alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

8.2.09

 
Rolhas de cortiça, verniz, deformabilidade, Universidade, riqueza e bem social locais.

1. A Corticeira Amorim despediu 193 trabalhadores.
2. Os vedantes sintéticos fizeram um ataque cerrado às rolhas de cortiça mas a Corticeira Amorim e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto juntaram-se com o objecti­vo de impedir que os polifenois, que representam 6% da ro­lha, viessem a alterar a cor das bebidas.
Três anos depois resolveram o problema. "É um verniz transparente, compatí­vel com a alimentação humana e que não deixa passar os polife­nois"."Tem, também, de ser flexível, porque uma rolha normal de cortiça pode comprimir até 20% o seu volume".
3. A Associa­ção Rede de Competência em Polímeros procura conciliar os objectivos da Universidade e da indústria. CIN, CUF, Corticeira Amorim, Sonae Indústria, Resiquímica e SYS Advanced são as empresas que partilham esta rede com as Universidades do Porto, de Aveiro e do Minho.
O objectivo final deste espa­ço comum de trabalho é "colocar a investigação como parte integrante do processo de produção de riqueza e do bem social locais".
4. A produção actual da Corticeira ronda os 3 mil milhões de rolhas mas as vendas ao exterior caí­ram 0,8% entre Janeiro e Agos­to. Em 2007, o sector exportou €854 milhões, menos €60 mi­lhões do que em 2000 mas, em 2007, os resultados líquidos da Corticeira crescerem 15,6%, para os €23 milhões.
M.C. Expresso 7-2-2009

*Quando a Universidade descobriu um verniz que impede a saída dos polifenois da cortiça que alterariam o aspecto das bebidas brancas, verniz que terá que ser tão elástico quanto a rolha que irá envolver, é indesculpável que a empresa que vive do negócio das rolhas não consiga comprimir 20% do seu volume de lucro que cresceu 15,6% em 2007, para evitar a despedida de trabalhadores.
Uma rolha assim nunca entraria no gargalo da garrafa. De uma empresa que financia a descoberta de um verniz que impede a saída de polifenois, que representam 6% da cortiça, não seria de esperar idêntico investimento numa qualquer resina que impedisse a saída de parte dos seus componentes?
É injustificável que tal aconteça com uma empresa que coopera com a Universidade num projecto cujo objectivo seria o de "colocar a investigação como parte integrante do processo de produção de riqueza e do bem social locais".

Etiquetas:


Comments: Enviar um comentário

<< Home

Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017   10/2017   11/2017   12/2017   01/2018   02/2018   03/2018   04/2018   05/2018   06/2018   07/2018   08/2018   09/2018   10/2018   11/2018   12/2018   01/2019   02/2019   03/2019   04/2019   05/2019   06/2019   07/2019   08/2019   09/2019   10/2019  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter