em causa ... é a desmontagem de um edifício para o qual contribuíram duas gerações de portugueses.
Será?
 1. as gorduras que não existem
* Não existem ineficiências no Estado? Pelo menos 25% de ineficiência e outro tanto de incúria.
2. o país foi construindo  ... contribuíram duas gerações de portugueses.
* As mesmas gerações que contribuíram não hesitaram em apropriar-se das funções sociais de que fruíram, empanturraram-se a crédito e deixando incomportáveis hábitos de consumo e dívidas por herança.
3. Inexoravelmente
 A que não se pode escapar. = INELUTÁVEL
*A Constituição também previa a irreversibilidade das nacionalizações.
4. desmontagem de um edifício
* Um edifício em ruínas, há que desmontá-lo antes que ruía e reconstruir com bases sólidas.

Etiquetas:


 

Basta?


Para pior bem basta assim. 
O melhor dos mundos possível (Pangloss)
Está tudo bem assim e não podia ser  de outra forma (Salazar)




Etiquetas:


 

Inimputabilidade nacional


O que está aqui em causa é uma infantilização da população, da qual o aumento do consumo de papa Nestum é um triste sintoma. 
Privados de qualquer controlo sobre as políticas draconianas de austeridade ditadas pelos membros não-eleitos da troika, os cidadãos de Portugal e da Grécia são tratados como crianças, incapazes de tomar decisões sobre o futuro dos seus países. 

2. O caso das irmãs Julieta, 83 anos, e Emí­lia, 86 foi resolvido com o rea­lojamento num lar. Acu­mulava critérios de risco: fome, doen­ça, cuidador negligente, casa degrada­da e pobreza.
A SCML encontrou-as num último andar, "um duplex imun­do, sem televisão ou telefone, janelas partidas, paredes pretas, pias entupi­das, um cheiro indescritível". A mais velha sofre de demência, a mais nova é quase cega. Não saíam de casa há anos nem conse­guiam aceder aos quartos, no piso supe­rior. Dormiam no sofá e "só comiam Nestum". 
No andar, uma porta fecha­da escondia mais um morador, o filho de Emília. Expresso 27-10-2012

*Isto já aconteceria muito antes de “os cidadãos de Portugal” estarem “Privados de qualquer controlo sobre as políticas... " e "capazes de tomar decisões sobre o futuro dos seus..."

Etiquetas:


26.10.12

 

brazões

Uma nau vicentina e um relógio de caminho de ferro em segundos andares de fachadas de azulejo; significado?
Santos-O-Velho
Lisboa

Etiquetas:


 

Prakistão

Uma Real República como paradigma

Sobrevivemos oito séculos sem Estado providência nem Estado ou Nação previdentes, sem elites sensatas nem democracia representativa.

Etiquetas:


 

Nação previdente, imortal


É a democracia compatível com o Estado providência? VPV

Seguramente que um Estado providência só é compatível com um Estado previdente; e, em democracia, um Estado previdente só é compatível com uma Nação previdente, o que pressupõe elites sensatas. 

Etiquetas:


25.10.12

 

Todos os santos ajudam

A escalar a rua

Santos-O-Velho
Lisboa

Etiquetas:


24.10.12

 

Arquitectura

Ou a janela era pesada ou a pedra mole
recortes
Aventais de janelas

Santos-O-Velho, Lisboa

Etiquetas:


 

Um "terrível precedente" judicial

Causa vs culpa.
O juiz condenou quatro cientistas, dois engenheiros e um ex-vice-director da protecção civil por homicídio involuntário no caso do sismo de Áquila, na região dos Abruzos. Os especialistas foram acusados de terem feito uma análise superficial do risco sísmico em Áquila. E ainda por terem dado falsas garantias à população depois de um técnico ter feito um prognóstico de que haveria um sismo médio. O prognóstico foi baseado num método artesanal que está longe de ser aprovado pelos sismólogos. 
* O técnico Vasco Moscoso de Aragão teria mandado evacuar Áquila e Abruzos. 
Esta sentença fará jurisprudência; foi por estas e por outras que os oráculos eram enigmáticos, que há menos obstetras nos USA e que se teme o futuro dos meteorologistas e dos economistas. 
     

Etiquetas: , , ,


 

Lastro do orçamento

http://naucatrinetashortfilm.blogspot.pt/

Nau catrineta (2012)

Passava mais de ano e meio,
que iam na volta do mar.
Já não tinham que comer,
já não tinham que manjar.

Deitaram sola de molho,
para o outro dia jantar.
Mas a sola era tão rija,
que a não puderam tragar.

Deitaram sortes à ventura,
qual se havia de matar.
Logo a sorte foi cair
nos degredados da vida.

Etiquetas:


 

Gaspar o fundo ao tacho

Com um salazar de plástico
Governo reduz subsídios de desemprego mais baixos
O Governo quer reduzir em 10% o valor mínimo do subsídio de desemprego .. e  cortar no rendimento social de inserção e no complemento solidário para idosos. 
Há um ano foram taxados os subsídios de refeição, agora propõe-se gaspar o fundo ao tacho.
Ao fundo.



Etiquetas:


23.10.12

 

Viagem de eléctrico

Carreira 25
Santos, Lisboa

Etiquetas:


 

Fisco confiscatório


"... o decisivo para o teste da constitucionalidade desse agravamento reside no que se tira e no que se deixa aos contribuintes, neste caso aos trabalhadores, pensionistas e pequenas empresas". Ou seja, que "não seja um imposto verdadeiramente confiscatório".
* Fisco confiscatório não será uma redundância?

Etiquetas:


 

Portugal dos Pequenitos


...Quando tanta coisa que parecia sagrada ou eterna se dispersa e dissolve no mar revolto que é o Portugal de hoje, faz bem atentar no valor de uma instituição que não atraiçoa o seu espírito nem se afasta da missão que lhe foi confiada.
.... é escusado perguntar, porque é o SNS dos pequenitos.

Etiquetas:


22.10.12

 

O povo que se lixe


Magistrados do Ministério Público admitem fazer greve 
até final de Novembro

Magestivadores, a mesma luta - um bloqueio continental (e tribunal); como sob Napoleão, o povo refém das guerras imperiais.




Etiquetas:


 

Voltar a viver “habitualmente” – desejo e pavor

Oh tempo volta p'ra trás
traz-me tudo o que eu perdi ...

Infelizmente, o objetivo do Governo é outro: regressar aos mercados para voltarmos à governação e ao modo de vida do antigamente, que, como se sa­be, dependiam dó crédito externo. 
Não aprenderam nada? 
Não, não aprenderam, e até apetece dizer que o Governo e as manifestações do "devol­vam-nos as vidas" são mais parecidos do que se julga. O Governo, de facto, quer devolver ao Estado e às pessoas a vida que tinham antes da crise. Quem luta por um modo de vida diferente, longe do veneno do crédito, é que está sozinho e sem governo. É por isso que votaria contra este Orçamento. Devi­damente sozinho.  H. Raposo Expresso 20-10-2012
 * O daltonismo social que impede ver o absurdo da sociedade de consumo, tida como padrão, e a consequente recusa de voltar a  "assumir a temperança e a sobriedade" (Guilherme d'Oliveira Martins) como se isso fosse uma regressão civilizacional não poupa responsáveis:   

Há crianças que vivem em situação de crise. Pas­sámos de uma geração em que se comiam as sobras para uma gera­ção em que sobra quase tudo. 
E agora estamos a voltar à geração em que se comem as sobras.
Manuel Coutinho. Linha SOS Criança (IAC). Expresso 20-10-2012


* Felizmente que os pediatras são mais compreensivos:

Etiquetas:


21.10.12

 

Quando o povo sai à rua

Tudo nesta crise podia ser resumida a uma palavra: confiança. Ela desapareceu do sistema financeiro e está a desaparecer do sistema político.

* Os ratos iludidos pela flauta, acordam sobressaltados à beira do abismo para onde se encaminharam encantados.
Mais que confiança, a palavra é frustração – financeira, política e de expectativas empoladas; mas não basta zurzir o flautista sem reconhecer o insensato devaneio dos ratos.

Mas, pelo que se anuncia, não parece que tal aconteça BREVEMENTE.

Etiquetas:


 

Em Angola, na guerra

Há 50 anos
POR IMPOSIÇÃO

Etiquetas:


 

Fantasmas do Terreiro do Paço

As colunas do cais



…mesmo espírito que pôs de pé o 
Acto Colonial. 
Salazar
Unidade indestrutível e eterna de Portugal
de aquém e de além mar.

Carmona


Etiquetas:


20.10.12

 

Ah, poder ser tu, sendo eu!


Não admira que a Alemanha tornasse a estabelecer a sua hegemonia (agora económica) sobre toda a "Europa". Os pequenos países podem protestar e fingir que resistem. Não lhes servirá de nada. A Europa que aí vem será a Europa que a Alemanha quiser, como quiser e quando quiser. 
As coisas são o que são.  VPV

* Enquanto ambicionarmos apenas parecer alemães.
Ah, poder ser tu sendo eu!
Manter a minha alegre inconsciência
sem a consciência disso!


Etiquetas:


 

Ambiente séptico


A melhor metáfora sobre o efeito do Orçamento deve-se a Bagão Félix: funciona como uma septicemia, infecta tudo. 
Bem-vinda seja a crise política. A "crise" às claras, é melhor do que a "crise" às escuras. A crise aberta é melhor do que a crise larvar. 

Etiquetas:


 

Fantasmas do Terreiro do Paço

O do marquês
(de João Abel Manta)

Etiquetas: ,


 

mosquitos

Gralha, o vírus da greve

Etiquetas:


19.10.12

 

Rorschach na Praça 2

"As Cores do Pensamento" 
imagens ampliadas do cérebro ... com claras semelhanças com pinturas e esculturas de artistas de renome.


 * O que se vê são as imagens que os observadores de si lá projectam... e imagens-quimera resultantes de cruzamentos acidentais.



Etiquetas:


 

Rorschach na Praça

"As Cores do Pensamento" 
Imagens ampliadas do cérebro ... com claras semelhanças com pinturas e esculturas de artistas de renome.
Quando alguém aponta a Lua, os tolos olham para o dedo.
Focagem



O que se vê são as imagens que os observadores acidentais de si projectam sem dar conta – formas, cores, perspectivas, preconceitos, medos, sonhos.



Etiquetas:


 

Mecenas falidos


Há uma certa sobranceria em Portugal quando se fala das artes mas, na verdade, são estas e os seus criadores que acabam por pagar para que outros brilhem, vivendo elas na mais absoluta precariedade.

* É o que acontece quando tantos artistas esperam viver na corte de fidalgos falidos.

Etiquetas:


 

De perder a cabeça

As nossas elites parecem estar a perder a cabeça e a compostura.
1. A muitos, nas nossas elites, lhes puxa o pé para a chinela, mal percebem que, desta vez, também lhes tocou uma parte séria dos cortes. Foi deprimente. Está a ser deprimente.
2. ... o aumento anunciado da carga fiscal será sempre mau para a economia...
3. ... como pagar em 2020 um SNS que custava 5,3 mil milhões de euros em 2000 e já saltara para 9,8 mil milhões em 2010? 

* 1. É da natureza da corte não admitir que os cortes a belisquem. Pelo menos até Mª Antonieta.
* 2. O aperto fiscal será mau para a Economia... mas é um estímulo irrecusável para a economia das famílias e das empresas; nem tanto para a do Estado.

 * 3. Será possível que o SNS custe 3 € diários a cada português quando o rendimento médio disponível por família era, em 2008, de 18500 euros anuais (50 € diários)?
Farinha Rodrigues. Desigualdade económica em Portugal  Fundação FMS.

O rendimento familiar de três semanas por ano, para o SNS?

Etiquetas:


18.10.12

 

Fantasmas do Terreiro do Paço


Incêndio da Câmara dos Lords e dos Comuns 

(Óleo de Tunner no Terreiro do Paço)

(Passos Coelho em Bucareste)


Etiquetas:


 

Fantasmas do Terreiro do Paço

O Mandarim

Quando desembarquei em Lisboa, no caes das Columnas, a sua figura bojuda enchia todo o arco da rua Augusta; o seu olho obliquo fixava-me”.
Eça, tomando o Andy (As cores do pensamento) pelo mandarim.

 

Etiquetas:


17.10.12

 

Ministérios lisencéfalos

"As Cores do Pensamento"


No Terreiro do Paço até ao fim do mês; há quem note que "estas imagens" das arcadas dos ministérios "encontram claras semelhanças" com as circunvoluções cerebrais. Haverá?



Etiquetas:


 

Desigualdade económica em Portugal 2


A Europa jaz

Fita, com olhar sphyngico e fatal,
O Occidente, futuro do passado.

O rosto com que fita é Portugal.

Etiquetas:


 

Desigualdade económica em Portugal.

Economia, equidade ... economia devia escrever-se com q (equonomia).
Portugal é um dos países mais desiguais da Europa. Mas também é verdade que a desigualdade familiar diminuiu no país, ainda que ligeiramente. Pelo menos até 2009. "O que contradiz de forma clara uma visão muitas vezes difundida", conclui Carlos Farinha Rodrigues num estudo que será apresentado no Conselho Económico e Social.


A explicação é esta: houve uma melhoria do rendimento das famílias mais pobres, não tanto porque estejam a ganhar melhor, mas essencialmente por causa dos apoios que recebem do Estado.





"Se olharmos para a desigualdade dos recursos das famílias, tivemos uma ligeira redução na desigualdade entre 1993 e 2009. Isto porque houve uma melhoria muito significativa dos rendimentos mais baixos graças às transferências sociais e, ainda que em menor grau, porque se adoptaram políticas que assentavam num crescimento do salário mínimo maior do que o crescimento do salário médio.

Quando vamos analisar o que acontece na desigualdade salarial, acontece o contrário. Ou seja, quem tem um crescimento superior à média são as pessoas com maiores salários, que vêem os seus salários crescer mais". "Portanto, se na desigualdade familiar de recursos a descida está associada ao mais pobres, na desigualdade salarial o aumento está associado aos mais ricos."
* A percentagem do aumento dos dois decis mais baixos foi muito superior (86%) à dos dois mais altos (29%); mas o aumento médio do “rendimento equivalente” dos dois decis mais altos foi superior ao rendimento total de qualquer dos dois mais baixos.
Dá-me o teu aumento que eu dou-te o meu rendimento”, dizia-se no PREC.

Etiquetas:


16.10.12

 

Sociobiologia atrevida

Vouga está contaminado com bactérias resistentes a antibióticos
... "essa resistência pode ser facilmente transmitida de bactéria para bactéria" ..  isto quer dizer que "essas bactérias podem passar essa capacidade a outras que não a tinham e que, até agora, apesar de serem patogénicas, podiam ser combatidas com antibióticos".

* Por via dos plasmídeos, os equivalente biológicos dos memes
Os media e a publicidade são o equivalente social das águas poluídas: “águas muito poluídas constituem um risco maior ... da... disseminação deste tipo” de comportamento de insensata indiferença ecológica que leva à eutrofização catastrófica.
O excesso de consumo e a consequente pecuária intensiva também.
Adenda: Enquanto os ambientes sépticos facilitam o contágio, os cépticos dificultam-no. O cepticismo é um salutar mecanismo de higiene mental; A Blasfémia é a melhor defesa contra o estado geral de bovinidade mas o cepticismo é quase tão bom.


Etiquetas:


 

Fantasmas do Terreiro do Paço

O grito refletido no vão da rua
As cores do pesadelo
OE2013
 Todos os objectivos - assentar o esforço no corte da despesa pública, conseguir a equidade dos esforços - ficaram muito aquém do prometido.
A receita pagará quase tudo e entre ela a maior parte (70%) assentará nos assalariados e pensionistas.
Grande parte da riqueza do país não pagará a crise que se viverá em 2013.
O Governo não cumpriu as suas promessas. Não encontrou despesa pública para cortar e manteve a desigualdade no esforço

Etiquetas:


15.10.12

 

Poder

Quando se telefona para o poder
* ... e o poder atende.

atender  (Priberam) 
1. Prestar atenção a.
2. Ter em consideração.
3. Cuidar de.
4. Deferir.

Etiquetas:


Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter