alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

20.4.21

 

O Dr. Vasco Moscoso de Aragão, coordenador da "Task Force"

 

Plano Nacional para a Testagem Massiva

Todos os portugueses devem procurar ativamente e aceitar que seja procurado o vírus pandémico, fazendo testes por iniciativa própria ou aceitando submeter-se a uma análise rápida. O Plano Nacional para a Testagem Massiva está pronto e prevê que todas as oportunidades sirvam para detetar precocemente a presença do SARS-Cov-2, desde logo entre quem não tem sintomas nem esteve em contacto com um caso positivo.

Como tal, os testes são para todos, incluindo para quem foi vacinado ou até já teve covid.

Os peritos querem que todos saibam logo se estão ou não com covid e que a informação chegue igualmente rápido às entidades oficiais, num limite de 12 horas.

O critério é chegar a todos, em todas as circunstâncias.

Vera Lúcia Arreigoso

- Comandante, estamos esperando. Nós e os passageiros. As máquinas já estão quase paradas, com quantas amarras vamos amarrar o navio?

Fitou-o Vasco com seus olhos puros:

- Com quantas amarras?

Fez uma pausa, pronunciou com sua voz de comandante, acostumado a comandar:

- Com todas!

 Mas, após o breve instante de perplexidade, o imediato sorriu - agora a pilhéria seria completa - levou o altifalante à boca e transmitiu à tripulação a ordem espantosa:

- Ordem do Comandante: amarrar o navio com todas as amarras.

Começou o corre-corre da tripulação, iniciou-se o espectáculo que iria reunir tanta gente no cais, trazendo para diante do Ita os oficiais e marujos de todos os demais navios, inclusive dos gaiolas.

Diante do comandante, o imediato voltou a perguntar:

- Quantos ferros, Comandante?

- Todos!

A voz do imediato, no amplificador:

- Ordem do Comandante: todos os ferros!

- Quantas manilhas, Comandante?

- Todas!

- Ordem do Comandante: todas as manilhas! - transmitia o imediato.

Era a completa alucinação do navio, âncoras a descer, num ruído infernal. O comissário, na primeira classe, ia de passageiro em passageiro, explicando.

- Quantas espias, Comandante?

- Todas!

- Ordem do Comandante: todas as espias!

Os marinheiros arrastavam as espias, atiravam-nas a carregadores no cais que as prendiam aos grandes pés de ferro. Todos os lances sem faltar um só, os cabos de fibra balançando no ar.

- Quantos strings, Comandante?

- Todos!

- Ordem do Comandante: todos os strings!

Foram estendidos os cabos de aço, os traveses, enleando o navio definitivamente ao cais.

Um riso homérico elevava-se do cais, vinha também da primeira classe do navio. O imediato prosseguiu:

- O ancorete também, Comandante?

- Também -

Chegava até a ponte aquele som de riso, um riso universal.

- Ligado por amarra ou cabo de aço?

- Pelos dois.

- Ordem do Comandante: arriar o ancorete e ligá-lo com amarra e cabo de aço!

 

… (na manhã seguinte)

E os navios antes atracados ao cais, suspendidos nas mãos dos ventos de todos os quadrantes, arrancados de suas amarras, ficaram ao deus-dará da tempestade. E as chuvas a caírem, os pobres a chorar, os ricos a ranger os dentes.

Durou tudo apenas duas horas, e, se uma hora mais durasse, teria desaparecido do mapa a cidade de Belém com seus azulejos portugueses e sua graça antiga.

Desapareceria a cidade de Belém, engolida pelo dilúvio, levada pelo tufão, mas continuaria o Ita a seus cais amarrado, com todas aquelas amarras ordenadas pelo Comandante Vasco Moscoso de Aragão, Capitão de Longo Curso, único entre todos os velhos marinheiros capaz de prever a tempestade e de contra ela precaver o seu navio. Ali, firme no cais, imóvel e inamovível, com as suas amarras todas amarrado.

Jorge Amado. OS VELHOS MARINHEIROS. 1961

Etiquetas: , ,


Comments: Enviar um comentário

<< Home

Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017   10/2017   11/2017   12/2017   01/2018   02/2018   03/2018   04/2018   05/2018   06/2018   07/2018   08/2018   09/2018   10/2018   11/2018   12/2018   01/2019   02/2019   03/2019   04/2019   05/2019   06/2019   07/2019   08/2019   09/2019   10/2019   11/2019   12/2019   01/2020   02/2020   03/2020   04/2020   05/2020   06/2020   07/2020   08/2020   09/2020   10/2020   11/2020   12/2020   01/2021   02/2021   03/2021   04/2021   05/2021   06/2021   07/2021   08/2021   09/2021   10/2021   11/2021  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter