alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

27.11.09

 
Sociobiologia atrevida
A vírgula da lei

A maior parte das pessoas não tem consciência do que é de difícil, de complexo e de perigoso mudar que seja uma vírgula a uma lei. Jorge Figueiredo Dias

* A vírgula, o pequenito “sinal de pontuação que serve para separar certos membros de uma frase”, tão maltratado pela escrita, só aparentemente tem pouca importância.
Está para a compreensão da frase como o intrão está para o ADN; mal colocado perturba a leitura do código genético e condena o inocente a pena perpétua.

Para funcionar, o ADN necessita de proteínas e ARN (reguladores da transcrição – produção de ARN mensageiro (mRNA), com exões e intrões, que será processado no núcleo removendo os intrões e permitindo a exportação para o citoplasma da sequência de exões que será utilizada na tradução – síntese proteica). Um intrão mal colocado altera o processamento do ARN, origina um mRNA diferente e uma proteína anómala.(JM Saraiva)

Etiquetas:


 

Portugal abaixo da média em relação à educação



* Abaixo da média estão, por definição, metade dos ciclistas da corrida; a probabilidade de estar abaixo da média é igual à de estar acima.
O que importa é avaliar quão distante se está do valor médio e, sobretudo, conhecer a velocidade da evolução, divergente ou convergente.

Etiquetas:


 
Dubai assusta bolsas mundiais

A principal empresa estatal não poderá pagar dívidas de vários milhares de milhões de euros de um dos projectos imobiliários mais extravagantes do mundo, a Palm Jumeirah, uma ilha artificial em forma da palmeira assente em bolhas de areia especulativa.

*Demasiada areia para a bolsa do emir.

Etiquetas:


26.11.09

 
O contágio da SIDA estatizado

Portugal é o país da Europa ocidental com mais novos casos de infecção pelo VIH. Margarida Martins acusa Estado de falhar na prevenção.
Na América do Norte e na Europa central e ocidental o maior risco de contágio verifica-se entre homossexuais, utilizadores de drogas injectáveis e imigrantes. É o caso dos Estados Unidos e de Portugal.

* Margarida Martins acusa Estado de falhar na prevenção do contágio “entre homossexuais, utilizadores de drogas injectáveis e imigrantes”.

Etiquetas:


 
Vacina contra a gripe A nas grávidas

Postal eliminado pelo autor.

Etiquetas:


25.11.09

 
Processos legítimos

As análises estão para o diagnóstico médico como as escutas para o processo judicial:
"As escutas não podem ser usadas para procurar indícios (antes inexistentes) da prática de crimes, mas para confirmar e contribuir para provar indícios criminais já existentes.
Por isso não podem escutas iniciar inquéritos, mas apenas inserirem-se em inquéritos já existentes.
As escutas são apenas determinadas se forem "indispensáveis" para a descoberta da verdade e se sem elas a prova fosse "impossível ou muito difícil de obter".
É claro que é mais prático e mais fácil para a investigação criminal lançar redes ao mar (leia-se escutas), apanhar todo o peixe possível, levar o maior ou melhor para grelhar, o mais pequeno para caldeiradas e o minúsculo para rissóis.
Mas isso abre o caminho à facilidade e ao abuso de escutas telefónicas, com o objectivo de posteriormente ver o que a escuta dá e que nada tem a ver com o que a fundamentou
. José Miguel Júdice. Expresso, 20.11.2009

* Exactamente os mesmos princípios que deveriam reger o pedido de “análises” (exames complementares de diagnóstico) em Medicina.
Se se pedirem “análises” sem critério e sem forte probabilidade clínica, arriscamo-nos a
a) não poder confirmar a hipótese diagnóstica porque, na verdade, não havia hipótese plausível mas algumas suspeitas mal fundamentadas, isto é, impressões, “achas” ...
b) vir à rede algo inesperado – uma enguia amarela que não tem nada a ver com esta história mas nos pode fazer perder o fio à meada.
Com tantas redes na mão, somos tentados a lançá-las não onde seria provável ter sucesso mas ao acaso, ou, pior ainda, onde for mais fácil.

«A intercepção e a gravação de conversações ou comunicações telefónicas só podem ser autorizadas durante o inquérito se houver razões para crer que a diligência é indispensável para a descoberta da verdade ou que a prova seria, de outra forma, impossível ou muito difícil de obter, por despacho fundamentado do juiz de instrução e mediante requerimento do Ministério Público.”
* Em certos casos, o pedido de exames deveria ter o beneplácito de outro médico de um grau elevado da carreira.

Etiquetas:


 
Lapsus e.linguae
Extimado cliente,

Conforme foi exclarecido no contracto, segue em anexo o comprovativo do montante depositado em sua conta a ordem. Pedimos que os os dados e os montantes sejam confirmados através do comprovativo anexado, para que em caso de divergência, o problema seja corrigido.
Atenciosamente,

Nuno Almeida Leitão. financeiro074@ave.pt
Gestor Financeiro.

Comprovante-6533478 (327 kb)

*Extimado cliente é o que já não é; exclarecido é o que não foi.

Etiquetas:


 
O impulso do lacrau

A questão é saber que política externa ambiciona para a Europa. Fazer dela pouco mais do que uma Grande Suíça, democrática, estável, economicamente sólida, enquanto espera que o mundo não se torne demasiado agitado para pôr em causa a sua tranquilidade e os seus negócios? Teresa de Sousa

Etiquetas:


 

Processos a secar
Arguidos na corda
Vítimas a pingar
Justiça a corar

Etiquetas:


24.11.09

 
Perfis etários

Avaliaram 1164 utentes de Centros de Saúde de todo o país; quase todos (81,5%) tinham um perímetro abdominal acima do recomendável”.
Quase todos (90,5%) dos portugueses dos 65 aos 74 anos têm um
perímetro abdominal excessivo.
* Portugueses estão velhos, barrigudos e sem netos; alguma relação há de haver.

Etiquetas:


 
JUSTIÇA NO FIO DA NAVALHA
Prós & Contras

Quando dois catedráticos da mesma Universidade têm leituras contrárias das leis (tal como dois outros lentes de outra Universidade e dois dos mais altos hierarcas da magistratura) percebi melhor a razão de ser do segredo de justiça. As mesmas razões que levaram a Igreja católica a privilegiar a exegese da Bíblia pela Cúria romana para evitar o risco de interpretações literais e a decretar a infalibilidade papal.

Etiquetas:


23.11.09

 
Outeiro da Saúde
Setúbal

Dos Ares, Águas e Lugares. Hipócrates (460–377 a.C.) em vez de atribuir uma origem divina às doenças, discute as suas causas ambientais. Sugere que deve ter-se em conta o clima, a água ou a situação de um lugar para avaliar a saúde de seus habitantes.

Etiquetas:


 
TUGA
... neste país do faz de conta com vícios de rico e bolsos rotos...
Rui Moreira

Etiquetas:


 
Fuga precipitada

Associação Sindical dos Inspectores da PJ diz que é precipitado falar em violação do segredo de justiça.

Etiquetas:


 
A origem das espécies

A 24 de Novembro de 1859 foi publicado um dos livros mais influentes da história da ciência: A Origem das Espécies, de Charles Darwin. Para falar da sua importância e impacto na actualidade, reunimos para uma conversa um filósofo, uma historiadora da ciência, um editor, um antropólogo e dois biólogos, moderada por uma jornalista de televisão.
24 de Novembro 15h00Mesa-Redonda Entrada livre

Museu da Ciência (Laboratório Chímico)

Etiquetas:


21.11.09

 
O prédio nacional

- A vizinha do andar de cima não tem cuidado nenhum.


(Imagem clonada d' -
A palavra civismo - de Inês Pedrosa da Única)

Etiquetas:


 
respigo

"Nem só de razão vive o Homem"
... os desejos do Homem não têm limites: "Podem crescer incessantemente, numa espiral sem fim de avidez." Mas, uma vez que o nosso planeta é limitado, somos forçados a limitar os nossos desejos. Ora, sem uma consciência dos limites, que "só pode provir da história e da religião", toda a tentativa de limitá-los "terminará numa terrível frustração e agressividade". Kolakowski por Anselmo Borges
* Para reflectir quando se analisa a economia, consumo, o SNS.

Etiquetas:


 
Notícias

Sem se perguntar sequer em que é que a sua "revelação" contribui para a informação dos cidadãos e para o reforço da democracia. J.-M. Nobre-Correia

Etiquetas:


 
Media vazios

Metade das 110 mil vacinas está por usar.
Até ontem tinham sido vacinados 50 mil.

Etiquetas:


20.11.09

 

Etiquetas:


 
respigo
O relatório da OCDE

Educação - A OCDE aconselha manutenção da reforma em curso.
* Afinal, se o "relatório" não era "da OCDE" foi adoptado por ela.

Economia - As projecções, dizem que Portugal será o segundo país da OCDE com menor crescimento entre 2011 e 2017 (1.4%). Apenas o Japão está atrás (1.2%).

* Crescimento português melhor que o do Japão.

Etiquetas:


 
Xiva, orago da apoptose

A morte celular programada (apoptose) é um importante processo indispensável no desenvolvimento, que explica a separação dos dedos, por exemplo. Sem este processo os dedos não se separariam – a anomalia é conhecida por sindactilia. Dev Biol 2009;335:396

* Xiva é uma das forças mitológicas do Génesis hindu. É uma das figuras da sua trindade primordial (Trimurti), o seu elemento destruidor (ou transformador) enquanto Brama é o criador e Vixnu o conservador.

Etiquetas:


19.11.09

 
A sombra da iluminação pública
Setúbal

Etiquetas:


 
Lavar as mãos
Dez em cada cem doentes contraem infecções nos hospitais portugueses
.
Só metade (47.7%) dos profissionais de saúde terão aderido à campanha de higienização das mãos em curso, valor semelhante à média de outros países. Esta taxa de adesão à campanha não significa que os profissionais não lavam as mãos, mas sim que não seguem as regras definidas.

*A campanha de “higienização” das mãos em curso é orientada por um cartaz que aconselha a lavar as mãos “quando estiverem visivelmente sujas”; “noutras situações use solução antisséptica de base alcoólica” – dever ser isto a tal “higienização”.
O cartaz recorda que uma “lavagem correcta das mãos deve durar mais de 20 segundos” mas as legendas dos 12 (doze) quadrinhos das instruções demoram 65 segundos a ler e três minutos a interpretar.
Não admira que metade desista da lavagem das mãos e prefira a solução alcoólica, muito mais simples e agradável.

Etiquetas:


 
A filiação é inevitável?

De facto, de entre as relações que o casamento cria, a filiação é inevitável.
Isilda Pegado. Jurista e mandatária da Plataforma Cidadania e Casamento

Etiquetas:


18.11.09

 
O sistema financêntrico

Para contestar o sub-financiamento da Universidade, as academias utilizaram raciocínios financeirizados – não há outro processo de melhorar a qualidade que não passe por mais dinheiro - e do Estado.

Com uma economia financeirizada e em plena sociedade de mercado, o bazar também conseguiu converter os jovens universitários à sua teologia e à liturgia da verba.
Quando o Estado não dá o que consideram seu direito, as futuras elites do país ou reclamam mais verbas ou pedem esmola. Aceitam-se como planetas girando à roda do Orçamento do Estado donde esperam lhes venha a luz e o calor.


Uma alternativa - melhorar a eficiência


Etiquetas:


 
VinGança Moura

Mas é muitíssimo bem feito.
Elegeram essa gente?
Pois têm o que merecem…
Assoem-se lá a esse guardanapo.
Besuntem-se com o resultado.
Amanhã ainda vai ser pior...
VGM

Etiquetas:


 
Confissão

Magnanti diz que resolveu desvelar-se agora em público para "tirar um peso dos seus ombros”.

*À semelhança da confissão católica esta também é mediada; os confessores são jornalistas que agem em nome da laicíssima trindade – deus-audiência, os media, seu clero e o espírito-lucro

Etiquetas:


17.11.09

 
Inversões opacas

Os grandes executivos e administradores de empresas deliberadamente conduzidas à falência....
Crime contra a humanidade é também o que os poderes financeiros e económicos, com a cumplicidade efectiva ou tácita dos governos, friamente perpetraram contra milhões de pessoas em todo o mundo...
..os banqueiros, os políticos de máximo nível mundial, os directores das grandes multinacionais, os especuladores, com a cumplicidade dos meios de comunicação social, que, com a soberba de quem se considera possuidor da última sabedoria, nos mandavam calar quando, nos últimos 30 anos, timidamente protestávamos, dizendo(-nos) que não sabíamos nada,
Eles não sabem tudo. Equivocaram-se. Enganaram-nos.


*Enganaram-nos? Como, se “nos últimos 30 anos timidamente protestávamos”, prevendo a catástrofe?
Equivocaram-se? Como, se tudo terá sido “deliberadamente conduzido”, “friamente perpetrado”, tendo conseguido os objectivos definidos: “milhões de pessoas em todo o mundo ameaçadas de perder o que lhes resta, a sua casa e as suas poupanças, depois de terem perdido a única e tantas vezes escassa fonte de rendimento, quer dizer, o seu trabalho”?
Parece-me ver aqui mais uma teleológica inversão opaca que um investimento transparente na lógica.
Nada pior para uma boa causa que um mau argumento
.

Etiquetas:


16.11.09

 
Túnel do Marão suspenso por providência cautelar

*Justiça com resultado excepcional: o único túnel suspenso do mundo
Túnel, s. m. : Passagem abobadada por baixo de monte, rio, canal ou mar.

Etiquetas:


 
respigo

Polícias a precisar de apoio psicológico
Agentes da Polícia Municipal de Coimbra em conflito com o comandante da instituição. «Não há condições para trabalhar porque não há confiança das chefias». «As pessoas andam psicologicamente cansadas, a precisar de apoio psicológico devido à coacção, à pressão e ao assédio moral» por parte do comandante. Dos 45, 43 entregaram uma queixa no Ministério Público denunciando o clima que perseguição.

* Agentes da ordem que se dizem perseguidos, coagidos, sob assédio moral e a precisar de apoio psicológico. Que confiança merece /inspira uma polícia destas?

Etiquetas:


 
Economia moderna do aborto

Em comparação com igual período de 2008, houve um aumento de 5,5% de abortos nos hospitais portugueses; na Clínica dos Arcos o aumento foi de 19%.
A maior parte dos abortos foram feitos em Lisboa, a "trabalhadoras não diferenciadas, desempregadas e estudantes", habitando periferias urbanas.

A grande maioria (70%) foi realizada nos hospitais públicos com recurso a medicamentos. Trinta por cento das interrupções foram realizadas em estabelecimentos privados por meios cirúrgicos e com anestesia geral.

* Foi esta estratificação das respostas em "saúde" que Daniel Serrão classificou como «laminadas», embora a laminária já se não use para este fim.

Etiquetas:


 
Regras elementares

Não se pode querer uma economia moderna quando 243 mil famílias vivem fora das suas regras elementares. Editorial, Público. 16.11.2009
Há 243 mil famílias (6,3%) em Portugal que não têm nenhuma conta bancária. De acordo com o INE, 71% destas famílias afirmaram que não tinham contas bancárias por não precisarem, preferindo fazer as suas transacções em dinheiro.

* Ter uma conta no Banco é mais um desígnio da Banca do que regra elementar de uma economia moderna. Se o Público se alarma por 6.3% das famílias portuguesas viverem fora das regras elementares de uma economia moderna, surpreende-me que não se interrogue sobre qual a regra elementar quebrada quando, no 50º aniversário da pílula,
1/6 das gestações em Portugal foram intencionalmente abortados por vontade da grávida, a grande maioria adultas com 20 a 30 anos.
.
PS: elementar. adj. 2 gén.
Rudimentar, simples. ou Essencial, fundamental?

Etiquetas:


15.11.09

 
respigo
Os muros
Mas a realidade não alimenta as ilusões de líricos, as exactas ilusões que, afinal, levantaram o muro de Berlim. A ausência de ilusões levantou os muros restantes. Alberto Gonçalves.

Etiquetas:


 
Biópsias extemporâneas

Em 1995, esperava que o ministro da Saúde do novo governo socialista não hesitasse em apoiar o SNS de acordo com o seu programa eleitoral; para minha surpresa, foi nomeada uma Comissão para ....
A Comissãio era presidida pelo Prof. Daniel Serrão - uma biópsia quando eu esperava uma terapêutica por julgar que o diagnóstico estava feito. Catorze anos depois, nova biópsia.
De biópsia em biópsia até só restar a carcassa.

Etiquetas:


 
DEBATE EM COIMBRA
Congresso Nacional dos Médicos Católicos Portugueses
Médicos com "prognóstico reservado"
para actual SNS.

Daniel Serrão diz que «o SNS é uma ilusão». “Todas as conquistas de Abril foram-se perdendo em Portugal.” «Um SNS orgulhosamente só nunca resolverá os problemas da Saúde que existem no país».

* O diagnóstico foi feito por um jubilado Professor de Anatomia Patológica de grande prestígio. Os patologistas são capazes de fazer um diagnóstico com base em material de pequenísimas amostras; nisso são peritos. Acontece que para tal dependem das informações e das amostras que outros escolheram.*
Mas se são experientes no diagnóstico, não têm nenhuma experiência na terapêutica nem no prognóstico.
* Só em caso de morte, nas autópsias, o patologista é senhor da situação.

Etiquetas:


14.11.09

 
Deana Barroqueiro. O Espião de D. João IINa Demanda dos Segredos do Oriente e do Misterioso Reino do Preste João. Ésquilo Editora.

As aventuras de Pêro da Covilhã como “Indiana Jones em demanda do Preste João” e Deanna Barroqueiro como Steven Spielberg; só que estas aventuras aconteceram.

"Anseia ver de novo Ormuz, a Pedra do Anel, também chamada Pousada da Segurança, por nenhuma injustiça ser ali permitida contra quem quer que seja, de qualquer raça, nação ou religião, como uma espécie de feira mundial para os tratos dos mercadores dos sete climas, onde el-Rei de Portugal almejava estabelecer a sua feitoria.

No mais íntimo do seu ser, aninha-se uma dúvida que, como uma cobra venenosa, lança a sua peçonha sobre a euforia e o orgulho dos grandes feitos e se tudo isso, afinal, não valesse a pena? Se, tal como dizia o poeta persa, fosse
O imenso mundo:
um grão de areia perdido no espaço.
Toda a ciência dos homens: palavras.
Os povos, os animais e as flores dos sete climas: sombras.

O resultado de tua meditação: nada.

- lnch' Allah! Seja o que Deus quiser! - murmura o escudeiro, em arábico e português, vendo o porto de Adem perder-se na distância."

Etiquetas:


13.11.09

 
Casamente
uma fórmula para legalizar as uniões de facto homossexuais.

Casamente será um advérbio de modo/a.
Um advérbio (latim adverbium, -ii) é uma “palavra invariável em género e número que modifica verbos, adjectivos! e orações ou frases.”

Etiquetas:


 

Portugal é o terceiro país europeu que mais cresce
.
Queda de 2,4 em relação a 2008
.
.
.
.
Meio cheio e meio vazio: meio cheio para uns, meio vazio para outros.

Etiquetas:


 
Oferta e procura
Faltam polícias para fazer segurança junto a discotecas

* Mais polícias ou menos discotecas?

Etiquetas:


12.11.09

 
Respigo exemplar

Não alimento cientistas sociais à bandeirada.
Ferreira Fernandes

Etiquetas:


 
Os comunicadores na área da saúde ...

... têm a tendência de culpar os doentes e os hábitos dos doentes pelas doenças crónicas. Mas a diabetes está, essencialmente, ligada a infecções virais assintomáticas, crónicas e progressivas.
A dita obesidade pode ser falsa obesidade e sim, inflamação crónica e inchaço do pâncreas, e também do fígado. Francisco Tavares, Almada. 10.11.2009 12:14

* O peso normal do pâncreas varia entre 60 e 120g.

 
Sociobiologia atrevida

Nova pobreza é diabetes social
1. Gordos e diabéticos
O estudo avaliou 1164 utentes de Centros de Saúde de todo o país; 75% apresentava excesso de peso ou obesidade, 81,5% um perímetro abdominal excessivo.
Mais de um terço (38%) “têm ou apresentam elevado risco de sofrer diabetes no futuro

2. Novos pobres
É um novo drama, o dos novos pobres. O seu pesadelo: o endividamento, a vida arruinada.
Apesar de a maioria auferir de um salário ao fim do mês, o dinheiro desaparece em pagamentos de dívidas de crédito e com as penhoras a que são sujeitos. No silêncio, fazem uma ginástica difícil com os números, para conseguir manter a sua subsistência básica: casa e comida. “Começámos com um crédito, um terceiro, um quarto. No meio havia uns para pagar os outros. Chegámos a ter 12 créditos.”

* A insulina é o dinheiro que usamos para adquirir o que faz falta. O consumo excessivo leva a endividamento; primeiro remissível, depois não.
Tal como a nova pobreza, a diabetes atinge mais os que nasceram magros e engordaram depressa. (
Programação fetal de Baker)

Etiquetas:


11.11.09

 
GripA
Não admira a relutãncia de tantos em se vacinar

 
Título: 70% dos testes à gripe A na rede pública são negativos
Notícia: Cerca de 32% das análises laboratoriais por suspeitas de Gripe A, deram resultado positivo.

* Não se preocuparam em saber se este valor (uma média de valores) seria bom, mau ou aceitável nas condições concretas em que cada um foi colhido. Preferiram escolher para título o que lhe pareceu mais alarmante
.

Etiquetas:


10.11.09

 
Hospitéis à beira-mar
Hospitais Privados de Portugal lançam pacotes de férias com cirurgias no Algarve

* Para melhorar a posição de Portugal na escala do "Health Consumer Powerhouse", a organização sueca ... cujo ... objectivo é "tentar medir e avaliar o desempenho dos sistemas de saúde do ponto de vista do consumidor".
Todos os tipos de quartos - vista mar ou vista serra - estão virados para o Mercado.

Etiquetas:


 
O recurso do juiz de Fajão

Julgo que bem julgo,
posto que bem mal julgado está!
Vi que não vi, morra que não morra!
dêem o nó na corda que não corra.
E, lida a sentença, aconselhou o réu a recorrer para a Relação.


O Supremo Tribunal de Justiça, presidido por Noronha do Nascimento, decretou a nulidade da certidão envolvendo escutas telefónicas em que aparece José Sócrates pelo facto de as escutas envolvendo o primeiro-ministro terem de ser previamente validadas por um tribunal superior.

Perguntaram-lhe então o que queria dizer a sentença, e ele explicou:
"Julgo que bem julgo," porque julguei conforme a prova testemunhal.

"Posto que bem mal julgado está", porque eu vi que o réu está inocente.
"Vi, que não vi", porque vi quem matou mas não posso ser Juiz e testemunha.
"Morra que não morra, dêem o nó na corda que não corra", porque ele não deve morrer visto que está inocente.

Etiquetas:


 
O poder de face oculta

Parece mesmo que existem ao mesmo tempo dois governos. Um público, que aparece à vista de todos no Parlamento ou na televisão, a discutir com a oposição ou a anunciar medidas. Outro oculto, que longe dos olhares públicos intervém no mundo dos negócios, capta financiamentos, influencia decisões empresariais.
... a promiscuidade entre o universo da política e o universo dos negócios ... permitem questionar se o Governo público não é mais do que uma camuflagem por detrás da qual se tomam as decisões que contam.
Miguel Gaspar

Etiquetas:


9.11.09

 
O actual muro de Berlim

Etiquetas:


 
respigo
Iliteracia, ilógica, incompreensível

O País depara-se neste momento com "cerca de 3500 enfermeiros desempregados”.
Um dado importante que mostra as dificuldades de
empregabilidade neste sector. A estes números, juntam-se os cerca de sete mil profissionais que lidam com contratos precários.
* O País (com letra maiúscula) depara-se com ...
Empregabilidade em vez de emprego
Profissionais lidam com contratos


A
situação não surpreende, num país "onde não há o número de profissionais suficiente, sobretudo nos cuidados primários.
* Não havendo “número de profissionais suficiente” não surpreende haver 3500 desempregados?

O Ministério da Saúde assumiu que este era um grande problema. Em 2008, de acordo com o alto-comissariado da Saúde, tínhamos 53 157 enfermeiros a exercer, o que significa que atingimos a meta de 2010.
*Se em 2008 já se atingiu a meta de 2010, porque será que o Ministério da Saúde terá assumido (sic) que este era um grande problema?

Etiquetas:


 
Tara criativa

Camiões com sucata só assentavam três rodas nas balanças ...
Areia por baixo da carga de travessas do caminho-de-ferro para reciclagem, fazendo assim aumentar o peso e a factura pelo serviço de transporte.

Etiquetas:


 
Ostalgia Nossa

Etiquetas:


 
Respigo
Muro/20 anos:
Unificação dos dois lados não está terminada

"Diferenças estruturais" continuam a existir, citando o facto de a taxa de desemprego nas regiões da antiga RDA ser duas vezes superior à registada na parte ocidental do país. "Temos que atacar [estes problemas] se queremos obter níveis de vida iguais". O PIB da RDA é actualmente equivalente a 70% do da Alemanha Ocidental; era de 30% em 1991, dois anos após o derrube do Muro.

Lembra-se de ver cartazes com slogans sobre o socialismo, escadas rolantes partidas, coca-cola do Leste, "que sabia a remédio". E mais tarde, passara algumas vezes, de metro, pela parte oriental: "O comboio entrava devagar nas estações fantasma. Uma vez vi um polícia do povo [de Leste] com uma Kalashnikov a ver se havia alguém a tentar agarrar-se à carruagem" para fugir para o lado ocidental.
E, no dia seguinte, lá estava ela com a irmã Irene, dez anos mais nova, a descobrir o KaDeWe, "catedral do consumo" na RFA onde muitos, na RDA, sonhavam entrar.
"Fomos às lojas, mas nem pensávamos gastar, aquilo era um tesouro. Fomos ver as coisas. Tudo tão diferente. O pão de repente muito caro e as roupas muito baratas." Ficou "muito irritada", diz, "porque era muito confuso".

Ainda é, para muita gente: desemprego para quem nem sabia o que isso era, pagar água, luz, saúde. O fim de uma certa segurança, de um casulo. Linde abana a cabeça. "Não conheço estatísticas, mas acho que não há muita gente a querer tudo de volta, da forma como era. Só querem as coisas boas." Florian sorri. "Sim, às vezes parece que a Alemanha de Leste era um pequeno país amoroso. "Havia um bom sistema escolar, toda a gente tinha emprego, as pessoas não tinham medo do futuro... Há pessoas mais velhas que acham que antes era melhor. Mas nós preferimos viver neste sistema: podemos viajar, comprar o que quisermos.
Mas a Linde foi ver o dossier da mãe, que era tradutora, na Stasi [a polícia política] e uma vizinha tinha 'informado' sobre ela. Não disse nada de mal, mas essa ideia de ser vigiado pelos vizinhos... E pelos amigos: há pessoas que leram coisas nos ficheiros que só amigos muito próximos poderiam ter dito.
"... a RDA era um Estado de não-direito, sem qualquer base legal, sem liberdade de opinião, sem eleições livres". No entanto, se era uma ditadura do proletariado, "não era tudo preto ou branco", concluiu Merkel. "Eu era feliz, e não quero esquecer esses 35 anos de vida".


Do processo de reunificação, critica "a política que foi acabar tudo o que era de Leste": "Havia também coisas boas, por exemplo era muito mais fácil às mulheres terem bebés porque todos podiam ter os seus filhos nos infantários".
Matthias Fischer, 18 anos, começa por dizer que gosta de viver aqui. "Quer dizer... mais ou menos, nem tudo é negativo", explica. "Mas não há futuro, não há trabalho", contrapõe. "Por isso penso ir embora." Para onde? "Oeste." Onde no Oeste? "Não faço ideia." Fazer o quê? "Não faço ideia."
* Algo lembra Portugal.

Etiquetas:


8.11.09

 
Os novos africanistas

Os netos do MPLA fazem a suas lutas de libertação em joguinhos de Monopólio; tentam superar o trauma vindo à metrópole abastecer-se para ostentar a riqueza do subsolo e do povo angolanos. Imitam a conduta exibicionista do africanista em licença graciosa; mas numa potência giga.
Um terço dos clientes das lojas de marca de Lisboa vem dessa ínfima minoria de angolanos emergentes bem colocados; os restantes são alguns portugueses, também uma minoria empolada de recém enriquecidos com as derrapagens das auto-estradas, dos concursos avisados, dos negócios escuros, dos subornos da sucata ou de tráfico de influências, dos PIN protegidos, dos lucros dos terminais de contentores, dos bancos ou das Corticeiras da maior fortuna nacional, à custa de 200 desempregados, a pretexto da crise. (Expresso deste sábado).
Para esses nunca há crise.

Etiquetas:


 
O preconceito contra os imigrantes ainda é lei entre os portugueses

1. Jornalismo adversativo
Portugal foi considerado pela ONU o melhor entre 42 países quanto à integração de imigrantes. Mas um estudo da Universidade Católica mostra que os preconceitos não desapareceram.
* Mas ... os jornalistas portugueses não são capazes de dar uma boa notícia sem pedir desculpa. Os “investigadores” ajudam.


2. Os preconceitos não desapareceram da investigação
A investigadora fala de "atitudes contraditórias". A percentagem de portugueses que considera os imigrantes "fundamentais para a vida económica do país" ultrapassou a daqueles que consideram o contrário; o mesmo se passou no que respeita aos que reconhecem que os imigrantes não recebem mais do Estado do que aquilo que dão.
Mas, em simultâneo, mais de metade dos portugueses mostrou-se seguro de que o número de imigrantes deve diminuir. Só 6% defendeu o contrário. Estes valores mostram que existe, de facto, uma "resistência à imigração".

Nos últimos dois anos, quase triplicaram os pedidos de ajuda de imigrantes que pretendem regressar ao país de origem. A maioria dos pedidos surge de cidadãos brasileiros, que estão desempregados em Portugal.

Estes imigrantes que desejam regressar também terão uma "resistência à imigração" (o preconceito) ou apenas não encontram trabalho, pelo que concordam com “mais de metade dos portugueses que acham que (nestas circunstâncias) o número de imigrantes deve diminuir”?

Etiquetas:


 
Nunca se viu nada assim

"Esta década", disse, "é uma década sem garra, sem ideias, sem verdade, sem força, sem lucidez, sem substância... (É) uma década de incapacidade na visão estratégica e de fantasia na leitura da realidade económico-financeira... (É uma década de um) permanente esforço exibicionista sem conteúdo e uma expressão sem nobreza... Nunca vi nada assim." Ernâni Lopes acolitado por VPV.
.
..* “Eppur si muove!”







Em cinco anos, a mortalidade juvenil diminuiu 30%. (Expresso 1-11-2009) e a infantil e perinatal, apesar de serem das melhores do mundo, continuam a melhorar. A OMS também nunca viu nada assim . The World Health Report 2008.
Yess we can.

Etiquetas:


6.11.09

 
Madrugada de Tróia

Etiquetas:


 
Adopção por casais homossexuais

a) Ora o bem das crianças ... é o único critério relevante: a criança não pode ser instrumentalizada ou reduzida a objecto que se reivindica. Esse bem exige que entre adoptantes e adoptado se estabeleçam laços o mais possível próximos dos que são próprios da filiação natural. Todo o regime jurídico da adopção reflecte este princípio.
Não há ainda evidência empírica suficiente ou conclusiva sobre as repercussões emotivas, psicológicas e vitais nas crianças educadas no seio de "casais" homossexuais. Mas as crianças não podem ser tratadas como cobaias em experiências radicais. E parece sensato e razoável temer o pior. Não é só a ausência de referente materno ou paterno: é a inevitável confusão entre ambos (dois "pais", duas "mães"...), com efeitos perturbadores da própria identidade originária e sexual.
b) Porque essa facção do PS, como o BE ou PC, considera ser crucial abolir a família e o casamento. Isso está no seu DNA e nas suas mais remotas "escrituras". Eles querem mesmo construir um "mundo novo", povoado de "indivíduos novos", não necessariamente humanos.
Pedro Rosa Ferro

* a) O problema é que a alternativa é o asilo, muitas vezes infinito; e aqui há “evidência empírica suficiente ou conclusiva sobre as repercussões emotivas, psicológicas e vitais nas crianças “educadas” neste meio.
b) A eterna pecha do processo de intenção: o que eles querem mesmo é ... . Não se dá aos criticados o benefício da dúvida: a intenção poderá ser boa mas os resultados seriam catastróficos... Não, se os resultados são maus é porque as intenções também o são – rejeite-se a proposta e castigue-se o maldoso proponente

Etiquetas:


 
Tribunais, Prisões e Hospitais

Corrida a mestrados e doutoramentos” dos juízes afecta funcionamento dos tribunais

*Foram corridas destas que levaram a minimizar o valor destes títulos nas antigas provas da carreira hospitalar; havia que fizesse muitos trabalhos mas muito pouco trabalho.
Todo-o-Mundo quer um título de Mestre, Prof ou Doutor e Ninguém o de artífice. Os mestres são raros.

Etiquetas:


 
Uma Tese dos diabos

Em dez meses, suicidaram-se no Estabelecimento Prisional de Custóias, sete presos, tantos quantos os que, em todo o ano passado, se mataram nas 50 cadeias do país. Esta onda de mortes, todas por enforcamento, está directamente relacionada com a droga.
A prática de crimes (como a venda de droga, extorsões, furtos e chantagens) entre a população prisional é do conhecimento das autoridades.
Um dos factores que Nuno Moreira aponta como preponderante para a elevada taxa de suicídios nas cadeias é a inexistência de um protocolo preventivo. Nuno Moreira é psicólogo e guarda prisional que se prepara para defender, na Universidade do Minho, uma tese sobre o suicídio nas cadeias.
...é fundamental que
se criem regras como o treino do staff das prisões (desde guardas a médicos, assistentes sociais e demais pessoal),
se elaborem fichas de avaliação quando da entrada dos presos nas cadeias,
aumentem os canais de comunicação dentro do sistema prisional,
se revejam as condições de alojamento,
melhorem os níveis de supervisão,
a intervenção junto da população reclusa seja mais efectiva,
se proceda com regularidade à notificação dos problemas detectados e
se proceda a um acompanhamento efectivo das situações detectadas.
existam celas especialmente concebidas para evitar a automutilação dos reclusos. São espaços que possuem chão e paredes almofadados e de formato circular, de modo a eliminar as arestas que possam vir a servir para provocar ferimentos.
As celas não possuirão zonas que permitam a suspensão dos suicidas, tal como o acesso às grades das janelas, mas há casos em que os reclusos conseguem enforcar-se em mesas ou até debaixo das camas.
Em alguns países já há cadeias onde os lençóis dos presos são de papel, para evitar enforcamentos. Em Portugal, esta medida ainda não está a ser aplicada ..

* Prevenção secundária: manter o negócio da droga nas prisões e impedir que os drogados se suicidem é a Tese de um guarda psicólogo.
Um modelo da tortura infernal, insuportável e eterno; esta Tese seria aprovada com louvor por um júri de traficantes presidido por pSatanaz.

Etiquetas:


5.11.09

 

Aurora de Tróia

Etiquetas:


 
Reserva mental

PS impõe disciplina de voto no casamento homossexual.

* Sócrates mostrou-se “disponível para dialogar sem “reserva mental” e “preconceitos” com os partidos da oposição mas impõe disciplina de voto aos deputados do seu partido numa questão de consciência; aos que discordam ou hesitam, espera que votem sob reserva mental.

Etiquetas:


 
Maioria do jornalismo sem significado estatístico

A maioria (51%) das pessoas que ligam para a Linha Saúde 24 são mulheres.
A
maioria dos novos casos diagnosticados não apresentou gravidade clínica.

*O jornalista não hesitou em atribuir significado (maioria) a 51% mas não cuidou de procurar valores quando seria imperioso fazê-lo; não basta dizer que “a maioria” dos casos de gripe não apresentou gravidade clínica - aqui era indispensável estimar o valor dessa maioria.

Não admira que os portugueses susceptíveis (à gripe e ao pânico) andem assustados.

Etiquetas:


 
Surto em Valença caiu para metade em dois dias

Ontem, o número de alunos em quarentena caiu para metade.

* Gralha; onde se lê “surto” deve ler-se “susto”

Etiquetas:


4.11.09

 
Mortalidade juvenil desce

Em cinco anos, a mortalidade juvenil diminuiu 30%.
De 2004 a 2008, registaram-se menos 250 mortes de jovens entre os 10 e os 24 anos, consequência da queda abrupta dos acidentes rodoviários. O cenário quase risonho esvai-se quando se conhecem os rostos e as histórias por trás dos números. Expresso 1-11-2009

*O jornalista português não consegue dar uma boa notícia sem pedir desculpa.
O que justificará que os valores de 2005 tenham sido tão anormalmente bons?

Etiquetas:


 
Hipérboles

A conter a queda do produto até somos melhores que a média europeia: em 2009 conseguimos o 6.º melhor desempenho na UE a 27. Já quando se trata de voltar ao crescimento económico, os enfraquecidos factores internos só dão para uma progressão decepcionante de +0,3% e 1,0%, em 2010 e 2011 (caindo para 25.º lugar).

* Duas interpretações para temperar o nacional-masoquismo dos feitores de opinião:
.
a) Matemática: Se se conseguiu conter a queda, o valor de partida para a recuperação é superior ao que teria acontecido não fora esse esforço; assim, pode atingir-se o mesmo valor em 2010 com uma velocidade de crescimento inferior. Q.E.D.

b) Fisiológica: É natural que tenhamos ficado cansados com o esforço de conter a queda e, assim, enfraquecidos para recuperar o crescimento à velocidade dos outros que se não esforçaram tanto para atenuar a queda.
Depois de descobrir o caminho marítimo para a Índia, os portugueses ficaram esgotados.” Teria dito Fernando Pessoa.

Etiquetas:


3.11.09

 
Avaliação pelos professores

Professores mediram temperatura aos alunos e mandaram para casa todos os que tinham mais de 37º Celsius. Resultado: quatrocentos de 1600 estudantes faltaram ontem às aulas em Valença.
A direcção do Centro de Saúde local registou ontem a entrada de pelo menos 70 crianças com suspeitas da doença mas a maioria não viu confirmados os sintomas detectados na escola.
"Disseram-me que a menina tinha 39,5 graus de febre e mandaram ir buscá-la." Regressou quase de seguida: "Afinal não tinha febre”.

Ontem foram muitos os alunos e professores de Valença a acorreram ao Centro de Saúde com febre que, afinal, em grande parte não se chegou a confirmar. Um rastreio feito com os termómetros de infravermelhos nas próprias escola cuja fiabilidade foi posta em causa.
"Na escola tinha 38 de temperatura, mas eu duvido.... vou mas é comprar um termómetro à farmácia para ter a certeza", contou um professor de Educação Física numa escola de Valença.

* Será por isso que os professores rejeitam a avaliação?

Etiquetas:


2.11.09

 
O filão da sucata

Nos últimos anos, as grandes empresas públicas forneceram quantidades significativas de sucata que agitaram o mercado. Expresso 1.11.2009
.
* Neste tormento pato-bravo pela novidade, é fatal que se tenha tomado por bom, material de bela aparência mas fraca qualidade que cedo obrigou a ir para a sucata.
Neste tormento pato-bravo pela novidade, é fatal que se deite fora, como sucata, gente, material e métodos que ainda poderiam servir muito bem durante muito tempo.

É natural que algum desse material desprezado se sinta injustamente tratado e trate de mostrar o que vale antes de ser desmantelado ou tratado como ferro-velho.
É natural que algum desse material desprezado se queira vingar de quem descobriu as suas limitações e trate de se vingar.
Daí a mina que é lidar com tal filão.

Se ao negócio da sucata se juntar a "Recolha e Tratamento de Resíduos Urbanos e Não Urbanos", o ciclo fica completo; para que seja tambem perfeito é indispensável eliminar a poluição que estes negócios sempre acarretam. O2-Tratamento e Limpezas Ambientais.

Etiquetas:


 
O Almagesto de Ptolomeu

No Almagesto, Ptolomeu apresenta um sistema cosmológico geocêntrico, isto é a Terra está no centro do Universo com os outros corpos celestes ao seu redor.
Ptolomeu foi considerado o primeiro "cientista celeste". No entanto, Ptolomeu foi duramente criticado por alguns cientistas, como Tycho Brahe e Isaac Newton, sendo acusado de não ter realizado nenhuma observação astronómica mas apenas plagiado dados de Hiparco, entre outras acusações.

Mais recentemente, outros também consideram que o Almagesto “...é um
chorrilho de asneiras, um catálogo de plágios, vícios do pior da ética científica”.
“O Almagesto passou mil e quatrocentos anos, dezenas de gerações, a ser referido, sempre sob a dominante de um geocentrismo insuportável. É um erro cosmológico monumental!” Não se admite que Ptolomeu seja considerado o primeiro "cientista celeste". Nós somos manipulados e enganados desde que nascemos
!”.
E no entanto, foi com este erro astronómico - que ainda hoje figura no escudo nacional - que os portugueses descobriram meio mundo.

Etiquetas:


 
Achegas

As pessoas do Barroso "podem encontrar-se sem dinheiro, mas não se encontram sem pólvora".

Etiquetas:


 
Casa das Histórias de Paula Rego

A 16 de Outubro, a Câmara de Cascais elogiou toda a equipa da Casa das Histórias.
Treze dias depois, já com a presença da vereadora e da recém-nomeada
Presidente da Fundação Paula Rego, com quem nunca havia tido contacto, fui informada que o meu nome não reunia consenso para continuar em funções, porque 'não havia afinidade com o meu projecto'”.

* É o que acontece quando se mete mais uma pedra nas fundações depois da Casa estar concluída.
Novas histórias portuguesas de mulheres para edificação dos vindouros e inspiração de Paula Rego.

Etiquetas:


1.11.09

 
O Ambiente na Gulbenkian

O que estimula à acção são os sinais evidentes de degradação ambiental em muitas áreas e os sérios riscos daí advenientes. João Bosco Mota Amaral

* Na Gulbenkian?

Etiquetas:


 
Pobres velhos com fome, gordos e sós

1. Apenas 21% dos portugueses afirmam gerir os seus rendimentos com facilidade até ao fim do mês, valor abaixo da média da União Europeia, que se cifra nos 30%.
Estes dados do
Eurobarómetro são conhecidos no mesmo dia em que a DECO indica que existem pelo menos 40 mil idosos portugueses sem dinheiro para uma alimentação completa e saudável.
2. É na faixa etária dos 65 aos 74 anos que a situação é mais alarmante: o excesso de peso e a obesidade afectam 86,5% das pessoas desta idade.
Estudo do Perfil de Envelhecimento da População Portuguesa. Publico 4.2.2008
3.
Dietistas afirmam que falta de dinheiro não é motivo para comer mal.

* A análise integrada dos dados disponíveis evita associações lineares e conclusões simplistas. A realidade é sempre mais complexa do que parece; mais complexa e mais dolorosa: a riqueza não se resume a euros nem a fome a calorias. L'essentiel est invisible pour les yeux com antolhos.
"A solidão dos nossos idosos é assustadora"; quase 40% dos idosos passam mais de oito horas sós.
Estudo do Perfil de Envelhecimento da População Portuguesa. Publico 4.2.2008

Etiquetas: ,


Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter