alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

30.12.12

 

Balanço do ano 2

Alcácer-Quibir; as sequelas.
O cativeiro e os paraísos fiscais :
Tal como então, a bancarrota pouco prejudicou os responsáveis pelas crises a que sobreviveram; eles e os seus coniventes continuaram a viver faustosamente, com o lucro de negócios blindados, os seus capitais a salvo em paraísos fiscais.

Após 1578:
Non à vã glória
“Os fidalgos cativos, enquanto esperam o seu resgate, são alojados nas casas dos judeus de Fez, onde vivem com mais luxo do que nos seus solares de Portugal. Pagam com assinados as tapeçarias e a comida fina, gozam de liberdade pela cidade; outros pedem por letras dinheiro de Portugal, e assim gastam no jogo e nos jantares o resto da honra que lhes sobrou dessa empresa ruinosa em que as lágrimas se secaram com os negócios e a vergonha se abafou numa espécie de comunidade festiva em que todos eram cúmplices numa renúncia."....
"Porque folgaram os fidalgos no cativeiro é coisa que aquele núncio apostólico soube explicar quando disse de Portugal: "Estranha terra onde os cativos riem e os livres choram!" 
 Agustina Bessa Luis. O Mosteiro Guimarães Ed 1980

* Fêz foi o equivalente marroquino dos actuais “paraísos fiscais”.  
No próximo ano, a zona euro vai criar uma espécie de ministro das Finanças com poderes especiais de supervisão sobre os Estados. 
Já os países que estão aflitos, estes só desejam ver a cor do cheque e não se importam de transferir para fora de fronteiras poderes tidos por soberanos. Comprometem assim a sua liberdade de decisão futura no altar das dívidas de hoje. E ainda festejam. JMF

O resgate e a intervenção estrangeira consentida
Os 3 partidos maioritários  - 90% dos deputados - comprometeram-se a respeitar o memorando da troika.
2012, o ano em que o país abdicou de o ser.
Após 1578:
A mando do Filipe II de Espanha, Cristóvão de Moura andou a distribuir dinheiro para pagar os resgates dos cativos portugueses em Alcácer Quibir. Nas Cortes de Tomar, esse Filipe apresentou a factura e foi aclamado Filipe I pelos nobres, clero e povo.

"... o resgate dos cativos de Alcácer Quibir, ... foi objecto de negociações com o sucessor do xarife vitorioso, que pediu 400 000 cruzados pela libertação de cerca de uma centena de fidalgos... mas o novo rei só conseguiu reunir 130 000, pelo que as famílias respectivas entregaram objectos valiosos para serem vendidos em Marrocos. O resultado da venda não chegou para o que se pretendia, oferecendo-se o governador do Algarve, D. Francisco da Costa, responsável pelo transporte, para ficar como refém. Os fidalgos foram liber­tados, mas D. Francisco acabou por morrer no cativeiro em 1586."  Rui Ramos. História de Portugal
"Estranha terra onde os cativos riem e os livres choram!" . As famílias dos fidalgos venderam os anéis; as dos outros, os dedos.

Etiquetas:


Comments: Publicar um comentário

<< Home

Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017   10/2017   11/2017   12/2017   01/2018   02/2018   03/2018   04/2018   05/2018   06/2018   07/2018   08/2018   09/2018   10/2018   11/2018   12/2018   01/2019   02/2019   03/2019   04/2019   05/2019   06/2019   07/2019   08/2019   09/2019   10/2019   11/2019   12/2019   01/2020   02/2020   03/2020   04/2020   05/2020   06/2020   07/2020   08/2020   09/2020  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter