alcatruz

Alcatruz, s.m. (do Árabe alcaduz). Vaso de barro e modernamente de zinco, que se ata no calabre da nora, e vasa na calha a água que recebe. A. MORAIS SILVA. DICCIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA.RIO DE JANEIRO 1889 ............................................................... O Alcatruz declina qualquer responsabilidade pelos postais afixados que apenas comprometem o signatário ...................... postel: hcmota@ci.uc.pt

16.8.11

 
Sempre há paraíso.4; vim de lá há dias.
Era à beira-mar, numa praia modesta, irrepreensivelmente limpa, da costa ocidental, de bandeira azul mas com bandeira vermelha, que o paraíso também está sujeita a marés vivas. Na calçada à beira-mar, uma data - 1937.
A tarde estava soberba, sem vento nem calor; para compensar a proibição de mergulhos, o mar criou um como que regato na areia, paralelo à praia, que as ondas iam mantendo cheio e corrido; uma maravilha para a miudagem que se regalava com esta alternativa ao mar agitado, apesar da água fria. Todos se molhavam até à barriga, muitos tentavam nadar, alguns conseguiam mesmo mergulhar em “vagas” de um palmo; uma festa para todos mais ou menos atrevidos.
No dia seguinte, a cena repetiu-se; já com algum vento, um rapazito mantinha um “papagaio” lá no alto, quieto com cerca de 50 metros de guita (agora nylon).
Ainda persiste a arte da xávega; vi dois barcos mas as fotos são de há 16 anos. Não sei se os banhistas ainda ajudam a puxar as redes ou se os tractores justificaram a dispensa.


Lamento não ter visto a saída dos barcos, mas o sol só abriu tarde.

A saída dos barcos evoca a pega de toiros - os pescadores como forcados; o mar como toiro, só não encontro equivalente para o barco, o que desvaloriza a imagem; talvez o forcão da extrema-Beira.
Ao almoço, sardinhas frescas bem assadas prenunciavam o milagre do dia seguinte – peixe "ao sal” no restaurante do Sr. Victor; era um robalo, pescado à linha nessa manhã, nas rochas xistosas (Pedrógão) da praia. O robalo fora cozinhado numa espessa crosta de sal, qual sarcófago aberto no acto de trinchar, com a solenidade que a liturgia desse acto singular exige. Como numa intervenção cirúrgica, vem um instrumentista dispor os talheres de que se servirá o Sr. Victor, apressado e de poucas falas como habitual.
O resultado é surpreendente; o peixe muito bem preparado com um teor de sal adequado. Servido com legumes exemplarmente cozidos, é um manjar de deuses, com prémio da “Panela ao Lume” de Torgal ; só servido de encomenda e para clientes escolhidos.

Etiquetas:


Comments: Enviar um comentário

<< Home

Archives

12/2004   01/2005   02/2005   03/2005   04/2005   05/2005   06/2005   07/2005   08/2005   09/2005   10/2005   11/2005   12/2005   01/2006   02/2006   03/2006   04/2006   05/2006   06/2006   07/2006   08/2006   09/2006   10/2006   11/2006   12/2006   01/2007   02/2007   03/2007   04/2007   05/2007   06/2007   07/2007   08/2007   09/2007   10/2007   11/2007   12/2007   01/2008   02/2008   03/2008   04/2008   05/2008   06/2008   07/2008   08/2008   09/2008   10/2008   11/2008   12/2008   01/2009   02/2009   03/2009   04/2009   05/2009   06/2009   07/2009   08/2009   09/2009   10/2009   11/2009   12/2009   01/2010   02/2010   03/2010   04/2010   05/2010   06/2010   07/2010   08/2010   09/2010   10/2010   11/2010   12/2010   01/2011   02/2011   03/2011   04/2011   05/2011   06/2011   07/2011   08/2011   09/2011   10/2011   11/2011   12/2011   01/2012   02/2012   03/2012   04/2012   05/2012   06/2012   07/2012   08/2012   09/2012   10/2012   11/2012   12/2012   01/2013   02/2013   03/2013   04/2013   05/2013   06/2013   07/2013   08/2013   09/2013   10/2013   11/2013   12/2013   01/2014   02/2014   03/2014   04/2014   05/2014   06/2014   07/2014   08/2014   09/2014   10/2014   11/2014   12/2014   01/2015   02/2015   03/2015   04/2015   05/2015   06/2015   07/2015   08/2015   09/2015   10/2015   11/2015   12/2015   01/2016   02/2016   03/2016   04/2016   05/2016   06/2016   07/2016   08/2016   09/2016   10/2016   11/2016   12/2016   01/2017   02/2017   03/2017   04/2017   05/2017   06/2017   07/2017   08/2017   09/2017   10/2017   11/2017   12/2017   01/2018   02/2018   03/2018   04/2018   05/2018   06/2018   07/2018   08/2018   09/2018   10/2018   11/2018   12/2018   01/2019   02/2019   03/2019   04/2019   05/2019   06/2019   07/2019   08/2019   09/2019   10/2019  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter